Desclaimer: Está fanfic pertence a MayraLutz e os personagens são Stephenie Meyer. Eu Lary Reeden só tenho a autorização para postar no FFnet.


Capítulo 13

Edward PDV

A vida voltava ao normal, conseguia ver Bella e Thony durante a noite ou quando ela ia me visitar no escritório, sabia que ela havia passado dias com Rose e Alice e até tarde com a minha mãe.

O trabalho no escritório estava corrido também, eu vi os homens da família apenas durante os almoços, onde sempre conversávamos sobre tudo que estava acontecendo,

- Brô – disse Emmett – você e a Bella, é, já é, já chegaram aos finalmentes? Tu já mostrou do que um Cullen é capaz?

- EMMETT! – meu pai e Jasper gritaram – respeita a Bella seu idiota – disse meu pai.

- Ué! Já são praticamente dois meses – ele disse- e sei que o Eddie já não transa com ninguém ha um bom tempo.

- Não pelo seu irmão Emm – disse meu pai – e sim por Bella, seu ogro, Liz tem razão, você é realmente a versão humana no Shrek.

- Desculpa Edward – disse Emmett arrependido.

- Tudo bem – eu respondi – mas a real é que eu e Bella, não chegamos lá ainda – eu respirei fundo e olhei para eles – ela demonstrou interesse no ano novo, e estamos indo com calma.

- Ela é uma boa moça filho – disse meu pai – vá com calma.

-Isso Brô, vá com calma – disse Emmett rindo – mas não demore muito.

- Shrek – disse Jasper rindo.

Mas essa era a verdade, depois do ano novo eu e Bella tivemos poucos momentos juntos, e apenas na virada do ano é que tivemos um avanço, eu não iria pressiona-la tudo ao tempo dela, os beijos e abraços intensos aconteciam e isso já me agrava, entretanto se ela disser que o momento de um avanço maior chegou, com certeza eu irei aceitar e trata-la como se deve.

Com as visitas noturnas, SMS e conversas pelo celular ficou combinado que Bella e Thony passariam o final de semana comigo, eu tinha dois dias para deixar a minha cama confortável para uma criança de cinco anos.

Liguei para a minha mãe e pedi para que ela compra-se, toda a roupa de cama, tolhas e alguns artigos de decoração do 'Ben 10' para o quarto de hospedes, onde Thony ficaria, eu daria a opção de Bella dormir com ele ou no meu quarto.

- Levo tudo amanhã cedo e já deixo arrumado – disse minha mãe ao celular.

- Ah! Por favor, compre cereais para o café da manhã? – eu pedi- não sei se tem em casa.

- Façamos melhor filho – disse minha mãe – darei instruções às empregadas e todos poderemos passar o sábado juntos na sua casa?

- Ótima ideia mãe – eu respondi – vou avisar a Jasper e Emm.

- Tudo bem querido – ela respondeu – deixarei tudo certo amanhã cedo.

Nos despedimos e eu ainda fiquei um pouco mais na empresa, avisei a todos sobre irem a minha casa no sábado.

Tão rápido sexta chegou. Fui avisado pela minha mãe que tudo já estava arrumado em casa e que amanhã depois das 10h todos estariam lá.

As 17h00 eu já estava no prédio para pegar Thony e Bella, o caminho até a minha casa fora tranquilo, meu menino estava empolgada em ir conhecer sua futura casa. Chegamos rapidamente, peguei as duas malas que Bella havia feito e entramos na minha casa.

- Sejam bem vindos a minha casa – eu disse.

Bella observou tudo a sua volta e olhou para mim, fomos despertados pelos gritos de Thony, meu menino estava com o rosto colado na porta de vidro.

– MAMÃE – Thony gritou – Papai tem uma piscina, EUNUNCAMAISQUEROIREMBORADAQUI.

Nós já estávamos acostumados, quando Thony ficava feliz ou nervoso na verdade qualquer reação do menino ele falava sem respirar e unia as palavras, até eu usei essa técnica uma vez com Bella. Rimos da situação e explicamos a ele, que a minha casa seria a dele também em um futuro próximo coisa que deixei bem claro a Bella.

- Boa Noite papai – disse Thony deitado na enorme cama do quarto de hospedes.

- Estamos a duas portas do seu quarto querido – disse Bella – me chame, ou vá até lá se algo acontecer.

- Mamãe – chamou o menino – eu sou grande, e o 'Ben 10' está aqui.

O quarto havia ficado um pouco infantil com todas as coisas que minha mãe havia comprado, roupas de cama do personagem favorito de Thony, e algumas objetos decorativos espalhados pelo quarto.

- Tudo bem homenzinho – concordou Bella – mas estamos no final do corredor.

Thony dormiu rapidamente, nos deixando ir para o meu quarto, eu dei a opção de que ela dormisse com ele, porém o próprio menino nos assegurou que era grande e que seus pais deveriam dormir junto como os pais do 'Bob Esponja' dormiam.

