AGENT 00HOT

Sinopse: Edward é um atraente Agente do F.B.I. quem é imediatamente atraído por Bella, a oficial da condicional, que acontece de ser um ímã para situações ridículas.

Disclaimer: A história pertence a maxandmo, Twilight e os personagens a Stephenie Meyer, e a mim somente a tradução.


Capítulo 18 – Xixi Falso

Bella

Uma vez que vomitei me senti um pouco melhor. Que porra é essa? Será que as pessoas não têm nada de melhor para fazer? Eu pulei no chuveiro e tive que ficar me lembrando que o material vermelho escorrendo de mim era o tomate e não sangue. Não havia necessidade de me sentir mal novamente.

Eu pensei em Alice e todo o trabalho duro que ela estava colocando em preparar o jantar. É irônico que, ao mesmo tempo que eu estava tendo tomates jogados em mim, ela estava propositalmente jogando com eles. Eu queria rasgar as bolas do Newton fora, mas foi bom ver que Emmett e Jasper estavam ao meu lado. Eu tenho que admitir que, se tivesse sido um deles, eu provavelmente teria rido, e depois dado um tapa de vadia nos PETAS.

Enquanto estava lavando a mim mesma, eu deixei meus pensamentos se dirigirem para Edward, a boca, os dedos, e seu pênis sempre perfeito. Comecei a me sentir quente e formigando, especialmente em minhas partes de senhora. Seu gozo tem um gosto tão doce. Ele deve ter algum truque, porque normalmente eu não podia suportar essa merda. Eu quase queria engarrafar algum para que eu pudesse colocá-lo em meu cereal e começar o dia com alguma proteína. Eu precisava voltar a encaixar na realidade e levar a minha bunda para o trabalho. Eu lavei meu cabelo três vezes na esperança de que ele ainda não cheirasse a podre.

Quando saí do banho, eu podia ouvir Alice e Emmett conversando e rindo. Ele era um santo para passar um tempo junto. Eu coloquei algumas calças cáqui e uma camisa de manga longa, peguei meu moletom e me dirigi para a sala de estar.

Para minha surpresa eu vi Rosalie na cozinha.

"Ei Rose," eu disse casualmente.

Os três viraram e me olharam de cima a baixo.

"O que, vocês idiotas estão procurando por restos de tomate?" Eu ri e visivelmente relaxei. "Eu estou bem. Esse banho foi como ganhar um milhão de dólares." Quando disse isso, eu podia sentir-me corar enquanto tinha os pensamentos impuros que eu estava tendo durante o banho.

Alice parecia nervosa, e antes que eu pudesse perguntar a ela o que estava errado, ela lançou-se para mim, batendo-me no sofá.

"Al, você está me esmagando, eu juro que estou bem." Eu estava presa debaixo dela e ela estava abraçando a vida fora de mim.

"Bella, eu sinto muito."

Eu estava erguendo-a de mim. Ela era pequena, mas poderosa e assustadoramente forte.

"Alice, a menos que você é um membro da PETA em segredo, você não tem do que se desculpar. Eu sei que você odeia meu trabalho, mas, independentemente das circunstâncias mais recentes, acontece que eu gosto disso."

Ela me deu um beijo no rosto e soltou-me. Olhei para Emmett e Rose, que estavam totalmente rindo da sua exibição incomum e aleatória de afeto.

"Bella, você realmente se sente bem? Quero dizer, você vomitou." Emmett tinha o braço envolto preguiçosamente ao redor de Rose e olhava sincero.

"Sim Em, eu estou realmente com muita fome", eu disse honestamente.

"Senhoras! Minha Rose está de folga e nós podemos ir para o almoço," Emmett disse emocionado, enquanto reorganizando seu pacote.

"Yay! Eu estou nisso," disse Alice, quando ela bateu palmas. "Eu só sei que Jazz vai querer vir conosco. Ele sempre fica com fome por essa hora."

Era como se ela o conhecesse há anos. Eu não podia deixar de sorrir por seu lado brega.

"Quem diabos é Jazz?" Emmett perguntou, obviamente alheio ao apelido de Jasper.

"Jasper", eu sussurrei.

Emmett tem o olhar mais tortuoso em seu rosto. Jazz agora tinha um apelido para a vida.

"Alice, eu adoraria se Jasper nos encontrasse lá, mas diga a ele que dispensar esse babaca, Mike."

Eu vasculhei minha bolsa para encontrar o meu telefone para ligar para Edward e ver se ele queria se juntar a nós. Eu vi que tinha duas chamadas perdidas e uma mensagem. Eu percebi que em meio a confusão eu tinha esquecido de ler sua mensagem.

