DADDY'S LITTLE GIRL

Disclaimer: Twilight e seus personagens pertencem a Stephenie Meyer, mas a história de DLG é minha.

Sinopse: Bella segue as regras e os sonhos que nunca foram dela, até que um certo garoto lhe mostra que a vida vai muito além das regras dos pais. "Porque a garotinha do papai agora é a minha garota."


Capítulo 3

BPDV

Na manhã seguinte, tomei um banho rápido e quando estava terminando de arrumar meu cabelo, alguém bateu na porta. Me surpreendi ao ver Riley passar por ela com uma carranca no rosto. (look Bella: polyv . re/13K7pF9)

- Que tal você me explicar porque postou foto com aquele garoto novo, toda grudadinha - ele disse parando ao meu lado na frente do espelho.

- Bom dia para você também - falei enquanto passava a escova pelo meu cabelo.

- Vai me responder ou não, Bella? - bufei largando a escova e virando para ele.

- Bem, Edward é um garoto legal, conversei com ele ontem e quis tirar uma foto. Não é como se você nunca tivesse postado foto com outras garotas da escola no seu instagram.

- É diferente, você conhece as meninas e eu nem sei quem diabos é esse cara. É aquele que chegou na moto ontem, não é?

- Sim, é. Ai Riley, olha hora para você estar dando ataques - entrei no meu closet para pegar um óculos escuro para usar hoje e que combinasse com a minha roupa.

- Ataques? Você ignorou cada ligação e mensagem que te mandei ontem - respirei fundo e saí olhando para ele.

- Eu não ignorei de propósito, não ouvi suas ligações e quando vi as mensagens já estava tarde. Sério, Riley, você acha mesmo que eu iria ter algo na frente de todo mundo da escola que poderia te contar em dois segundos? Principalmente com Tanya e Irina por lá, que iriam fofocar para a Jéssica e logo chegaria até você.

Ele me olhou por um momento, antes de se aproximar me beijando. Agradeci por ainda não ter passado o gloss ou ficaria melecado. Quando se afastou, sorri para ele que retribuiu.

- Desculpe, eu só... eu não gostei daquele cara tão perto de você. E pelo o que me contaram, vocês passaram a noite toda conversando e dançando - revirei os olhos. Sabia que a fofoca ia rolar solta.

- Tudo bem, agora espere que eu vou passar maquiagem e podemos descer para tomar café da manhã. Você não comeu ainda, não é?

- Não, saí logo que acordei.

Passei uma maquiagem leve com um brilho rosinha, borrifei um pouco de perfume e peguei minha bolsa. Sai do quarto com Riley me acompanhando, ele estava em silêncio e pensativo. Suspirei segurando a mão dele, que deu um sorrisinho.

- Hey Bella, bo- Mike parou de falar quando descia as escadas logo que eu e Riley chegamos ao fim dela. - O que ele está fazendo aqui?

- Oi Mike, Riley veio para me levar para a escola - respondi, e puxei meu namorado para a mesa.

- A essa hora? Você não pode mais nem comer em paz? - Mike e Riley eram um caso complicado, eu tinha que viver tentando evitar a troca de farpas.

- Eu posso vir aqui na hora que eu quiser, Mike, a casa não é sua - Riley rebateu e bufei irritada.

- Será que os dois podem parar? Quero comer e ir para a escola.

- Eu vou tomar café da manhã fora, se eu ficar aqui mais um minuto, perco meu apetite - Mike disse e se virou para sair, mas parou no caminho e olhou para mim. - Ah, e sua foto com seu novo amigo está bem comentada no Instagram. Edward Cullen, não é? Parece ser um cara legal para você - e com isso ele saiu rapidamente. Segurei o braço de Riley, que estava quase indo atrás dele.

- Deixa o Mike, você sabe que ele só disse isso para te provocar. Vamos comer e esquecer isso - falei, tentando acalmá-lo. Mike era ótimo para colocar lenha na fogueira e deixar queimando pro meu lado.

