Possibilidades

Alguns anos atrás Caroline podia ver exatamente como o seu futuro ia acontecer, ia ficar em Mystic Falls, se casar com algum bom rapaz de uma das famílias fundadoras e quem sabe ter uma filha para ser Miss como ela, ter uma longa e alegre vida pacata, envelhecer, morrer e fim.

A realização mais forte e aterradora que ela teve ao se tornar uma vampira não foi o fato de precisar ter que tomar sangue pelo resto de sua existência, mas sim perceber que aquela vida que ela esperava nunca iria acontecer, ela nunca ia ter filhos, ela nunca ia envelhecer, ela talvez viesse a morrer mas não de uma maneira pacifica como antes imaginara, seria com uma estaca em seu coração ou com o sol queimando a sua pele, não lhe disseram que ela não viria a ser feliz mas no entanto isso parecia estar implícito, isso é claro até o seu aniversário, até Klaus.

Stefan havia lhe dito que ela podia ser boa e digna, e ela agia assim desde sua transformação, ou tentava pelo menos, mas sempre falava sobre o quão difícil ia ser, do quão dura o resto da sua existência estava condenada a ser. Klaus era diferente, ele lhe falou sobre viagens, cultura, arte, beleza e um mundo com possibilidades infinitas, do jeito que ele falava a sua condição não parecia uma maldição mas sim uma dádiva. Ele era o inimigo, ela não tinha se esquecido disso, mas independentemente disso ele tinha sido o primeiro a lhe dar a esperança de não ser apenas boa mas também ser feliz, e por causa disso ela não conseguia evitar de se sentir grata a ele.

Ela ainda não sabe o que vai acontecer em seu futuro, mas depois de falar com ele isso não parecia tão ruim assim, porque aquele vazio estava cheio de chances que ela nunca teria tido antes, novos lugares, pessoas e idéias, um mundo todo para ela conhecer, e ela mal pode esperar por isso.

Obrigada por ler, reviews são sempre apreciadas.