Bonita... Eu não consigo parar de pensar em você... você toda!

Senti-me corar enquanto pensava em sua língua e no jeito que senti em toda a minha vajayjay*.

*Vajayjay é uma gíria para vagina.

"Bella... Bella!" a boca grande da Alice me tirou do meu devaneio cheio de luxúria.

"O que?" Eu rebati irritantemente.

"Eu perguntei se Edward vem."

"Ah. Eu não falei com ele, mas vou enviar um convite."

Eu disquei o número dele e foi direto para a caixa postal. Eu não deixei uma mensagem porque, francamente eu odiava o jeito que minha voz parecia com essas coisas. Meu celular vibrou com uma mensagem imediatamente.

Estou no tribunal por isso não posso falar. Como tá o seu dia?

Bem, eu certamente não iria responder a essa pergunta honestamente.

Quer me encontrar p/ o almoço?

Parece ótimo. O juiz vai terminar em 10 min. Onde?

Eu conferi com os outros e nós decidimos pela pizzaria que estava perto do tribunal e do State Building, por isso era conveniente para aqueles que trabalhavam no centro da cidade. Rose e Alice iriam separadamente.

pizzaria

"Bella você não vai pirar em um restaurante Italiano, vai?" Emmett perguntou com toda a seriedade.

"Em, eu estou bem. Al, estou bem com o macarrão para o jantar também."

"Cara. Você está cozinhando o jantar?" Emmett perguntou, com os olhos arregalados.

"Sim, Emmett. O que você achou que eu estava fazendo com os tomates?" Alice perguntou a ele com as sobrancelhas levantadas.

"Eu não tenho ideia. Quando eu faço espaguete uso a merda do frasco." Ele parecia confuso a respeito de como ela estava indo para fazer seu próprio molho.

"Você e Rose vai se juntar a nós?" Alice perguntou conscientemente.

"O inferno que sim!" Emmett praticamente teve uma ereção. "Vamos nessa. Só de pensar sobre esse jantar me faz precisar almoçar logo."

Nós chegamos à pizzaria e estava bem vazio. O horário do almoço seria em cerca de uma hora. Olhei em volta e notei um grande cara sentado em uma mesa sozinho, de costas para nós. Ele parecia familiar para mim, mas eu não tinha certeza do por quê.

Eu não conseguia desviar o meu olhar. Como se ele sentisse o frio do meu olhar, ele se virou, e eu vi que era o cara que me salvou de uma bola, Jacob Black. Ele tinha um olhar de surpresa em seu rosto. Eu caminhei enquanto ele se levantou.

"Ei, Bella!" Ele estava sorrindo para mim com seus dentes sempre tão brancos.

"Oi Jake. Como você está? Você sempre vem aqui?" Eu percebi como isso soou e podia sentir-me corar como um idiota.

Ele riu. "Por uma questão de fato eu venho. Meu escritório é na mesma quadra. Ei, Jess me disse que você era de Forks. Toda a minha família é de La Push. Acho que você conhece o meu tio Harry, e eu tenho certeza que nós fizemos tortas de lama em uma dessas reuniões familiares."

Puta merda, ele havia perguntado a Jess sobre mim. Não há nenhuma maneira que eu já conhecesse esse pedaço lindo de olhos doces e não me lembrasse.

"De jeito nenhum. Ele é o melhor amigo do meu pai. Que mundo pequeno! Acho que você pegou isso errado, embora. Eu não me lembro de alguma vez conhecer um garoto chamado Jacob."

Eu não podia acreditar que ele era da Reserva Quilette. Charlie e eu passamos muito tempo lá. Eu estava lutando para me lembrar dele, mas ele estava convencido de que tínhamos brincado juntos. Eu só me lembrava de ser forçada a sair com um garoto desengonçado, com os dentes de cavalo enormes e óculos de lentes grossas. Não poderia ter sido ele. Não havia nenhuma fodida maneira de que ele era 'Bucky Black '.

"Minha família e eu nos mudamos para cá quando eu tinha dez anos. Isso irritou muito os anciãos, mas meu pai tinha a intenção de iniciar um escritório de advocacia na cidade grande." Ele estava me olhando atentamente, e eu estava ficando um pouco desconfortável.

Realização do nome da empresa de advocacia, finalmente, bateu-me. "Oh, Clearwater e Black. Dã. Eu só não coloquei dois e dois juntos até agora. Hum, você usa lentes de contato?"