Tomamos nosso café em um quase silêncio, e depois fomos para a escola. O beijei rapidamente antes de entrar e ir no meu armário pegar meu livro para a aula de inglês, mesmo eu sabendo que dificilmente a professora iria usar.

Estava distraída mexendo no meu celular e apagando as mensagens de Riley do dia anterior, que acabei esbarrando com alguém perto da entrada da sala.

- Desculpe - falei e quando olhei para cima, vi Edward sorrindo para mim. Era difícil não sorrir de volta, assim que o fiz. - Hey, como vai? Desculpe pelo esbarrão, estava distraída.

- Não precisa se desculpar. Eu estou bem, e você?

- Bem. Qual sua aula?

- Inglês IV e a sua?

- Também - sorri. - Podemos sentar juntos - ele sorriu com a minha sugestão. Entramos na sala, sentando em uma das mesas na lateral, perto do fundo da sala. Ainda faltava alguns minutos para a Sra. Marks, então conversamos um pouco. Não deu para falar muito, já que Alice e Rose entraram na sala e sentaram em frente a nossa mesa. Elas perguntaram algumas coisas para Edward, sobre ele, antes da professora chegar.

A aula passou rápido, agradeci pela Sra. Marks não passar um trabalho logo no primeiro dia de aula. Me despedi de Edward e falei para ele me encontrar na entrada do refeitório, para que ele fosse almoçar com a gente. Tinha esperanças de que ele e Riley se conhecessem e meu namorado parasse com os ciúmes.

Fui para a aula de Biologia, acompanhada por Alice, que não parava de falar o quanto Edward parecia ser um garoto legal e que combinava comigo. Eu sabia que meus amigos não gostavam de Riley, mas estava começando a ficar ridículo.

Na aula de Biologia, ela foi sentar com Jasper e eu fiquei ao lado de uma garota nova, Jane, que era um pouco tímida. Talvez era apenas por ser seu primeiro dia. Mais uma aula chatíssima e agradeci quando o sinal tocou indicando a hora do almoço.

Guardei o livro de Biologia no meu armário e fui para o refeitório, onde Edward me esperava na porta, mas para a minha surpresa não estava sozinho. Tanya e Irina conversavam com ele, e eu não conseguia ver a expressão do rosto de Edward, já que ele estava de costas para mim.

- Olá - falei interrompendo qualquer que seja a conversa. Eu me sentia obrigada a salvar Edward das garras dessas duas.

- Oh Bella - ele virou, sorrindo para mim. Tanya e Irina não falaram nada, só me olhavam como se desejassem que eu desaparecesse dali.

- Oi meninas, vão sentar na mesa com a gente? - perguntei a elas.

- Claro - Tanya afirmou. - Vem, Edward, vou levar você para a mesa.

- Não precisa, Tanya, a Bella me convidou, vou com ela. Obrigado. - eu sorri com o que Edward disse, e Tanya bufou e entrou no refeitório acompanhada por Irina.

- Desculpe por elas - falei, enquanto entrávamos.

- Não se preocupe. Eu ja percebi o tipo delas - rimos e o levei até a mesa.

- Hey gente, bem quero apresentar uma pessoa para vocês, o Ed- fui cortada por Jéssica que chegou praticamente correndo na mesa.

- Edward, você não me esperou na saída da aula de química - ela bateu os cílios e empinou os peitos. Revirei os olhos para o quão óbvio essas meninas estavam sendo dando em cima do Edward.

- É que, eu estava com pressa, desculpe - ele sorriu forçado, algo que eu acho que ela não percebeu.

- Então, como eu estava falando antes de ser rudemente interrompida por Jéssica - a olhei feio, o que a fez soltar um suspiro e sentar ao lado de Mike, e começar a empinar os peitos para ele que estava fingindo que ela nem existia. Vadia. - Esse é Edward Cullen, alguns de vocês já o conhece, os que não conhece se apresentem, eu vou pegar algo para comer - falei, saindo para a fila da lanchonete.