- Love – eu chamei Bella – nós quase não ficamos sozinhos nas ultimas semanas.

- Mas nos vimos diariamente Edward – ela beijou meu queixo.

- Mas não ficamos sozinhos – eu disse trazendo seu corpo mais próximo ao meu.

- Alguém está carente – Bella respondeu rindo.

- Uhum! – eu respondi – preciso de atenção.

- Oh! Meu namorado carente – Bella riu e me beijou – você quer um pouco de atenção agora?

- Se isso for possível – eu respondi – com certeza eu quero.

Tudo aconteceu rápido demais, uma hora ela estava abraçada a mim e no momento seguinte, Bella passou as pernas pelo meu quadril e se sentou, apertei seu quadril e a trouxe para mais perto de mim.

- Hmm! Gostei dessa atenção toda – eu respondi rindo.

- Tudo pelo meu namorado carente – ela respondeu e me beijou.

Como no ano novo, foram beijos mais intensos, eu apertei a lateral do seu quadril com uma mão e a outra subiu para suas costas, Bella colocou os braços ao redor do meu pescoço e senti quando suas mãozinhas puxaram meus cabelos já próximos a minha nuca, eu estava em uma posição meio deitado/sentado na cama coisa que me ajudou um pouco a controlar minhas mãos, que hora estavam em seu quadril ou costas. Bella desceu beijos pelo meu queixo e mordeu meu pescoço, eu estava empolgado com a nova Bella, que tomou a iniciativa e não parecia querer parar tão já.

Eu passei minha mão na lateral do seu corpo, próximo ao seio dela, senti quando seu corpo respondeu ao meu toque e ela tremeu. Ela explorou toda a região entre meu queixo, pescoço e orelha enquanto eu lambi, beijei e mordi parte do seu pescoço.

- Edward – ela me chamou ofegante.

Nós respiramos por alguns minutos recuperando o fôlego, eu realmente havia acabado de dar um amasso na minha namorada.

- Sim Love – eu respondi.

Ela estava vermelha e com os cabelos um pouco bagunçados devido a forma que nos movemos e das vezes que minhas mãos foram parar lá.

- Eu... e... eu acho é – Bella gaguejou e se possível ficou ainda mais vermelha.

- Você? –eu perguntei.

Beijei o canto da sua boca e a ouvi suspirar.

- Diga baby – eu disse a ela.

- Eu... é eu acho – Bella respirou fundo e me olhou – eu ainda não acho que posso ter um relacionamento sexual com você.

Ela parecia envergonhada ao meu dizer isso.

- Hey baby – eu a chamei – olhe pra mim e ouça.

- Me desculpe Edward – Bella disse triste.

- Love – eu segurei seu queixo – vamos avançando conforme você permitir, podemos parar por aqui, já que esse amasso foi o mais longe que fomos – eu disse rindo – eu vou esperar-la tudo no seu tempo futura senhora Cullen.

- Obrigado Edward – ela riu fracamente – você é tão perfeito, vamos com calma – ela beijou meu queixo – e deixar as coisas acontecerem.

- Claro baby – eu concordei – tudo ao seu tempo Bella, tudo para você.

Ela riu e me beijou.

- Acho que é... hum... é sobre o amasso – Bella disse rindo – .

- O que baby? – eu perguntei – usando a tática de Thony?

- Não me faça repetir – Bella riu – você entendeu bobinho.

Claro que eu havia entendido, sobre continuar o que estávamos fazendo, mas queria ouvir em claro e bom som.

- O amasso, é talvez você queira continuar – ela disse ficando vermelha – eu é, eu gostei.

- Tudo por você baby – eu beijei seu queixo – claro que podemos continuar – beijei o cantinho da sua boca – desde que esteja tudo bem para você – puxei seu lábio inferior.

- Uhuhu – foi a única resposta que tive de Bella.

- Papai? – ouvi Thony me chamar – acorda papai.

Senti pequenas mãozinhas puxando a cola da minha camiseta e um peso sobre a minha barriga.

- Vamos papai – Thony colocou as mãos no meu peito – acorda seu preguiçoso.

Eu acordei, mas mantive meu olhos fechados, coloquei minha mão na lateral da cama e ela estava vazia, com certeza Bella já havia acordado.

- Eu vou comer toda a panqueca que a mamãe fez para nós – disse Thony encima de mim.

Eu abri os olhos e encontrei meu menino sentado em meu peito, com cabelos bagunçados e ainda de pijama.

- NÃO! – gritei puxando ele para mim – todas as panquecas da mamãe não.

- Então acorda, seu preguiçoso – Thony respondeu rindo.

Eu o coloquei ao meu lado da cama e me sentei.

- Mamãe fez panquecas e tem um montão de coisas na mesa – ele disse me olhando – tem comida para muita gente lá embaixo.

- Claro filho – eu amava chamar aquele menino de 'FILHO' – Tio Emm e Tio Jas comem demais e sem contar seu avô.

- Todo mundo vem pra cá? – ele perguntou.

