D I S C L A I M E R:

• Os personagens aqui citados não me pertencem. FATO!

• Betado pela lindissíma Amanur

• Mais centrado na Sakura

• Boa leitura!


ESCALA DE CORES


.

X

Tudo começa com o rosa, foi à primeira cor a ser vista quando ela nasceu. Os cabelinhos ralos e rosinhas; ela era toda rosada, na verdade. O rosa de seu cabelo chamava atenção por onde passava, não era aquele rosa enjoativo e chato. Era um rosa delicado e bonito.

X

O verde veio em seguida, em seus olhos. Era um verde claro, esmeraldino, em um tom diferente. Todos amavam seus olhos. Havia certa inocência neles e pureza neles também. Seus olhos transmitiam paz e calma, e ela se sente bem por isso; quer dizer, passar segurança as pessoas a faz se sentir melhor consigo mesma.

X

Logo depois veio o azul. Ela adorava azul. Isso sim a transmitia paz, e ela se lembrava de alguém com aqueles olhos da cor do céu. Toda vez que ela sentia medo, lembrava-se de Naruto e seus olhos, e ela se aquecia por dentro instantaneamente. Ela se derrete por aquele azul dos olhos de seu melhor amigo. Azul levava e sempre levaria paz à Sakura.

X

A única coisa que Sakura ama mais que o azul é o preto. Preto dos olhos, do cabelo. Preto é Sasuke por inteiro, e ela ama Sasuke. Sakura sabe que vai ser difícil esquecer aquele amor, mas ela tenta mesmo assim, porque ela não quer mais se prender a um sentimento onde não há reciprocidade. E embora ela ame o preto de Sasuke, o único preto que ela odeia, é o da alma dele.

X

Então, vem o amarelo. Ino é sua melhor amiga, e ela ama sua melhor amiga de todo coração. Amizade de infância não deveria se perder, não é? Amarelo a fazia lembrar-se do cabelo de Ino, seu cabelo loiro e comprido balançando ao vento, enquanto ela sorria escandalosamente e gritava "Testuda" no meio da rua. Ela sentia segurança, pois sabia que, quando precisasse, teria sua melhor amiga ao seu lado.

X

Cinza é uma cor estranha, mas bonita, e a faz lembrar-se de sua mestra, Tsunade. Ela não sabe o porquê, mas ela simplesmente a lembra quando vê cinza. Sakura tem Tsunade como uma segunda mãe, e como exemplo de vida. Ela queria ser como a mestra, forte e decidida. Sakura conseguiu isso algum tempo depois, após um longo treinamento. E ambas estiveram satisfeitas.

X

O vermelho vem por ultimo. Cor do fim, cor do sangue, cor da morte. É o vermelho que a mancha enquanto ela, caída ao chão, vê seus amigos lutando na guerra. É com seu sangue, em vermelho vivo, que ela se engasga, enquanto tenta buscar ar para respirar. E é com o mesmo vermelho e mesmo sangue que ela deixa a vida, para ser lembrada nas memórias de seus amigos como aquela que, pelo menos, fez o que pôde por eles.

.


N/A: Que final triste não é? Mas eu só estou conseguindo escrever dark mesmo. Espero que tenham gostado.

Reviews sempre fazem um ficwriter feliz.