"Sim, Bella. Eu sou 'Bucky Black'. Eu também usava aparelho sempre."

Eu estava totalmente envergonhada, e só esperava tivesse muito mais agradável para ele do que a maioria das outras crianças. Ele tomou uma surra emocional na época.

"Jake, você está ótimo. Eu não posso acreditar que você é a mesma pessoa. Você com certeza cresceu", eu disse com toda a honestidade.

"Eu acho que eu posso dizer o mesmo sobre você, Bella." Ele estava me dando mais um olhar e isso me fez sentir um pouco violada. "Bem, eu acho que seus amigos estão esperando por você." Ele apontou para o meu grupo que estava de fato esperando ansiosamente para mim. "Aqui está o meu cartão. Ligue-me algum dia, se você precisar de qualquer aconselhamento jurídico gratuito, ou apenas querer recuperar o atraso em histórias antigas de família. Foi bom te ver de novo." Ele me entregou seu cartão com um sorriso e sentou-se.

"Foi bom ver você também," eu disse e quis dizer isso.

Foi um sentimento bom ter outra pessoa com laços com a minha cidade natal nesta cidade grande. Espere até que eu conte a Charlie.

Quando estava voltando para os meus amigos, Edward entrou pela porta. Eu acho que posso ter parado de respirar. Ele estava em um terno e parecia tão gostoso. Eu nunca tinha visto ele vestido assim. Eu tive que bloquear pensamentos sobre foder com ele ali.

"Hum, você está incrível", eu disse timidamente.

"Obrigado. bonita. Eu me arrumo bem." Ele piscou-me um sorriso que atingiu todo o caminho até seus olhos.

Ele me deu um abraço e acariciou meu cabelo.

"Mmm... frutado", ele disse inocentemente.

Eu engoli errado e comecei a tossir. Frutado, realmente? Sem brincadeira, desde eu condicionei com merdas de frutas reais esta manhã.

"Bella, você está bem?" Edward estava me olhando com preocupação e confusão.

"É. Eu só engoli errado." Eu continuei a tossir na esperança de limpar a minha garganta.

Todos nós pedimos e, em seguida, nós seis sentamos para comer. A conversa fluiu facilmente e eu não podia deixar de me maravilhar com a forma como todos nós nos demos bem. Foi um grande almoço até o babaca do Emmett pensar que seria engraçado lançar um tomate falso para mim. Peguei-o e joguei de volta para ele com um olhar mortal.

"Cara. Não foi legal", Jasper disse casualmente.

Edward felizmente não tinha ideia do que estava acontecendo. Fiquei aliviada que ninguém tinha lhe dito o que aconteceu. Era constrangedor pra caralho e eu não quero envolver isso aqui agora.

Demetri veio e conversou por algum tempo, e antes de percebermos estávamos de volta ao trabalho.

Alice e Jasper saíram para uma rápida sessão de amassos, enquanto o resto de nós continuou a conversar. Emmett puxou Rose para um abraço de urso, e eu o observei agarrando seu peito às escondidas. Edward e eu estávamos há um pouco constrangidos.

Jacob levantou a cabeça e percebeu-nos à porta.

"Edmond, não é?" Ele estendeu a mão para apertar a mão de Edward.

"Edward", disse ele, corrigindo-o. Eles apertaram as mãos, e eu notei que Edward parecia irritado.

A tensão encheu o ar e a testosterona estava transbordante.

"Tchau Bella. Me ligue", ele disse e saiu.

Edward olhou como se quisesse arrancar a cabeça de Jacob. Não preciso ser um gênio para descobrir que parecia ruim quando ele me pediu para ligar. Eu só tenho que explicar isso a Edward.

Antes que eu pudesse dizer alguma coisa, Edward disse que tinha que voltar ao tribunal. Ele me deu um beijo na bochecha e foi embora.

Eu estava esperando que ele estivesse atrasado e que ele não era, na verdade, estava irritada por causa de Jake. Não era uma competição, eu não era um concurso. Jake era mais quente do que bolas, mas eu estava tão com Edward que eu não conseguia pensar direito.

Em, Jasper, e eu voltamos para o escritório. Felizmente estava bastante desolado quando chegamos lá. Eu não sinto como se tivesse que entrar em parafuso. Cheguei ao meu escritório para encontrá-lo decorado com imagens de fodidos tomates. Eles estavam gravados em todo o lugar. Não havia nada a fazer senão rir em vez de chorar e fechar a maldita porta.