- Sim – eu respondi – as gêmeas e as suas tias também.

- A vovó? – ele perguntou.

- Todos campeão – eu respondi e me levantei.

- Posso usar a piscina com as gêmeas? – ele me perguntou.

- Desde que sua mãe deixe – eu respondi indo em direção ao banheiro.

Enquanto descia as escadas Edward ouviu duas vozes na cozinha e o riso de Thony.

- Obrigada Carmen – a próxima voz que ele ouviu foi de Bella.

- Menina – chamou Carmen – se o Senhor Edward souber que eu a deixei fazer isso, vai sobrar para mim.

Edward odiava ser chamado de Senhor, porém Carmen sua mais antiga funcionária só o tratava como Edward quando sua família estava por perto ou quando estavam sozinhos, como era a primeira vez de Bella ali em sua casa com certeza a sua empregada o trataria assim em frente de Bella.

- Ele não vai brigar com você – Bella respondeu sorrindo – garanto isso, agora me deixe terminar.

Entrei na cozinha e realmente Thony não exagerou, havia uma enorme mesa de café da manhã posta na parte onde o pouco sol batia na cozinha, na outra ponta Bella e Carmen estava parada cozinhando algo, o menino estava sentado no balcão que ficava no meio da cozinha.

- Bom dia – eu disse a elas.

- Bom dia Senhor Edward – disse Carmen.

- Olá querido – disse Bella.

- Carmen – eu a chamei – sem senhor Edward hoje, por favor. Nós estamos em família.

- Ok – ela respondeu – sem o senhor.

- Você conheceu a minha Bella? – eu perguntei a Carmen – então, por favor, nada de senhor.

- Tudo bem Edward – ela sorriu para mim – e sua Bella?

- Minha linda e adorável futura senhora Cullen – eu respondi rindo.

- Ela é realmente adorável Edward – ela disse a mim.

- Vovó, eu também sou adorável? – perguntou Thony a Carmen.

- Vovó? – eu perguntei.

- Me desculpe Edward – disse Carmen sem graça – eu me apresentei a ele, e Thony perguntou se podia me chamar de 'vovó'. Mas podemos cortar isso já, realmente me desculpe.

- Carmen – eu a chamei – sem desculpas, você é quase minha mãe mesmo. Me agüenta a mais de sete anos, sem desculpas.

- Thony não tem jeito Edward – disse Bella a mim.

- Se Thony a quer como vó – eu disse olhando para Carmen – ele a terá como vó, e assunto encerrado.

- Vovó, a senhora não me respondeu – Thony disse – mamãe é adorável, eu também sou adorável?

Carmen saiu do nosso lado e fui em direção ao balcão.

- Claro meu neto – ela disse com olhos brilhando – você é um menino adorável.

- Mamãe, papai – Thony nos chamou – Eu sou adorável, eu não sei o que é, mas eu sou adorável.

Nós rimos da alegria do nosso menino.

Bella e Carmen continuaram a fazer algo próximo ao fogão enquanto eu peguei Thony e nos sentamos à mesa.

Quase 10h00 da manhã, toda a minha família já estava na minha casa, as gêmeas pularam de alegria por ter mais uma Vovó e Carmen ficou emocionada com toda a atenção a ela, tanto eu quanto meus irmãos sempre tratamos Carmen como da família e em algumas noites sozinhos era ela quem me fazia companhia, tenho quase que certeza que semanalmente ela e minha mãe se encontravam ou conversavam por telefone sobre como eu estava e como andava a minha vida, dona Esme a tinha como amiga também.

Todos elogiaram o café da manhã preparado por Bella, que fez questão de dizer que sem a ajuda de Carmen nada teria saído tão bom, o montante de comida logo desapareceu da mesa.

Eu beijei e abracei Bella durante o café da manhã, minha namorada parecia mais solta perto de mim e da família, o nosso avanço na ultima noite pareceu ajuda-la com certeza.

As mulheres combinavam sobre o que fazer para o almoço enquanto nós homens, conversávamos sobre toda a carne e coisas que teríamos que fazer logo mais, as crianças estavam eufóricas para usar a piscina. Como naquela época do ano, sol era uma coisa rara aquela manhã a temperatura não passou dos 19°, minha piscina era coberta e com aquecedor, então as crianças podiam livremente utiliza-la naquele dia.

- Não tem problemas baby – eu garanti a Bella – a piscina é aquecida e a temperatura será mantida quando todos saírem da piscina.

- Apenas fique de olho em Thony – ela disse olhando para mim – ele não sabe nadar.

- Emm vai ficar com ele na piscina – eu respondi – e podemos matricula-lo em uma escola de natação.

- Na escola que eu e Rose vamos visitar na segunda, tem aulas de natação – ela me respondeu – já que as gêmeas também não sabem.

Nós dois ficamos sentamos juntos em uma das espreguiçadeiras que havia na minha sala de jogo, que era próxima a piscina, um furacão com cabelos loirinhos pulou em meu colo gritando e muito animado.

