Nome : Lost In Paradise

Autoras : Erika Wesley Salvatore e Mih Price

Beta : bvcsalvatore

Descrição : Muitas emoções a vista e sentimentos inesperados. Luce e Daniel/Shelby e Cam.

Rated : T


Eram 8 horas da manhã de um sábado ensolarado. Shelby subia lentamente as enormes escadas de madeira polida que levavam ao andar dos dormitórios. Ela entra em um longo corredor com várias portas dos dois lados. No final no corredor, ela vira a direita se aproxima da quarta porta, coloca a chave, gira a maçaneta e entra. Assim que Shelby entra no quarto, ela olha para a parte debaixo da beliche e vê que Luce ainda dorme. Ela vai até a janela e abre as cortinas, iluminando todo o quarto. Shelby se aproxima da cama e sacode Luce dizendo:

- Bom dia! hora de acordar dorminhoca!- diz Shelby rindo - Não acredito que você vai passar esse lindo sábado de sol dormindo.

Luce muito lentamente se senta na cama e se espreguiça, esfrega os olhos para poder se acostumar com a claridade.

- Ei, nossa que lentidão Luce, vamos levante-se! - diz Shelby puxando Luce pra fora da cama. - Você não quer passar o sábado todo aí !

-Eu passaria! Ainda não me acostumei a todos daqui me chamando de " a famosa Lucinda Price". Isso é quase constrangedor para mim- diz Luce cambaleando até o banheiro.

Shelby senta na cama, revira os olhos e diz:

- Ah fala sério Luce... você ainda está com isso na cabeça?. Você já deveria ter se acostumado com isso, pois você é a celebridade da Shoreline... e não é todo mundo que pode dizer que já viveu a maior história de amor de todos os tempos.

-Na verdade, estou pensando em outra coisa, algo relativo ao sonho que eu tive- diz Luce com a escova de dente na boca.

Shelby olha pra Luce com as sobrancelhas arqueadas e diz:

-Sonho? Que tipo de sonho? Foi bom ou ruim?

-Foi um sonho bom, eu acho! Pelo menos pra mim- Luce lava a boca e senta na cama ao lado de Shelby- No sonho eu estava com Daniel, estávamos tão felizes, e bom, você estava no sonho, junto ao Cam, também pareciam felizes!

Shelby quase se engasga quando Luce conta o sonho. Ela fica boquiaberta, olha pra Luce com cara de espanto e diz:

- O queeee? eu... eu... e... o... Cam? Você não pode estar falando sério Luce - diz Shelby olhando para o outro lado tentando não encarar a amiga.

- Foi só um sonho, mais não deixa de ser uma possibilidade- diz Luce sorrindo.

Shelby se levanta e por uns minutos não diz nada, pois ainda estava sob o choque do tal do sonho. Depois ela se volta para Luce e diz:

- Não nada disso Srta. Price, não há nenhuma possibilidade de haver alguma coisa entre eu e... aquele demônio.

Depois de dizer isso, Shelby fica totalmente sem graça e tenta disfarçar que ficara vermelha com a possibilidade de haver algo entre ela e Cam e muda rapidamente de assunto:

- Hummmm... - Shelby olha meio desconfiada para Luce - O que você quer fazer hoje?
- Que tal se dermos uma caminha pela praia e depois irmos até o lago no fundo da Shoreline? - diz Luce
- É me parece uma ótima idéia para começar o dia... vamos logo então... não quero perder esse sábado de sol - Shelby sorri e pega a mão de Luce puxando-a em direção a porta do quarto.

Assim que Luce e Shelby abrem a porta dão de cara com Cam na soleira da porta delas. O rapaz era alto, de pele branquíssima, cabelos repicados negros como carvão,mais curtos do que quando Luce o vira pela última vez. Ele estava vestindo jeans desbotados, tênis pretos e uma camiseta preta de manga curta. Seus olhos verdes como esmeraldas faíscaram ao ver as duas.

-Que tal me levarem pra conhecer isso aqui? - Cam estava parado na porta com os braços cruzados e olhando as garotas.

-Cam? O que faz aqui? - Luce estava se contendo para não correr e logo perguntar algo sobre Daniel.

-Quem sabe não serei o mais novo aluno da Shoreline - Cam abria seu sorriso encantador.- Ele não me mandou para te vigiar!- completou assim que viu a expressão de Luce.

Shelby fica completamente sem fala e chocada ao ver Cam na porta do quarto delas. Ela não consegue evitar de olhar Cam de cima abaixo. E depois quando recupera a fala ela começa a gaguejar:

- Eu... eu... hã... - Shelby tenta continuar e desvia o olhar de Cam - Você é muito intrometido... E não vai dizer que se matriculou nessa escola! E olha, a Luce não precisa que você a vigie, sabia? - Shelby olha séria pra Cam e continua: - Ela está segura aqui na Shoreline com a Francesca e o Steven.

-Olha só Luce, ganhou uma protetora! E respondendo a sua pergunta... hummm... Shelby, não é? Me matriculei sim na Shoreline- diz Cam olhando diretamente para Shelby.

-Cam! Shelby é uma ótima amiga - Luce olha de um para o outro.

Shelby olha furiosa para Cam diante da expressão e do tom debochados dele. Ela revira os olhos, bufa e depois diz:

- Olha aqui você... a gente não quer um mala como você na nossa cola, tá legal? A Luce sabe se cuidar e eu e o Miles estamos sempre com ela... Então não precisa se preocupar em persegui-la.

Shelby tenta empurrar Cam para fazê-lo sair da frente delas.

Cam se mantêm onde está, de braços cruzados e um sorriso debochado no rosto.

