EU ESTOU NOIVO DE BELLA SWAN

Esta fanfic pertence à Amoet e os personagens são de Stephenie Meyer. A nós só cabe a tradução para o português.


Extra: Agora e Para Sempre

Tradutora ~ Lary Reeden

Tudo bem.

Hoje à noite vamos fazer isso.

Hoje à noite eu vou fazê-la minha esposa em todos os sentidos da palavra.

Eu respirei mentalmente. Mesmo aqueles monólogos internos não poderiam facilitar meu nervosismo. Eu não deveria estar me sentindo nervoso. Eu quero dizer, hoje é a minha noite de núpcias, pelo amor de Deus. Eu poderia fazer o que quisesse com Bella.

Minha esposa.

Estremeci novamente. Meu corpo queimou com paixão e luxúria lentamente. Segurei o volante firmemente. Nós estávamos em nosso caminho para a casa de praia onde eu vou passar minha lua de mel com minha esposa durante uma semana. A viagem para a Flórida depois do nosso casamento, surpreendentemente não me cansou. Em vez disso, me deixou ansioso e nervoso. Eu ainda me lembro vividamente de quando passamos nossas férias aqui antes das coisas com Tanya serem envolvidas. Cerrei os dentes. Ainda bem que ela não compareceu ao nosso casamento. Eu nunca mais quero vê-la novamente.

E agora aqui estamos nós.

Eu estacionei o carro alugado na garagem e nós permanecemos sentados em silêncio. Olhei para minha esposa e percebi que ela só ficou ali no assento. Talvez ela estivesse nervosa também. Quero dizer... nós nunca tínhamos feito isso antes.

Cautelosamente, eu peguei a mão dela e Bella virou a cabeça para olhar para mim. Seus olhos castanhos eram tão profundos e amorosos, que fizeram meu coração bater rápido. Sem quebrar o nosso contato com os olhos, eu levantei a mão dela aos lábios e beijei-a.

"Nós estamos aqui, minha querida esposa." eu disse a ela com um tom que eu considerava sexy.

Bella tremeu um pouco e eu sorri. Ela queria isso também.

Sem dizer uma palavra, eu desafivelei meu cinto de segurança e saí do carro. Abri a porta de Bella e tomei-a rapidamente em meus braços antes que ela pudesse dar mais um passo.

"Hey!"

Eu ri. "Você não acha que eu vou deixar você caminhar pela porta da frente, não é?"

Minha esposa riu e me deu um beijo casto. Eu olhei para seu rosto bonito. Depois de meus longos anos de espera, ela era minha esposa agora.

Minha!

"Você é minha agora", eu disse com firmeza.

Bella sorriu e sussurrou em meu ouvido. "Sim, eu sou."

Oh, Deus!

Nós mal nos movemos sobre o limite e minha esposa já me seduziu?

Apertei os olhos e resmunguei baixinho. Eu meio que gosto disso. "Você vai pagar por isso, Sra. Cullen."

Bella riu de novo e eu levei ela para a porta da frente. Eu consegui abrir a porta e chutar ela abrindo-a mais com o pé. Eu entrei na sala de estar com Bella em meus braços.

"Como estamos impacientes?" Ela perguntou sedutoramente.

Se ela soubesse como eu estava impaciente, gostaria apenas de despi-la agora. Mas, não! Auto controle, Edward!

"Pode apostar que eu estou. Você não sabe quanto tempo eu estive esperando por esse momento", eu respondi bruscamente.

Bella olhou para os meus olhos. "Então, o que você está esperando?"

Meu corpo reagiu imediatamente e meu instinto me chutou, eu coloquei ela sobre seus pés e beijei-a ferozmente.

Não, pare!

Pelo menos eu quero fazer isso na nossa cama na primeira vez.

Eu quebrei o beijo e nossas testas se tocaram. "Eu vou... buscar as malas..." Eu me virei rapidamente e caminhei de volta para a garagem antes do meu auto-controle escapar.

Respirei fundo depois que peguei as bolsas do porta-malas.

Tudo bem, Edward!

Você pode fazer isso.