- Olha! Olha! – ele jogou dois pedaços de plástico verde encima de Bella – é do Ben 10' olha, foi o tio Emm que me deu.

Bella pegou os dois pedaços e olhou para mim, Emm havia dado um par de boias a Thony do 'Ben 10'.

- E eu tenho uma sunga também – ele disse pulando do meu colo e ficando em pé.

Sua sunga verde tinha um enorme desenho do personagem na frente.

- Você agradeceu seu Tio? – perguntou Bella.

- Oh merda! – disse Thony.

- Anthony Swan! – gritou Bella.

- Papai? – Thony me chamou como se eu fosse a sua salvação.

- Sem papai – eu disse rindo – se resolva com ela e depois agradeça ao seu Tio.

- Mamãe, sua linda e adorável – ele disse olhando para ela com a cara mais santa do mundo – eu te amo.

- Anthony Swan – Bella disse olhando para ele – vou fingir que não ouvi o palavrão, mas agora vá agradecer ao seu Tio.

Antes de Thony subir e agradecer meu irmão, ele e as gêmeas já estavam próximo as nós, as meninas ganharam boias com estampas da 'Branca de Neve' e por incrível que pareça até meu irmão tinha boias nos braços, mesmo sendo um excelente nadador, eu dei a ele um olhar interrogativo.

- Elas me obrigaram – ele apontou para as gêmeas a sua frente – todos ganharam boias ontem.

A estampa das boias de Emm eram do Shrek, quem olhasse Emmett nunca iria imaginar que com todo aquela tamanho e voz, no fundo ele era uma criança, todo aquele tamanho apenas era usado quando algo acontecia na empresa ou ao nossa família.

- Quantos anos ele tem? – perguntou Jasper a mim, quando viu Emm na piscina brincando com as crianças.

Emmett pareceu ouvir a pergunta de Jasper e logo respondeu.

- Tenha os seus e veja como será – ele disse colocando Liz nas costas.

Durante o almoço tudo correrá bem, meu pai fez questão de ser o churrasqueiro, alegando que era o mais velho e experiente, todos estavam a mesa, inclusive Carmen que dividiu a atenção entre Thony, Liz e Nessie aquelas crianças nunca foram tão mimadas como hoje pelas avós.

- Família – Alice chamou a atenção de todos – eu tenho algo para contar.

Todos olhamos para Alice que se levantou e colocou um envelope na mesa.

- Eu estou grávida – ela disse – Jas, vamos ter um bebê.

Gritos, risadas e muito barulho foi feito após a declaração de Alice, abraços foram dados e algumas lagrimas por parte da minha mãe. Jasper ficou em estado catatônico de graça, ele riu e chorou abraçado a Alice, que já estava de três meses de gestação, as crianças comemoraram, pois iriam ter mais uma criança párea brincar, meus pais seriam avós mais nós brindamos com sucos e refrigerantes na mesa após toda a euforia.

Após o almoço nós homens tomamos uma dose de whisky para comemorar a paternidade de Jasper.

- Cara é um estado de graça – disse Emmett e Jasper – eu ainda lembro quando pude trazer as gêmeas para casa.

- E Thony me chamando de pai pela primeira vez – eu sorri ao me lembrar disso.

- Eu me lembro de cada detalhe que participei quando vocês eram crianças – disse meu pai – isso é único meninos.

Passamos a tarde juntos, todos próximos a piscina observando as crianças e conversando, fique abraçado a Bella enquanto meus irmãos faziam a mesma coisa.

- Edward – chamou Emmett – mamãe, vai ficar com as gêmeas hoje a noite, Thony pode dormir lá também?

- Por que elas vão ficar lá? – eu perguntei.

- Os velhos querem um momento com os netos, como na Disney, e mamãe resolveu fazer uma noite de cinema – Emm me respondeu.

- Bella? – eu perguntei a ela.

- Esme já havia falado comigo de manhã – Bella me respondeu – eu deixei Thony ir.

- Tudo bem então – eu respondi.

As crianças estavam animadas para ficar com os meus pais, com certeza doces e muita besteira seria comida naquela noite, meu pai disse que se sentia novo perto dos netos.

- Precisamos comemorar – disse Alice deitada no colo de Jasper – sair, nós somos jovens e bonitos, vamos comemorar a minha gravidez.

- Fazendo compras? – perguntou Emmett – Por que é que isso você faz sempre.

- Não Shrek – Alice respondeu rindo a ele – vamos dançar, todos nós e será hoje.

Bella relutou mais no fim acabou aceitando sair para dançar, nós não tínhamos tido uma saída de adultos nesses tempos que estávamos juntos, sempre tínhamos Thony ou a minha família conosco. Ela ainda tentou reclamar por não ter roupas, coisa que foi resolvido rapidamente por Alice, que afirmou já saber da noite das crianças com os meus pais e programou uma saída de adultos, por isso trouxe roupas pra Bella e Rose.

