Inesperado

Existe um ditado que diz que você não pode escolher sua família mas pode escolher seus amigos, antes ele acreditava nisso, agora parecia mais uma piada, uma das coisas mais sem sentido que Alaric já ouvira, já que ele nunca conseguia se ver escolhendo Damon Salvatore como amigo (melhor amigo na verdade mas ele nunca iria dizer isso para ele).

Alaric tentava não analisar muito as coisas porque toda vez que fazia isso chegava a conclusão que aquela situação era bizarra : Um caçador de vampiros que tem o número de um vampiro no speed-dial de seu celular e tal função em geral não é usado para emergências mas sim para dizer para ele ir encontra-lo no bar após a aula.

Não deveria ser assim, você deveria ser capaz de escolher as pessoas por quem você sente afeição, com quem você se importa. Tudo bem que Damon não havia matado a sua esposa a sangue-frio como ele tinha suposto anteriormente mas ainda assim tinha transado com ela e a transformado em uma vampira ,além é claro de o ter matado algumas vezes. Atos marcantes o suficiente para manter rancor e ódio por uma vida toda, mas isso não aconteceu, entre caçar vampiros, drinks e histórias atrozes contadas com senso de humor por Damon qualquer ódio se dissipou sem qualquer esforço ou intenção.

A realidade é que conexões se formam não baseadas no que você quer mas no que acontece, amizades estranhas surgem e as pessoas que te fazem feliz nunca são aquelas que você espera.

Obrigada por ler, reviews são sempre apreciadas.