Passei a mão pelo meu cabelo antes de caminhar de volta para a casa de praia com as nossas malas. Bella estava sentada no sofá quando eu cheguei na sala de estar. Ela se levantou rapidamente do sofá e agarrou a bolsa menor da minha mão. Minha esposa me deu um longo beijo antes que eu pudesse dizer qualquer coisa, e sussurrou em meu ouvido. "Eu volto logo, querido marido."

Foda-me!

Bella sorriu docemente e entrou no banheiro, deixando-me em pé no meio da sala de estar com... digamos... algo duro!

Quando a porta do banheiro se fechou, tentei domar o meu batimento cardíaco irregular. Olhei em volta e comecei a definir o meu plano. Eu entrei rapidamente no meu quarto e abri o armário. Sorri quando vi algumas velas e pétalas de flores, preparadas pelo nosso caseiro. Pedi-lhe para comprar aquilo para que eu pudesse surpreender minha esposa enquanto ela se preparava no banheiro. Eu sabia que ela queria fazer da nossa primeira vez algo especial por si mesma, e eu tinha a intenção de fazer o mesmo. Eu decorei o quarto rapidamente com flores e acendi as velas, uma pequena surpresa para minha adorável esposa. Olhei para o relógio grande e percebi que Bella já estava no banheiro fazia quase 30 minutos.

Eu franzi minhas sobrancelhas e, lentamente, cheguei na porta do banheiro. Eu pressionei meu ouvido na porta, mas eu não conseguia ouvir nada.

Oh, não!

Ela está bem?

Bati na porta levemente. "Bella? Você está bem? Faz tempo que você está aí."

Eu a ouvi limpar a garganta. "Hum... sim, eu estou bem."

Ela parecia insegura. Ela estava com medo? Eu tomei uma respiração profunda. Tanto quanto eu queria ela, eu não queria pressioná-la se ela não estivesse pronta.

"Você não quer ficar aí a noite toda, não é?" Eu perguntei sem jeito.

Bella riu. "Claro que não, bobo. Hm... por favor, espere por mim na sala e feche seus olhos? Não abra até que eu diga."

Hein?

Ela disse que quer que eu espere na sala de estar com os olhos fechados?

Com prazer!

"Certo", foi tudo que eu poderia dizer.

Voltei para a sala e prendi meu lábio inferior, um gesto que eu aprendi com a minha esposa. Ela disse para esperar e com os olhos fechados. Grandes chances de que iríamos fazer algo hoje à noite. Isso significava que eu poderia fazer algo sobre isso. Sorri um pouco e tirei a minha camisa. Eu respirei fundo e comecei a fechar os olhos. Meu coração estava batendo descontroladamente quando ouvi a porta do banheiro sendo aberta. Meu corpo se contorceu com antecipação.

O que poderia acontecer?

Será que ela está nua ou-?

"Você pode abrir os olhos agora", eu ouvi a voz suave de Bella cortar todas as minhas imaginações selvagens.

Querido Deus, por favor, me ajude!

Eu abri lentamente meus olhos e nosso olhar se encontrou. Eu podia ver minha esposa em pé na minha frente com uma muito... e eu quis dizer... muito sexy lingerie, e minhas mãos já coçaram para tocar seu corpo. Bella mordeu o lábio nervosamente e meu corpo se agitou com fogo.

Fechei a nossa distância sem quebrar nosso contato visual. E acariciei seu cabelo e de repente Bella inclinou a cabeça. As faces coradas.

Por que ela está corando?

Será que ela se sente... envergonhada diante de mim?

Eu levantei o seu queixo e nosso olhar se encontrou novamente. "Não olhe para longe de mim esta noite, amor. Você está linda."

Ela assentiu com a cabeça, impotente.

Na verdade, estava mais do que linda. Eu não tinha palavras para compará-la.

"Vamos levar isso devagar, tudo bem? Eu não quero te machucar", sussurrei.

Ela assentiu com a cabeça novamente.

Lentamente, eu me inclinei e beijei-a. Minha esposa me beijou de volta, atando os dedos no meu cabelo. Minhas mãos percorreram seu corpo livremente e pararam em seus seios. Eu dei-lhe uma massagem suave e Bella gemeu levemente.