-Calma, não vim aqui para fazer inimigos! Eu vim em paz- Cam balança a mão como se estivesse segurando uma bandeira.

Shelby sentiu um certo calor subindo pelo seu corpo quando encostou as mãos no braço de Cam, mas tenta disfarçar, e em pensamento reza para que ele não tenha sentido as faíscas que saíram no contato entre os dois. Shelby continua empurrando Cam em vão, e ele não se mexe um milímetro... Finalmente cansada, Shelby olha novamente para os olhos verdes de Cam e diz tentando manter sua voz estável:

- Não veio fazer inimigos, é? Não é isso que está parecendo, pois para mim, - Shelby levanta o dedo e encosta no peito de Cam - você veio aqui com outras intenções.

Cam olha para o dedo de Shelby em seu peito, sorri e olha bem fundo nos olhos dela dizendo:

-Sabe é? Não pense que não notei a tensão que você está desde a hora que apareci na porta.

-Você não acha Luce? Luce? - diz Cam olhando em volta do quarto procurando por Luce.

Enquanto Shelby estava enroscada à Cam, Luce deu um jeito de fugir pela fresta da janela e desceu até o jardim.

Shelby olha horrizada para Cam diante do que ele falou e diz:

- Eu tensa? Imagina ! Eu estou muito calma... E você entende tudo errado, sabia?

Shelby continua tentando manter a voz o mais estável possível.

- Você além de abusado e debochado, é muito convencido, e eu simplesmente odeio caras assim! - Shelby olha para cima, e encara Cam, retribuindo o olhar dele.

-Eu posso ser o tipo de pessoa que você quiser! - Cam sorri para Shelby- pense nisso.

Shelby olha boquiaberta para Cam e fica abismada com toda a confianca dele. Ela fica furiosa, mas tenta se controlar... Fecha os olhos, respira fundo e entoa mentalmente um dos seus mantras de Yoga. Ela fala baixinho consigo mesma:

- Nunca na minha vida nenhum cara me desafiou dessa forma! O jeito do Cam é impressionante...

Shelby fica totalmente absorta nos seus pensamentos e esquece de Luce e Cam por alguns minutos. Depois de repente ela volta a si e vê Cam saindo pela janela por onde Luce saiu.

Shelby se dirige ate a janela e sai também indo para o parapeito e encontrando Cam lá. Ela se vira para ele e pergunta :

- Cade a Luce? Pra onde ela foi?

Cam com os olhos fechados, e o rosto voltado para cima diz :

-Ela encontrou o lago, está com os pés dentro da água- Cam abre os olhos e olha para Shelby.

Ela fica pensativa e diz:

- Mas o que ela foi fazer lá? ela não pode ficar sozinha... E olha a culpa é sua, ok? Se você não tivesse começado com essa discussão ridícula ela não teria saído sozinha.

- Foi você mesma que disse que ela sabe se cuidar, não foi?. Eu tenho um ouvido muito bom, vou saber se algo acontecer- Cam vai se aproximando de Shelby e vai encurralando-a contra parede.

Shelby arregala os olhos, põe as mãos abertas no peito de Cam e fica totalmente sem forças com a respiração dele em seu rosto, sente toda a intensidade daqueles olhos verdes sobre ela. Ela tenta se recompor e diz:

- Sim eu disse que ela sabia se cuidar sozinha mas... - Shelby se interrompe e depois continua - Ei o que você está fazendo? - Shelby olha de cara feia para Cam.

-Só comprovando uma tese!- Cam sorri e tomba a cabeça de lado- a tese de que fica nervosa sempre que estou por perto.

-Sai para lá - Shelby tentando empurrar Cam novamente, mas seus esforços eram inúteis - olha... - Shelby começa tentando fazer força - Vamos atrás da Luce, porque se alguma coisa acontecer com ela, vou me sentir culpada!

Cam se aproxima ainda mais, seus lábios quase tocando os de Shelby e diz:

-Uma hora você ainda vai confessar que eu mexo com sua cabeça, Shelby! - depois de dizer isso, Cam se afasta rapidamente de Shelby e pula do parapeito até o chão. A garota o observa pular e aterrisar como um gato, ele entra correndo na floresta atrás de Luce. Shelby vai até o parapeito e grita:

-Olha só seu cretino... eu... eu... - Shelby gagueja - eu não tenho que confessar nada!

Depois ela volta para o quarto, fecha as cortinas, encosta na parede, vai deslizando até o chão, apoia a cabeça nas mãos e diz em voz alta a si mesma:

- Como pode isso? Esse cara realmente mexeu comigo... - Shelby passa a mão no cabelo loiro que estava preso em um rabo de cavalo - Ah não Deus! por favor não faça eu me apaixonar por esse imbecil, metido a conquistador!

Daniel estava parado junto a porta do quarto de Shelby, exatamente como Cam apareceu. Daniel sorri ao ouvir o comentário de Shelby.

-Você viu Luce? - diz para disfarçar que não havia ouvido nada.


N/A : Hey galerinha linda!

Finalmente voltei ao mundo das fics hahaha... e quero dedicar esse primeiro capítulo e todos os outros que vierem, a minha linda amiga psicótica Mih Price Grigori, pois sem ela seria impossível escrever essa fic! passamos muitos momentos juntas nos divertindo e tendo muitas ideias, não é minha parceira?

A Mih também dedica essa fic a mim e a nós duas... eu e ela totalmente psicóticas! nossos anjos estão com a gente sempre e os amamos muito!

E claro também dedico a fic a minha amada e linda Beta Bruninha (bvcsalvatore) por me apoiar e me dar tantas dicas!

Eu amoooo demais vocês duas minhas queridas divas!

Beijãooooo pra vocês!

Alguma reviews?