Addicted

Ela sabia que ele a odiava mas não conseguia se ver longe dela, ela era como um vicio para ele, ficar ao lado dela o fazia se sentir miserável mas não conseguia parar afinal ela era tudo que havia restado de antes. A mulher que antes habitava aquele corpo estava morta, na verdade mais do que isso, ela deixara de existir ,ela conseguia ver as memórias no entanto, como filmes ou fotografias velhas, seus pais, aquela dimensão em que serviu como escrava, a sua volta para a sua dimensão original, Angel ,Cordy, Gunn e Wesley, sempre Wesley. Isso não a surpreendeu muito humanos tinham uma tendência a ter afeições tolas, o que a surpreendeu foi o fato de contra toda lógica ela também parecia estar começando a dividir tais afeições. Ele era apenas um humano insignificante, que não era digno sequer de a servir, era isso que acreditava e dizia para si mesma , mas independentemente disso ela se importava com ele, além das memórias que tinha de Fred que tinha dele, ela se importava com o homem amargo e quebrado que havia em sua frente que quando achava que ela não estava reparando a olhava com tristeza. Ele a toca e ela não o para, ele a odeia mas ainda assim a quer, é o suficiente.

Obrigada por ler, reviews são sempre apreciadas.