Após a ida dos meus pais com as crianças por volta das 19h00, as meninas correram para uma dos quartos de hospedes para se arrumar, eu e os meninos ainda ficamos conversando e bebendo na sala de jogos.

- Bellinha está toda soltinha – disse Emmett rindo.

- Digamos que algumas coisas foram ditas e feitas na ultima noite – eu disse rindo.

- Nós ficamos mais algum tempo ali apenas conversando, por volta das 20h30min nós fomos nos trocar, Alice preparada havia trago roupas para Jasper e uma camisa e um colete novos para Emmett, não tivemos sinal das meninas em momento algum, apenas alguns risos e barulhos vindos do quarto de hospedes.

Quarenta minutos depois nós homens já estávamos prontos sentados na sala de estar tomando uma dose de whisky.

- Por que elas sempre demoram tanto? – perguntou Emmett.

Antes mesmo que um de nós tentasse responder, três lindas e sorridentes mulheres aparecem na porta da sala.

- Doce menino Jesus – eu pensei – aquela é mesmo minha Bella?

Bella PDV

Acordei antes de Edward e conheci Carmen, umas das empregadas mais antigas da casa, ela fora tão simpatia e educada comigo, me tratou muito bem.

Carmen passou a ser 'Vovó Carmen' segundo Thony ela cuidava de Edward então era uma segunda mãe dele, que automaticamente é uma segunda avó para meu menino.

Passar o dia com a família de Edward em sua casa foi divertido. As crianças brincaram na piscina com Emm, Carlisle fez questão de cuidar do churrasco e eu fiquei inúmeras vezes contagiada com os comentários de Carmen e Esme sobre mim.

Carlisle e Esme queriam passar um tempo com as crianças, então durante a tarde a avó coruja pediu que Thony fosse ficar com eles e as gêmeas naquela noite.

- Nos sentimos mais jovens querida – disse Carlisle.

- Se ele fizer bagunça, me avisem, por favor – eu respondi.

A tarde fora tranquila e divertida, Alice resolveu que deveríamos ter uma saída de 'adultos', mesmo contra minha vontade acabei aceitando sair e dançar um pouco mesmo sendo totalmente descoordenada.

As crianças logo foram embora com os avós, minha querida cunhada havia planejado tudo antes, pois até roupas para todos exceto Edward ela tinha junto a ela em uma enorme bolsa, nós três pulamos animadas e fomos para o quarto de hospedes nos arrumar, enquanto os meninos ainda ficaram sentados conversando.

- Bella – Alice me chamou – vá tomar banho enquanto eu ajudo Rose com a maquiagem.

As meninas já estavam muito mais acostumadas que eu a se arrumar sozinhas e ficarem perfeitas, porém eu era nova nisso tudo.

Tomei um banho lavando meus cabelos, e tentei imaginar o que aconteceria ao final dessa noite. Edward e eu havíamos dado um grande passo na ultima noite em nosso relacionamento, ontem eu não estava preparada para ter relações com ele, mas hoje com toda a mudança e o seu comportamento eu deixaria as coisas acontecerem entre nós.

Quando sai do banheiro Rose e Alice já estavam parcialmente vestidas, ambas de vestidos e meia calça preta e cabelos arrumados. Rose estava com um vestido preto com flores em vermelho, sapatos altos pretos e pra completar usaria uma jaqueta de couro, já que estava frio lá fora, Alice usava um vestido amarelo tomara que caia com detalhes em preto, um peep toe preto e uma jaqueta preta, ambas finalizaram suas maquiagens e olharam para mim, encima da cama havia um vestido cinza com bolsos com pequenos detalhes em azul, vesti a meia calça preta e coloquei o vestido, Rose arrumou meu cabelo em um rabo de cavalo alto, a minha franja solta foi presa para trás com um topete alto a maquiagem feita por Alice marcava meus olhos, nunca precisei usar blush já que a coloração vermelha era natural em mim, apenas um gloss rosa para finalizar.

Não tão diferente das meninas, eu coloquei um sapato estilo boneca preto e um jaqueta preta com os punhos em azul, bem vestidas e confortáveis nós saímos do quarto e ouvimos as vozes dos três na sala.

- Por que elas sempre demoram tanto? – perguntou Emmett aos meninos.

Antes que houvesse uma resposta nós três paramos na porta da sala, houve um momento de silêncio e olhares profundos, Emmett correu para o lado de Rose e Jasper em direção a Alice, já Edward caminhou até mim com uma lentidão que achei que ele não chegaria logo.

- Alguém está muito bonita hoje – Edward disse me beijando.

- Obrigada – eu ri.

Nos dividimos em três carros e fomos direção a danceteria, ouvíamos uma música calma no carro, em todo momento Edward segurou a minha mão, apenas quando ia mudar de marcha ele a soltava.

