Apenas ódio seria simples

Ela gostaria que as coisas fossem simples como alguns dos contos que os mortais contavam, com o herói, o vilão e a vitima, papéis certos sobre o que cada um é e como você deve se sentir sobre eles. Isso porque se ela apenas o odiasse seria fácil, como sempre é para deuses e odiaria de um jeito que traria medo no coração de qualquer mortal ou deus, mas havia aquele carinho relutante que havia surgido ao longo dos séculos. Ela era a rainha de Hades e também sua prisioneira. Ele a havia enganado mas também cuidado, a cercando sempre com pequenos atos de gentileza, fazendo amor se intricar com seu ódio, ao ponto de em sua parte do ano sob a luz da superfície ela acabar sentindo falta do submundo e principalmente de seu rei, seu captor.

Obrigada por ler, reviews são sempre apreciadas.