Smile

A primeira coisa que Caroline repara quando vê Stefan de novo é que o sorriso dele está diferente. Ela sempre gostou da maneira como ele sorria antes, ela particularmente gostava da maneira como ela conseguia fazê-lo sorrir e porque não acontecia tanto assim dada a quantidade de drama que havia em Mystic Falls e um pouco além da conta para os Salvatores, e ele merecia sorrir mais ,pela sua experiência homens bons eram raros, vampiros bons eram mais raros ainda. Embora Caroline admitia para si mesma que gostava de fazer com que ele sorrisse para ela por razões egoístas ,o sorriso dele era gentil e fazia com que ela se sentisse confortável , lhe dava a sensação de que não importasse o que acontecesse ou quem ela era ou viesse a ser ela podia contar com ele para a ajudar. Agora o sorriso dele está um pouco mais irônico, um pouco mais cruel, um pouco mais amargo.

Não havia sentido falar da falta que ela tinha sentido dele no tempo em que ele havia passado com Klaus, afinal ela sabia que não podia nem se comparar a falta que Damon e Elena estavam sentindo, ele era o maior amor que Elena havia tido até o momento e a única família que Damon tinha. Ela era apenas a amiga, a garota que teve o azar de ser transformada em uma vampira e que ele foi gentil o suficiente para ajudar a se adaptar a sua nova condição, não porque ele queria alguma coisa ou só porque ela era próxima de sua namorada mas porque esse era o tipo de pessoa que ele era, e o tipo de pessoa que ela ainda acredita que ele é, ou quer acreditar porque a outra alternativa a devastaria. Ela é uma otimista ,nem morrer conseguiu fazer com que ele deixasse de ser, então ela tem esperança que quando uma pessoa é perdida ela pode ser encontrada de novo, ela tem esperança que Stefan seja uma dessas pessoas e ela tem esperança que um dia não tão longe assim ela consiga o fazer sorrir do mesmo jeito que ele fazia antes.

Obrigada por ler, reviews são sempre apreciadas.