Entramos no estacionamento e paramos o carro ao lado do Jeep verde de Emmett, o Mercedes de Jasper parou logo depois, todos saímos dos carros e fomos em direção a danceteria, o nome 'New Moon' era destaque logo na entrada, o local era chique e bem caro, Alice disse o sobrenome 'Cullen' e automaticamente as reações e atitudes mudaram, nunca vi nenhum dos membros da família usar o sobrenome para ganhar coisas, porém ao ouvir aquele nome as pessoas acabaram por mudar o tratamento com eles e quem estivesse ao redor os acompanhando.

Havia três ambientes, fomos direcionados para o lado VIP, onde era possível ver o local por completo, o bar e a pista lá embaixo, ou outra parte onde havia uma banda tocando. Havia um enorme bar ao fundo com luzes e pessoas trabalhando, em todo momento garçons traziam bebidas as pessoas que circulavam perto de todos nós, ficamos juntos em uma mesa eu e as meninas nos sentamos em alguns bancos altos enquanto os meninos ficaram próximos a nós.

Os homens tomavam whisky enquanto eu e as meninas optamos por um drink colorido com vinho e suco de maracujá, conversamos por um longo tempo até que Alice e Jasper desceram para pista e Emmett e Rose sumiram para algum canto.

- Emmett e Rose sempre somem quando saímos – Edward disse me abraçando.

- E os demais? – eu perguntei.

- Alice adora dançar e Jasper sempre está perto – Edward me respondeu.

- E você ficava sozinho? – eu perguntei meio que sabendo a reposta, lógico que ele sempre encontrava uma companhia ali.

- Eu geralmente ia embora – Edward disse – eu bebia via umas pessoas e umas duas horas depois voltava para casa.

- Ah! – eu respondi.

- Mas agora eu tenho a minha Bella – Edward me beijou.

- Uhuh! – foi a única coisa que consegui responder.

Edward me puxou para mais perto de seu corpo e beijou o canto da minha boca, eu permaneci sentada e ele em pé a minha frente, os beijos foram ficando intensos e senti as mãos de Edward apertarem meu quadril, ele distribuiu beijos no meu rosto e mordeu o lóbulo da minha orelha,

- Nós devíamos parar – Edward sussurrou.

- É... isso é – eu respirei fundo e olhei para ele.

- Vamos dançar? – Edward perguntou.

- Dançar? – eu o questionei – Eu sou péssima.

- Não será tão ruim – Edward respondeu – está escuro e é só você me acompanhar.

Eu concordei e descemos para a pista, ao longe vimos Alice e Jasper dançando animados varri a pista de dança e não encontramos Emmett ou Rose.

Edward me virou e fiquei encostada em seu peito, no inicio foi estranho pois eu demorei um pouco para entrar no ritmo, dançamos algumas músicas e em todos os momentos as mãos dele tocavam meu corpo principalmente meu quadril, Edward cantou algumas partes das músicas e ria comigo.

watch?v=EPo5wWmKEaI

Me not working hard?

Yea right picture that with a kodak

And better yet, go to times square

Take a picture of me with a kodak

Took my life from negative to positive

And I just want y'all know that

And tonight, let's enjoy life

Eu conhecia aquela música, em umas das inúmeras saídas com Alice e Rose, sempre cantávamos juntas, Edward cantou bem próximo ao meu ouvido e não deixou de se mover em nenhum momento.

Tonight I will love, love you tonight

Give me everything tonight

For all we know we might not get tomorrow

Let's do it tonight

I will love, love you tonight

Give me everything tonight

For all we know we might not get tomorrow

Let's do it tonight

Let's do it tonight

Eu senti quando ele puxou mais meu corpo e eu estava totalmente com as costas coladas no peito dele, movi meu quadril junto com ele, sua voz rouca era ouvida apenas por mim.

Grab somebody sexy tell 'em hey

Give me everything tonight

Give me everything tonight

Give me everything tonight

Give me everything tonight

Ele riu e cantou mais uma vez para mim, eu ficaria mal acostumada, em todos os momentos juntos e sozinhos ele cantava para mim.

Excuse me

But I might drink a little bit more than I should tonight

And I might take you home with me if I could tonight

And I think you should let me cause I look good tonight

And we might not get tomorrow

Uma mão ficou no meu quadril e a outra subiu para a minha barriga, eu coloquei minha mão encima da dele e nunca deixamos de nos mover.

Tonight I will love, love you tonight

Give me everything tonight

For all we know we might not get tomorrow

Let's do it tonight

I will love, love you tonight

Give me everything tonight

For all we know we might not get tomorrow

Let's do it tonight

Let's do it tonight

Fechei os olhos e me concentrei apenas na voz de nas mãos dele.

Grab somebody sexy tell 'em hey

Give me everything tonight

Give me everything tonight

Give me everything tonight

Give me everything tonight

Aos poucos nós estávamos evoluindo juntos, eu o queria como nunca quis ninguém e sabia que aquilo era certo.

Excuse me

But I might drink a little bit more than I should tonight

And I might take you home with me if I could tonight

And I think you should let me cause I look good tonight

And we might not get tomorrow

A música acabou e eu sentia a respiração quente de Edward próximo ao meu ouvido, ele mordeu o lóbulo da minha orelha e eu respirei fundo.

