Autora: SarahCullen17 ( http:/ www. fanfiction. net/ u/ 2330051/ SarahCullen17 )

Tradutora: Lary Reeden

Beta: Mazinha Martins

Sinopse: Cinco anos depois de Edward ir embora, a apaixonada Bella é diagnosticada com leucemia. O igualmente apaixonado Dr. Edward Cullen tenta secretamente trabalhar com Carlisle para salvá-la. Bella irá descobrir? Será uma segunda chance na vida e no amor será oferecida e cumprida?

SEGUNDA CHANCE

Disclaimer: Está fanfic pertence a SarahCullen17 e os personagens são Stephenie Meyer. A mim Lary Reeden só cabe a tradução para o português. Mazinha Martins é minha beta.


Capítulo Um: "Notícias"

POV Bella

Eu olhava pela janela, ciente do frio e da garoa cinzenta lá fora, mas não percebendo ela realmente. Seis anos em Washington tinham extinguido o meu desagrado pela chuva. O escuro e as nuvens raivosas já não eram um aborrecimento, mas sim uma parte normal da vida. Eu realmente não me importo mais... na verdade, eu realmente não se preocupo mais com nada.

"Isabella Swan?" a esgotada recepcionista chamou. Depois de alguns segundos em branco, percebi que ela estava chamando meu nome. Me levantei um pouco depressa demais, tropeçando na minha bolsa. A mulher idosa que estava sentada ao meu lado franziu a testa e fez uma careta. "Me desculpe," eu murmurei.

A enfermeira esperando na porta sorriu para mim e me levou para a cabine de triagem. Eu segui suas instruções silenciosamente, subi na balança, coloquei o termômetro sob a língua, respirei profundamente, estiquei o braço para medir a pressão sanguínea. Rotina, instruções básicas... Eu fiquei sentada sozinha rapidamente sobre um papel cobrindo a mesa de exame em uma sala de exames. Olhei para um cartaz da pirâmide alimentar, quando em minha mente as emoções adormeceram novamente.

Vinte minutos depois, um jovem em um jaleco branco entrou na sala. "Isabella M. Swan?", perguntou ele.

"Sim", eu verifiquei. "Sou eu".

"É bom conhecê-la", ele disse, estendendo a mão. "Sou o Dr. Ferguson. Oh, suas mãos estão frias."

Memórias dolorosas esfaquearam meu coração. "Não, elas não estão", eu respondi de forma lenta e fraca. Eu sou apenas humana... rodando a uma temperatura vital de 37ºC... definitivamente não é nada de especial ou sobrenatural... este sonho foi tirado de mim há muito tempo.

"Certo", ele disse, franzindo a testa. Ele estava, provavelmente se perguntando por que um zumbi estava em seu escritório. Eu tive que lutar com um riso amargo quando o pensamento entrou na minha cabeça.Um zumbi... não é minha criatura mística preferida.

Eu percebi que estava olhando para um rosto sem expressão e sem jeito eu abaixei minha cabeça rapidamente. "Sinto muito pela minha exaustão", murmurei. "Eu estou com um pouco de pressa, por isso vamos começar a trabalhar. Eu acho que posso estar anêmica. Meu pai queria que eu fizesse um exame de sangue..."

"Quais são seus sintomas?", ele perguntou.

"Eu estou tão cansada e fraca", comecei. "Tudo que eu quero fazer é descansar, e eu nunca consigo descansar o suficiente. Eu me machuco muito facilmente... e meu sangue está fino."

"Você tem alguma contusão?"

Eu silenciosamente puxei as pernas do meu jeans.

"Oh, meu...", ele respirou. "Uma, duas..." Ele começou a sussurrar, enquanto contava as manchas roxas de nervoso. Finalmente, ele terminou com "Quatorze... isso não é bom. Senhorita Swan, você está sofrendo abuso de algum tipo?"

Eu balancei minha cabeça. "Definitivamente não. Eu não vivo com ninguém... ou me encontro com ninguém." Ou saio do meu apartamento, a menos que eu tenha...

"O que aconteceu ai?" Ele apontou para um band-aid no meu joelho.

"Eu cortei acidentalmente quando estava raspando minhas pernas ontem."

"Você se importa se eu olhar?"

"Vá em frente."

Ele vestiu um par de luvas e cuidadosamente começou a puxar o Band-Aid da minha pele.

"Eu não sabia que estava sangrando tanto", ele disse, envergonhado.

Retirando o curativo inteiro. O lado adesivo estava vermelho, e meu joelho estava manchado de um vermelho brilhante.

"Um pequeno corte como este não deveria sangrar tanto", ele me disse. "Eu vou realmente pedir alguns exames."

Não demorou muito para que um flebotomista viesse tirar meu sangue. Meu estômago revirou em nós quando ele expôs a longa agulha. Agulhas sempre me causaram medo, mas elas eram ainda mais intimidantes agora. Elas eram um lembrete de tempos mais felizes, há seis anos, quando ele tinha gentilmente beijado minha mão cicatrizada enquanto o IV era forçado na minha pele...

Não, Bella.Não faça isso.Concentre-se no teto ou nos azulejos, pelo menos eles oferecem alguma proteção, pelo menos eles estão aqui.Ele não oferece e ele não está.

Eu descobri imagens nas manchas e pontinhos do forro, até que o Dr. Ferguson voltou quarenta e cinco minutos depois.

"Os testes chegaram," ele disse calmamente. "Tenho medo de ter más notícias..."


N/T ~ Olha eu com fic nova. Essa não estava na votação. Mas comecei a ler ela essa semana, me empolguei toda e BAM estou aqui. Os capítulos são curtos. Portanto se vocês gostarem e comentárem bastante postarei dois por semana. Se não vai ser só um por semana mesmo.

Já as outras fics, resolvi voltar com o cronograma.

Segunda - Without You

Terça - Waiting For Dr. Right (havera terças SEM POST)

Quarta - One-Shots - Esporadicamente.

Quinta - Second Chances

Sexta - I Engaged To Bella Swan

Domingo - My Fiancé Is Edward Cullen.

É isso beijos espero que gostem, tanto quanto estou gostando. Gostaria de agradecer a 5 pessoas hoje. Ju Martinhão por ser uma grande amiga e me dar força pra não desistir das fics.

Mazinha por estar betando a fic e concertando minhas cagadas. G.G

ViviPink e KessyRods por me animarem no twitter, quando eu falo de fic nova rsrsrsrs.

LeiliPattz - Por ter me passado a autorização da fic. A aut era dela. hihihi

E é claro a SarahCullen que é uma ótima autora :)

Quem quiser falar comigo tem o twitter (arroba) lary_reeden ~ não mordo JURO :X

Beijinhos a até mais.