"Unh, Deus!" ela gemeu sem fôlego.

Oh meu... isso era tão sexy.

"Isso não te agrada, meu amor?" Eu sussurrei em seu ouvido enquanto minhas mãos ainda brincavam com seus seios. Eram tão macios em minhas mãos.

"Sim", respondeu minha esposa com voz sensual.

Isso é bom!

Eu levantei sua cintura para que ela ficasse sentada sobre mim e ela me beijou novamente. Nós dois caímos de costas no sofá e eu abracei Bella apertado. Desta vez não tínhamos que parar e, honestamente, eu não queria parar. E eu acho que Edward Jr. também estava concordando comigo neste momento.

Uma de minhas mãos viajou para suas coxas e afagaram sua feminilidade. Bella gemeu novamente e meu pau se contorceu.

"Você é linda e você é minha, para sempre", eu disse a ela, me sentindo poderoso entre seus gemidos.

"Eu sou sua para sempre. Agora, me tome!" ela disse ferozmente.

Eu rosnei involuntariamente e deslizei uma alça de sua camisola, começando a beijar seu ombro nu. Sua pele era tão suave e Bella começou a se mover no meu colo quando eu massageava seus seios novamente.

Sim!

"Vamos levar isso para o quarto?"

Honestamente, eu tinha medo de perder meu auto controle e levá-la no sofá. Como eu disse, eu queria fazer a nossa primeira vez na nossa cama.

Bella acenou com a cabeça fracamente e eu saí do sofá com a minha esposa ainda escarranchada em mim. Eu andei pelo corredor até chegar a uma porta. Eu cutuquei a porta ligeiramente para abri-la e chutei até fechá-la atrás de nós com o pé. Eu andei com Bella ligada a minha cintura, até que ambos caímos em cima da cama king-size. Liguei meus lábios nos dela novamente e comecei a beijá-la. Bella tocou-me avidamente enquanto eu estava fazendo a mesma coisa. Eu gemi quando percebi que ainda estávamos com roupas, literalmente. Eu quebrei o beijo e levantei-a para a posição sentada. E então nós olhamos um para o outro com a respiração abatida.

"Você gosta da sua camisola?" Perguntei-lhe com voz áspera. Eu não dou a mínima se ela gosta de qualquer maneira.

"Não... não realmente."

"Que bom!"

Cego pela luxúria, eu rasguei a camisola acanhada do corpo da minha esposa e agora eu podia ver seus seios totalmente. Meu pau latejava tanto. Bella corou forte e de repente parecia tão tímida. Eu acariciei seu rosto vermelho e beijei-a. "Não tenha vergonha, Bella. Você é linda."

Beijei-a de novo e ela colocou os braços no meu pescoço, enquanto minhas mãos tocavam ansiosamente seu corpo. Ela gemeu alto enquanto eu massageava seus dois seios.

"Tão bela", murmurei em voz sensual. E comecei a chupar um de seus mamilos, Bella gemeu de prazer. Coloquei-a de volta na cama e me estabeleci entre suas pernas.

Hmm... ela ainda estava usando calcinha?

Sem mais!

Uma das minhas mãos viajou lentamente até a parte inferior do corpo de Bella e rasgou a roupa de baixo de cetim. E lá estávamos nós... com a minha esposa nua embaixo de mim. Eu beijei minha mulher apaixonadamente, devorando o seu corpo e alma, empurrando minha língua em sua boca faminta, enquanto Bella gemia e choramingava desencadeando outra onda de desejo em meu corpo.

Esta era a primeira vez, sim... mas, eu queria lhe dar prazer em primeiro lugar. Eu poderia esperar por outro momento.

Eu quebrei o beijo e olhei para ela com amor enquanto uma de minhas mãos puxou minhas calças de algodão e boxers. Agora, estávamos ambos completamente nus.

Bella acariciava meu cabelo enquanto eu olhava-a profundamente. Suas orbes de chocolate estavam escuras com luxúria e eu senti orgulho por ser o único homem que poderia fazer com que ela se sentisse assim.

Agora e para sempre.

Mas, vamos do começo.