- Muita diversão em uma mesma noite – Edward disse a mim rindo.

- Obrigada Edward – eu o agradeci.

Dançamos mais algumas músicas e vimos Rose e Emmett na pista próximos Alice e Jasper, passamos em meio a um pequeno grupo e chegamos perto deles, rimos e dançamos um pouco juntos. Edward me abraçou e começou cantar a música que tocava, meio que a intitulei como nossa música.

watch?v=jUe8uoKdHao

I can't win, I can't reign

I will never win this game

Without you

Without you

Ele sabia o quanto amava aquela música, e de como curti quando ele cantou para mim no ano novo.

I am lost, I am vain

I will never be the same

Without you

Without you

Eu comecei a cantar com ele e me virei, seu olhar era profundo e parecia ler a minha alma.

I won't run, I won't fly

I will never make it by

Without you

Without you

Nós cantamos e dançamos juntos, nos olhando fixamente.

I can't rest, I can't fight

All I need is you and I

Without you

Without you

- Eu te amo – Edward disse a mim.

Oh, oh, oh

You, you, you

Without

You, you, you

Without you

Can't erase, so I'll take blame

But I can't accept that we're estranged

Without you

Without you

Eu cantei e o beijei, ele me abraçou e sussurrou parte da letra para mim.

I can't quit now, this can't be right

I can't take one more sleepless night

Without you

Without you

I won't soar, I won't climb

If you're not here, I'm paralyzed

Without you

Without you

- Nós podemos ir embora? – eu perguntei a ele.

Ele parou de cantar e me olhou com duvida.

- Agora? – Edward respondeu com uma pergunta.

- Sim – eu disse – por favor?

- Ok Baby – ele disse.

I can't look, I'm so blind

I lost my heart, I lost my mind

Without you

Without you

Ouvimos ao fundo as partes finais da música, nos despedimos da família dele, tendo que ouvir risinhos de Emmett e Jasper para Edward e um olhar bem significativo de Rose e Alice para mim.

Oh, oh, oh

You, you, you

Without

You, you, you

Without you

I am lost, I am vain

I will never be the same

Without you

Without you

De mãos dadas fomos para o estacionamento, ainda podíamos ouvir o refrão final da música.

Without you

I am lost, I am vain

I will never be the same

Without you

Without you

Without you

Without you

Without you

Without you

Edward não disse nada o caminho todo, apenas segurava a minha mão e a beijava algumas vezes, não tinha nada em mente do que faria realmente, deixaria as coisas acontecerem e ver onde essa noite iria parar.

Entramos silenciosamente na casa dele, tirei a jaqueta e Edward o blaiser que vestia.

- Você não precisa fazer nada – Edward disse chegando próximo a mim.

- Vamos apenas com calma – eu pedi a ele.

Ele pegou a minha mão e fomos em direção ao seu quarto, eu encostei-me à cabeceira da cama enquanto ele ligou o som, a voz do Chris Martin soou ao fundo e 'Fix You' encher o quarto com os acordes iniciais.

watch?v=pY9b6jgbNyc

Edward sentou ao meu lado e me puxou para o meio das suas pernas, ele distribuiu beijos no alto da minha cabeça, enquanto passava as mãos em meus braços e barriga, eu virei meu pescoço e beijei seu queixo.

- Tudo a seu tempo linda – eu ouvi Edward falar.

Nos beijamos e nos tocamos e quando percebi Edward estava sem a camisa e eu sentada em seu colo.

- Eu quero você – disse a Edward.

- Eu também – ele respondeu – eu também quero você.

- Não Edward – eu beijei seu queixo – eu quero você agora – eu dei outro beijo – eu acho que eu estou pronta.

- Sem criar esperanças baby – ele respondeu – vamos com calma agora.

- Ok – eu concordei.

Ele voltou a me beijar, suas mãos foram para a barra do meu vestido e automaticamente levantei meus braços, puxei a meia calça e fiquei apenas com o lingerie roxa que havia colocado após o banho.

- Você é tão linda – ele disse beijando meus ombros.

Ele me deitou na cama e colocou parte do seu corpo encima do meu, controlando seu peso, passei as mãos por sua barriga e parei no botão da sua calça, eu olhei para ele como se perguntasse se podia continuar, ele assentiu e me ajudou a puxar a calça para baixo.

Eu inclinei-me e beijei sua boca, Edward explorou todas as partes do meu corpo com as mãos deixando um rastro de desejo ao longo do caminho, ele beijou meu quadril e puxou a minha calcinha, senti sua respiração bater em minha pele quente e gemi, ele fez todo seu caminho de volta e distribuiu beijos no meu colo, puxou o fecho do meu sutiã e eu oficialmente estava nua a sua frente.

Todo o meu corpo atingiu uma cor vermelha brilhante, Edward era o terceiro homem que me via nua, tirando James ou meu médico, ele me tocou e enquanto sussurrava palavras doces para mim, suas mãos desceram e sua boxer também. Sabia o que viria a seguir, mesmo sendo mãe eu havia transado apenas poucas vezes com James, vezes essas que dariam para contar em uma única mão acredito eu.