Não tínhamos almoço em bandejas, tudo aqui era muito bem organizado, se queríamos algo mais elaborado para almoçar poderíamos pedir e rapidamente ficava pronto. Em cinco minutos consegui pedir uma porção de batata frita com um hambúrguer de frango e uma lata de refrigerante de limão. Vi que os garotos estavam na fila, não vi sinal de Riley até chegar na mesa e ele aparecer do nada.

- Onde você estava? - perguntei enquanto ele passava o braço pelo meu ombro e me puxava para perto dele.

- Fiquei preso na aula, o Sr. Jenks passou um trabalho péssimo no primeiro dia e estava vendo umas coisas com ele - ele respondeu, roubando uma batata minha.

- Oh sim - sorri, dando um selinho nele.

Alice e Rose estavam falando sobre algo e mexendo em seus celulares, Jéssica, Tanya e Irina fofocavam baixinho e tenho certeza que o assunto era sobre Edward. Logo os garotos voltaram, e Edward sentou do meu outro lado, fazendo com que Riley apertasse mais seu braço em torno de mim.

- Riley, esse é o Edward - os apresentei, e eles deram aqueles apertos de mão de caras onde um tentava apertar mais do que o outro.

- Edward, eu estava aqui falando com as meninas que achei você muito familiar - Jéssica disse, e senti ele ficar tenso ao meu lado.

- Hum, não sei por que eu seria familiar, sou como qualquer garoto - ele respondeu, mas notei que ele estava um pouco nervoso. Para desviar o foco dele, comentei que ele tinha morado em Los Angeles e Alice começou a perguntar sobre lá. Ele sorriu pra mim agradecido.

Riley não tentou conversar com ele, só ficou alisando meu braço, beijando minha bochecha, pescoço, ombro, e estava começando a me irritar. Ele não estava fazendo isso por carinho, mas para ficar mostrando que eu era sua, como se eu fosse uma maldita boneca. Terminei meu almoço, e ficamos ali fazendo hora até o sinal bater. Levantei para levar as coisas na lixeira, e Riley não desgrudava de mim.

- Riley, por que você não mija em mim logo? Porra, ta ficando chato - falei tirando o braço dele do meu ombro e saindo do refeitório.

- Não sei do que você está falando, só estou beijando e fazendo carinho na minha namorada, não posso? - perguntou se fazendo de idiota.

- Não venha com esse papo, eu sei bem porque você ficou nesse grude todo comigo no almoço. Para mostrar ao Edward que eu sou sua ou qualquer merda como isso. Vou avisar uma vez, Riley, eu não gosto desse tipo de coisa. Se você precisa fazer algo assim para garantir que eu fique com você, é porque não confia em mim. Se for assim, melhor acabar com esse namoro.

- Não Bella, desculpe - ele se aproximou, me beijando e eu cedi aos seus beijos. - Desculpe, é que eu fiquei com ciúme, só isso. É normal, não é? Se eu te amo, eu tenho que sentir ciúmes, seria estranho se eu não sentisse.

- Tudo bem, eu desculpo, mas não faça mais essas coisas, certo? - perguntei e ele assentiu. - Agora tenho que ir para a minha aula de dança - depois de dar um selinho nele, fui para o vestiário trocar de roupa, porque simplesmente não daria para dançar com a roupa que estava usando.

No vestiário, ouvi Jéssica e Tanya falando sobre Edward com as outras meninas, minha cunhada mentiu descaradamente falando sobre como Edward ficou secando os peitos dela o dia todo. Preferi não entrar no papo, e troquei de roupa, enquanto Alice e Rose falavam sobre saírmos no final de semana para o shopping. Concordei de ir com elas. Vi que Jane também estava nessa aula, mas ela não falava com ninguém, pensei em ir puxar assunto com ela, mas preferi não parecer forçada. (look da Bella: polyv . re/12O4zlH)

Fomos para a sala de dança, que tinha enormes espelhos e eu amava dançar aqui. Se pudesse teria aula de dança todo o semestre. A professora, Heidi, já estava por lá quando entramos. Ela nos cumprimentou e mandou nos aquecermos.