Beijei-a novamente e, lentamente, entrando em seu núcleo com meu dedo indicador. Bella ofegou de surpresa e por um momento eu tive medo de tê-la machucado, mas depois ouvi ela miando, gemidos de prazer, então eu sabia que estava fazendo a coisa certa. Ela era tão apertada e molhada, me faz querer me enterrar dentro dela.

Mas, não!

Seu prazer em primeiro lugar!

Eu adicionei um outro dedo e ela começou a se mover freneticamente na cama. Seu cabelo estava espalmado sobre o travesseiro, o rosto corado, e ela arqueou as costas quando ela estava perto... aquela era a melhor visão que eu já tive na minha vida.

"Oh, Edward... isso é... tão bom", disse ela, sem fôlego.

Acelerei o ritmo e sussurrei em seu ouvido: "Venha para mim, baby. Venha."

"Unggh... Eddwaarrdd!" Bella gritou quando senti suas paredes se apertarem nos meus dedos. Seus olhos rolaram para trás e seu peito ficou arfante, enquanto ela permaneceu silenciosa após seu primeiro orgasmo. Tirei meus dedos e subi em cima de seu corpo, esperando por ela abrir os olhos para que pudéssemos começar de novo.

Quando sua respiração desacelerou, Bella abriu os olhos e encontrou o meu olhar. Desta vez, eu não conseguiria me segurar por mais tempo. Eu precisava estar dentro dela.

"Eu quero você", eu disse a ela com a voz cheia de tesão.

Bella acenou com a cabeça. "Você pode me ter agora."

Eu sorri.

Bem, é hora!

Eu abri suas pernas suavemente e puder ver Bella morder o lábio. Eu coloquei o rosto perto do dela e beijei-a suavemente; assegurando-lhe que não ia ter pressa. "Eu te amo".

"Eu te amo".

E então eu entrei lentamente em seu corpo e Bella fechou os olhos. Ela estremeceu um pouco quando me movi mais profundamente. Eu parei e acariciei seu cabelo, "Você está bem, amor?"

Ela respirou fundo e balançou a cabeça, mas eu sabia que isso era apenas o começo. Eu empurrei mais para a frente e eu podia sentir seu barreira sendo rompida. Bella engasgou.

"Bella, abra seus olhos," eu disse em voz baixa. Eu queria ver seus olhos quando nós fizermos amor.

Seus olhos se abriram e pude ver as orbes chocolates nubladas com luxúria. Nós não dissemos nada até que eu comecei a me mover dentro dela.

"Ohhhh..." Bella respirou quando eu entrei em ritmo constante.

Depois de alguns momentos, ela conheceu meus impulsos e começou a se mover comigo.

Oh, Deus... isso é tão bom!

Ela era tão quente... tão apertada, e eu grunhi de prazer com cada estocada. Eu não conseguia pensar com clareza... toda a minha lógica se foi. Bati mais rápido e agarrei seus quadris com força.

"Deus, Bella. Você é tão quente e apertada." Foi um milagre eu poder dizer algo entre o desejo e os meus impulsos abandonados.

Bella apertou meu pescoço com força e gemia repetidamente enquanto uma de suas mãos viajava no meu cabelo e a outra mão viajava nas minhas costas, deslizando para minha bunda. Ela deu um leve aperto e eu sibilei de prazer.

"Ungh... baby... você é tão boa," eu ofegava.

Acelerei o ritmo e Bella apertou ainda mais as pernas na minha cintura, me dando um jeito de bater um novo local.

"Ohhhh... Edwaaarrdddd..."

Gosto de ouvi-la gemer meu nome assim.

"Ah... baby... Eu estou tão perto," Bella choramingou.

Eu empurrei mais forte e sussurrei em seu ouvido: "Venha comigo, amor. Eu estou tão perto."

Bella estremeceu de êxtase e gritou meu nome quando ela teve seu orgasmo. Aquela visão alimentou meu desejo, e eu estoquei nela com a cabeça apoiada em seu pescoço até que cheguei ao meu clímax. Eu grunhi seu nome e esvaziei-me dentro dela.