Eu verifiquei minhas mensagens para descobrir que eu tinha 42 mensagens de voz. Ya-foda-hoo. Fiquei feliz quando vários deles foram desligados. A maioria era a verificação habitual nas chamadas notificando-me de mudanças de endereço ou de emprego. Eu tenho dois trotes com alguém me chamando de 'puta', e quatro eram referentes ao drama da mamãe do bebê. Os dois últimos eram ligaçõs de Lauren Mallory. Eu apaguei as cadelas antes mesmo que eu ouvisse suas mensagens.

Acabei de colocar o meu telefone e o filho da puta tocou imediatamente.

"Oficial Swan", respondi secamente.

"Você puta. É melhor prestar atenção nas suas costas."

"Tanto faz idiota." Eu desliguei na cara do idiota.

Ele tocou de novo, mas desta vez era da recepção.

"Sim, Irina?"

"Bella, você tem uma primeira visita. Seu nome é Riley Xavier e que ele deveria vir amanhã de manhã, mas diz ter uma entrevista de emprego."

"Ok, eu vou sair para atendê-lo em um minuto."

Encontrei o seu arquivo e preparei toda a papelada inútil que ele tinha que assinar. Bem, a maioria era inútil. O único que realmente queria dizer qualquer coisa eram as condições de liberdade condicional. Isto deu-lhe as regras básicas, e ele tinha que assinar dizendo que entendia.

Eu não tive a oportunidade de ler os seus antecedentes criminais, mas eu iria chegar ali mais tarde. Às vezes eu preferia dar-lhes um novo começo até que eles fizessem alguma coisa para me fazer cavar em seus arquivos.

Levantei-me e caminhei para o saguão.

"Riley Xavier. Riley Xavier?" Eu estava chamando o nome várias vezes, sem resposta.

Quando estava prestes a voltar para o meu escritório um cara entrou pela porta. "Riley Xavier?" Perguntei interrogativamente.

"Sim, senhora. Esse sou eu." Ele parecia muito jovem e parecia super nervoso.

Eu o deixei na porta e dirigiu-o ao meu escritório. Enquanto eu andava atrás dele, eu notei que ele estava muito bem vestido e andava um pouco de um coxo. Eu ia definitivamente ter que ler o seu arquivo.

Nós fomos sobre sua papelada e ele assinou todos os formulários necessários. Nós fomos ao fundo do corredor para que ele pudesse fazer um teste de urina. Quando chegamos ao banheiro ele parecia muito nervoso e disse que ele não tinha como fazer. Eu disse para ele esperar no lobby até que ele pudesse.

Voltei para meu escritório e comecei a ler o seu arquivo. Riley Xavier tinha vinte e seis anos de idade e estava preso nos últimos sete anos por roubar uma loja de esquina. Ele não tinha filhos e sua residência listada era com seus pais em uma parte decente da cidade.

Irina me ligou para dizer que Sr. Xavier estava pronto para fazer xixi, então eu fui e o peguei. Ele fez o seu negócio no copinho plástico depois rotulei e enviei para o laboratório. Eu lhe disse que iria visitá-lo em breve em sua casa e desejei sorte em sua entrevista na Auto Zone.

Eu tinha algumas horas para matar assim que eu escrevi alguns relatos e joguei paciência um par de vezes. Eu estava tendo um tempo difícil em me concentrar em qualquer coisa importante então me peguei no Facebook e depois tirando minhas sobrancelhas. Eu juro que esses filhos da puta cresceram como loucos no meio da noite.

Houve uma batida na minha porta, e eu estava sentindo falta de um olho mágico para que eu pudesse ter certeza que não era Newton. Abri um pedaço e vi que era o Sam.

"Bella, eu tenho que fazer uma prisão. É uma mulher. Você está ocupado?" Ele estava olhando para minhas sobrancelhas em confusão.

Ele era um cara tão legal que eu percebi que poderia muito bem ajudá-lo. Além disso, os caras preferiam ter uma ajuda feminina para prender outra mulher, de modo que nenhuma acusação desnecessários surgiria. Se nada mais acontecesse, levaria algum tempo. Eu não podia esperar para chegar em casa e jantar com o meu homem e nossos amigos.

No caminho para o seu escritório, ele me disse que ela precisava ser testada por causa de droga. É engraçado como ele deixou de mencionar esse parte quando ele me puxou para longe das minhas sobrancelhas. Aparentemente, um "amigo" da mulher havia ligado para Sam no começo do dia para dizer-lhe que ela tinha estado usando drogas e estava indo para tentar falsificar o teste.