- Eu sei que a maioria de vocês já fez aula de dança fora da escola e que também são líderes de torcida, então não preciso ensinar passos básicos. Alguma de vocês é aluna nova? - Jane e mais três levantaram as mãos. - Podem se apresentar, por favor? Comece por você, me diga seu nome e sobrenome, de onde veio e se já fez aulas de dança - ela apontou para Jane.

- Sou Jane Volturi, eu morava em New York e sim, já fiz aulas de dança - sorri para ela, que retribuiu o gesto.

- Sou Zafrina Heggins, eu vim de Boston e também fiz aulas. - Zafrina era um pouco alta, tinha a pele morena e os cabelos pretos.

- Eu sou Chelsea Smith, morava em New Jersey e fiz aulas de dança por alguns anos - Chelsea era loira, um pouco mais alta do que eu.

- Meu nome é Maria Morgan, eu morava no Brasil e nunca fiz aulas de dança, porém sempre gostei de dançar, e o fazia com muita frequência - Maria era da minha altura, tinha a pele bronzeada e cabelos longos e pretos.

- Sejam bem vindas, meninas. Nossas aulas não vão ser chatas, eu espero que não. Eu gosto de me divertir com minhas alunas. Raramente algum garoto participa das aulas, mas esse ano em uma das minhas turmas, tenho dois. Um deles deve ser seu irmão Jane, eu acho. Alec, certo?

- Sim, é meu irmão - ela respondeu, parecendo cada vez menos tímida. Eu tinha gostado dela.

- Então, meninas, vou começar com uma música que eu gosto e sei que vocês devem conhecer. Pelo menos Alice, Bella e Rosalie conhecem, já que eu vi um vídeo de vocês dançando - sorri já sabendo de que música ela falava. - Quem souber a música me acompanha na coreografia e depois eu vou repassar os passos para quem não sabe.

Ela ligou o som, e os toques de 'I Am The Best' do 2NE1 começou a tocar. Além de mim, Alice e Rosalie, Jéssica, Tanya e Irina dançaram, e para minha surpresa, ou não, Jane também. Quando a música terminou, Heidi repassou os passos e todas as meninas tinham facilidade de aprender a dançar, assim que no final da aula todas já dançavam bem.

Com o final da aula, tomei uma ducha no vestiário para tirar o suor que estava na minha pele. Coloquei a roupa que tinha ido para a escola e esperei, Alice e Rose saírem. Iríamos sentar juntas para ver as fichas de algumas pessoas que se inscreveram para ajudar no baile. Era nosso horário livre, e depois teríamos os testes das líderes de torcida.

Fomos para a biblioteca, pegando a chave de uma das cabines de lá. Sentamos com nossos iPad já conectados na internet da escola, que era ótima. Analisamos algumas pessoas, e separamos as que sabíamos que eram responsáveis. Apesar de Tanya ser uma vadia ela sempre ajudou nos bailes e era um bom par de mãos. No fim da semana iríamos ver se mais alguém tinha se inscrito e na segunda lançar os nomes e marcar horários para reuniões.

- Então - Alice começou colocando o iPad de lado. - O Edward é realmente legal, não é? Vocês pareciam estar se dando super bem na aula de Inglês.

- Não, podem ir parando antes de começar - avisei as duas. - Riley já está um porre com tudo isso. O Edward é legal, mas é apenas um amigo em potencial. Ponto. O garoto já está sendo assediado por metade das garotas na escola, ele não precisa de insinuações sobre nós, ainda mais que eu tenho namorado. Sério, não façam isso.