Caí em cima dela. O quarto estava em silêncio, exceto pela nossa respiração arfante. Nós ficamos assim até que a nossa respiração voltou ao normal e eu levantei a cabeça para olhar para ela. Ela parecia tão desejável com o cabelo bagunçado, e completamente suada, após fazermos amor.

Ela era incrível!

Eu sorri com ar sonhador e beijei-a suavemente. "Você é incrível, Bella."

Bella sorriu suavemente e acariciou minhas costas nuas.

Hmmm... Eu gosto disso!

Ela beijou meu ombro e depois meus lábios. "Você é magnífico, querido marido."

Ah... então ambos somos.

Eu ri e puxei-me para fora dela, cobrindo os nossos corpos com o edredom. Bella apoiou a cabeça no meu peito e eu beijei o topo de sua cabeça. "Eu te amo, Bella."

"Eu te amo, Edward."

Meus olhos se fecharam lentamente e eu imaginei que adormeci com um grande sorriso no meu rosto.

Acordei com um corpo quente ao meu lado com a perna de Bella emaranhada nas minhas, e o edredom estava meio sumido. Eu podia ver a perna dela nua e o vale dos seios... e Edward Jr estava pronto para a segunda rodada.

Fechei os olhos, tentando ignorar meu membro latejante. Eu não queria acordar minha mulher apenas para satisfazer minhas necessidades. Mas, quando Bella se mexeu e se virou de costas expondo a sua nudez, eu perdi a batalha.

Rolei e beijei-a docemente, esperando que ela fosse acordar e não com raiva de mim. Depois de alguns beijos, os olhos de Bella se abriram e ela me olhou sonolenta. Sorri um pouco e lentamente entrei nela novamente. Nós dois gememos e ela revirou os olhos de prazer, expondo seu pescoço sedutor. Eu chupava seu pescoço e comecei a mordiscar enquanto continuva meus impulsos.

"Ohhhh... baby... você é... tão boa", eu arfei.

Bella apenas choramingou e ligou as pernas na minha cintura. Estoquei com muito vigor e Bella agarrou meu cabelo com força. Eu não ia durar muito tempo desta vez e nem a minha esposa. Deitamos juntos, eu com a minha cabeça em seu ombro e minha mão envolta em sua barriga.

"Gostou da nossa segunda rodada, querida?" Eu sussurrei em seu ouvido.

Bella riu levemente e virou a cabeça ligeiramente em minha direção. "Gostei muito, querido."

Nós dois rimos e Bella adormeceu imediatamente. Suspirei e beijei seu ombro. Honestamente, eu não me importava se eu pudesse passar a minha lua de mel só em nossa cama.


N/T: Ouço os coros de aleluiaaaaa... pois eu estou cantando os meus rs...

Foi uma longa jornada até aqui. O POV Edward não tem sequência, então este é realmente o último, pela última vez aqui, obrigado à Amoet por escrever e me autorizar a traduzir, sendo sempre tão fofa e simpática e respondendo a tudo; à Bee (que mesmo abandonando a fic, começou tudo); à Mazinha que se ofereceu pra me ajudar quando eu ia desistir dela; à Janine que apareceu posteriormente e ajudou DEMAIS... vocês não tem noção de como ela é the flash pra traduzir :)

À Kessy por corrigir nossas porcarias de erros, sendo sempre essa beta incrível, que ainda assim comenta (p.s a maioria das betas não comentam -.-)

E é claro à você, cada um de vocês leitores que tiraram um pouquinho de seu tempo para apreciar a história desta grande equipe e deixou seu comentário... okay já falei demais né... isso pq vcs nem me conhecem pessoalmente, eu falo pra caramba... hum melhor eu parar, é bye... até as próximas fics :**

Lary Reeden

N/B: Awn, acabou! Eu ri do Edward todo nervoso para fazer amor com a Belinha, mas foi linda a primeira vez deles.

Bem, vou ser rápida, mas obrigada mesmo à cada um que leu, comentou, favoritou! A equipe toda agradece. :)

E Lary, sua linda, disponha! udhasiudhiasu

Deixem seus comentários pela última vez aqui... e até uma próxima!

Bjos!

Kessy Rods