Bom pra caralho. Agora eu tinha que sentar no banheiro com uma usuária de drogas, que era provavelmente uma prostituta de crack, enquanto ela tentava disfarçar seu teste de drogas.

Nós entramos em seu escritório, e eu olhei para a menina para fora viciada que estava sentado lá. Quando ela me viu ficou surpresa.

"Vamos Bree, é hora de mijar," Sam soltou com autoridade.

Eu não pude evitar e bufei enquanto tentava segurar o riso. Ele olhou para mim como se eu fosse maluca, mas ele realmente não percebeu o que ele disse?

Bree e entramos no banheiro, e eu estava encostada na parede agindo como se não estivesse prestando atenção nela. Ela estava protelando, e eu sabia que ela foi até boa. Eu peguei meu telefone e agi como se eu estivesse mandando mensagem.

Eu a vi pegar uma caixinha do bolso e abrir a tampa. Ela estava prestes a derramar o líquido no recipiente, quando eu lhe disse para soltar. Ela certamente largou, caindo tudo no chão. Qualquer que seja o inferno que estava na caixinha espirrou e pulverizou tudo em minha calça, molhando.

"Porra", eu cuspi. "Coloque suas malditas mãos contra a parede."

Ela obedeceu, e eu coloquei-la sob prisão. "Sam, traga seu traseiro aqui."

Sam entrou e ficou boquiaberto com a umidade que estava em minhas calças. "Bella, você está no banheiro. Por que você não disse que tinha que ir?"

"Ha ha ha", eu ri secamente.

Eu estava bastante chateada pelas minhas calças, do que ter alguém jogando xixi em cima. A pior parte era eu tinha que ir para a cadeia assim. Adorável.

Às vezes ir para a prisão era como ir ao zoológico. Havia animais enjaulados que faziam todos os tipos de ruídos. Eu quase tive vontade de jogar um pouco de comida para as cabeças de merda. Eu estava acostumada com ser chamava de gata, mas desta vez foi um monte de comentários sobre as calças molhadas juntamente com toneladas de barulho. Felizmente, os agentes penitenciários foram rápidos em prendê-la para que eu pudesse dar o fora de lá.

"Então, Sam. Você me deve um grande momento. Eu não vou voltar para esse escritório. Você precisa ir até lá e pegar minha bolsa e trazer para mim. Depois, vai me levar para o meu carro que está estacionado um milhão de quadras daqui, e então eu vou para casa."

Ele não disse uma palavra quando se virou e caminhou para a construção do Estado.

Cheguei em casa muito rápido e estava orando por uma vaga de estacionamento próximo. Eu também esperava que Alice fosse à única lá. Eu não estava no clima para qualquer humilhação desnecessária.

Eu estacionei um quarteirão de distância, o que me deixa puta, sem trocadilhos, e fiz meu caminho para o meu apartamento. Eu entrei segurando a minha bolsa na minha frente, na esperança de esconder a mancha molhada gigantesca que era urina de um estranho. A barra parecia limpa.

"ALICE! Estou em casa. Vou tomar um banho rápido", eu gritei para a cozinha, onde podia ouvi-la mexer nas coisas.

"Tudo bem. Deixe a porta aberta, eu preciso escovar os dentes. Mas você não acabou de tomar um banho?" Ela gritou de volta.

Antes que ela pudesse me abordar, eu corri para o meu quarto, onde tirei a roupa, coloquei meu robe e corri para o chuveiro.

Eu estava gostando da sensação da água quente correndo sobre meu corpo e estava esfregando minha metade inferior como uma maníaca. Eu estava apenas um pouco enojada.

O som da porta se abrindo e fechando tirou-me do meu esfregar. "Ei Al. Que horas todos vão chegar?" Ela não respondeu, e eu pensei que ela tinha a boca cheia de pasta de dente. "Al, você pode acreditar o quão quente Edward fica em um terno. Meu Senhor, esse cara realmente faz os meus sucos fluírem."

Ainda não havia resposta dela, então eu abri a cortina de chuveiro, espiei com a cabeça, e fui recebida com os brilhantes olhos verdes do meu federale.


Essa Bella se mete em cada coisa coitada haha em um dia consegue ser atacada com tomates e depois ainda tem xixi derramado nela, pelo menos nos espaços entre os acontecimentos ela tem um Edward para dar uma aconchegada rsrs Ele com certeza morre de ciúmes do Jacob! E esse final.. só a Bella mesmo pra conseguir esses momentos constrangedores lol

Volto em breve com um capítulo novo, só vocês comentarem

Beijos

xx