- Me avise se eu te machucar, por favor – Edward disse olhando para mim.

- Eu confio em você – eu disse e o beijei – estou pronta.

Eu o senti quente e duro, no início fora incomodo, mas logo virou prazer, tudo isso era para mim e eu me sentia bem e imaginava como seria para ele.

- Baby – ele me chamou – comigo e não contra mim.

Nos movemos juntos, ofegantes eu o ouvi sussurrar inúmeras vezes que me amava, a sensação de prazer e amor se instalou em nós, Edward saiu de cima de mim e beijou a minha testa.

- Eu te amo Love – ele disse a mim.

- Você é perfeito baby – disse beijando seu peito.

Ele me puxou para mais perto e nos cobriu, eu dormi ouvindo Edward sussurrar uma canção em meu ouvido.

- Bom dia dorminhoca – eu senti Edward beijar meu pescoço.

- Uhuh! – eu ronronei – Ótimo dia Love.

Eu me mexi na cama e ele ainda estava deitado ao meu lado, eu beijei seu queixo e coloquei a cabeça em seu peito.

- Café da manhã ou banho – Edward me perguntou.

-Podemos tomar banho e depois café da manhã? – eu respondi com outra pergunta.

- Podemos? – Edward questionou – Eu e você? Tipo juntos?

- Eu é... – fique vermelha ao responder – Tudo bem se você não quiser.

- Minha linda Bella – ele disse levantando meu queixo – você está linda e nua, me convidando para um banho, eu sou um Cullen baby e nunca negaria um convite desses.

- Bobo – eu respondi rindo – banho então?

- Claro – Edward concordou – banho, café da manhã e depois almoço na casa dos meus pais, Alice já mandou uma SMS avisando pra estarmos lá antes das 13h00.

- Que horas são? – eu perguntei meio perdida.

- São 09h43mim – ele disse rindo – temos tempo de sobra.

Nosso banhou fora calmo e gostoso. Ele me ajudou a lavar os cabelos enquanto eu o ensaboei nos beijamos e nos tocamos em vários momentos.

Sai do banho primeiro, pois meus cabelos precisavam de um bom secador antes do café da manhã. Coloquei uma calça jeans e uma blusinha de mangas cumpridas, usarei um casaco grosso por cima, já que o clima não tinha sol lá fora, quinze minutos depois Edward apareceu vestido e secando os cabelos no quarto, sua calça jeans preta com uma camiseta preta em gola V marcando seu abdômen e ombros, acho que eu não cansaria de admirar a beleza do meu namorado/noivo.

- Tão linda – Edward disse chegando perto de mim.

Eu apenas desliguei o secador, fiz uma maquiagem leve e descemos para tomar café, Carmen com certeza deixou tudo arrumado para nós na cozinha, ele puxou uma cadeira e indicou que eu sentasse, ele se colocou ao meu lado e começamos a comer, alimentamos um ao outro em vários momentos, eu estava feliz e podia sentir a mesma alegria vindo de Edward.

- Satisfeita – eu disse deixando o prato a minha frente.

Edward ainda comeu mais uma fatia de bolo e pegou a minha mão, ele puxou sua cadeira e indicou que eu me sentasse em seu colo, me aconcheguei perto dele e beijei seu pescoço.

- Love – ele me advertiu – não comece.

- Ok! – eu ri.

- Eu te amo tanto – Edward disse cheirando meu pescoço.

Eu olhei para ele, e havia um brilho diferente eu seu olhar.

- Eu me lembro da moça tímida que conheci em novembro, alguém que passou por tantas coisas e agora está aqui sorrindo para mim – ele beijou minha bochecha.

- Alguém que cora e ainda fica fascinante, a pessoa que eu aprendi a amar e deseja-la para mim – ele respirou fundo e continuou falando – Quero você para sempre Isabella, a mãe do meu filho e dos futuros também.

- Eu também te amo Edward – eu disse sentindo uma lagrima escorrer dos meus olhos.

- Não chore moça bonita – eu amava quando ele chamava assim.

- Pode não ser agora, ou sim – ele respirou fundo e me olhou – Você tem meu anel, minha tornozeleira e o principal meu coração Bella.

Eu apenas concordei com ele.

- Obrigada! – eu respondi.

- Meu coração é todo seu – ele passou a mão em minha bochecha – eu prometo de te amar e respeita-la para sempre. Eu quero ser seu namorado, noivo, amante e marido.

As lagrimas pareciam não querer parar, a cada palavra dele, elas desciam mais.

- Case comigo? – Edward me perguntou.


Nota:

Hey pessoas bonita e de alta classe..

Curtiram o momento familia?

E Beward,sendo adultos? tentei deixar da forma mais suave e bonita.

Agora,esse final? podem me mataar!

hahaha

Beijos e mexam os dedinhos

Mayra.