- Argh tudo bem, sua chata - Alice resmungou. - Mas eu preferiria você com ele do que com o Riley - estreitei os olhos para ela. - Ai tá, eu parei.

Saímos da biblioteca e ainda faltava meia-hora para terminar as aulas, então pegamos o carro da Rose e fomos em uma confeitaria não muito longe dali, para comprar cupcakes. Voltamos com deliciosos cupcakes em mãos, e sentamos perto do ginásio, nos deliciando com os bolinhos.

Quando a aula terminou, Jasper e Emmett nos ajudaram a arrumar o ginásio, colocando uma mesa para nós e para Jéssica, Tanya e Irina. A lista de garotas era enorme, e sabia que passaria boa parte da tarde por lá, mandei mensagem para Riley e avisei para ele levar algo para comermos quando passasse das 4 e meia. Ele sabia que eu não tinha frescura para o que comer, então poderia me trazer algo gostoso e gorduroso, para o trio das descaradas, ele iria comprar saladas. Já Alice e Rose pediram coisas para seus namorados.

Começamos a seleção, e muitas das meninas eram esforçadas, mas não boas o suficiente. Fiquei surpresa ao ver o nome de Jane, Zafrina e Chelsea na lista. Se elas se apresentassem tão bem quanto dançaram, já imaginava que elas eram boas. E eu estava certa, elas se apresentaram bem, e pelos comentários das outras meninas, elas estavam no topo da nossa lista.

Riley chegou na hora certa, carregando sacolas e entregou nossas comidas. Dei um beijo nele de agradecimento, e me deliciei com frango empanado e molho, com um copo médio de milkshake de morango. Ainda faltavam algumas meninas, e terminamos perto das 5 e meia. Eu estava cansada de ficar sentada, me estiquei quando levantei e me despedi das meninas. Elas me entregaram suas anotações e em casa eu iria ver quem passou.

Meu namorado me esperava do lado de fora, e sorri indo até ele que me surpreendeu com um bombom de uva. Delicioso. Ele me levou para casa, e passamos um tempo lá apenas jogados no sofá, assistindo filme e trocando carinhos. Ele tinha parado com o grude desde que falei com ele na hora do almoço, e eu preferia assim.

- Você vai ficar para jantar? Hannah está fazendo quichê de batata - perguntei me virando para olhá-lo.

- Não posso, meu pai está em casa e quer que jantemos todos juntos e você sabe como é - eu ri dando um beijo nele.

- Que pena, você ama o quichê que a Hannah faz.

- Sim - ele olhou a hora no celular e suspirou. - Tenho que ir, o jantar será servido às 8, não se atrase Riley - ele disse, fazendo a voz do pai dele, ou tentando.

Me despedi dele e fui na cozinha perguntar se a Hannah precisava de ajuda, ela agradeceu, mas disse que estava terminando. Falei que ela já podia ir pra casa, que eu ficava de olho no quichê no forno. Ela morava a uns 20 minutos daqui, era casada, mas não tinha filhos morando com ela, os dois já tinham mais de 25 anos e eram casados. Hannah agradeceu e peguei meu celular sentando no balcão para ver se tinha mensagens. Tinha uma do Edward, sorri ao abrir e ler.

não te vi na hora que fui embora. ~ E.

eu estava no ginásio. teste das líderes de torcida. ~ B.

oh sim... e foi tudo bem? ~ E.

sim! agora é só escolher as meninas. minha semana está movimentada x.x ~ B.

vc é uma garota ocupada. ~ E.

com ctz. ainda tenho q resolver sobre a equipe do baile. por falar nisso, vc vai ao baile? sei q só está na escola a 2 dias, mas não precisa ter um par, só ir e se divertir. ~ B.

eu não sei se vou, mas fui convidado por duas garotas. ~ E.

Senti um puxão estranho no coração quando ele disse isso. É claro que alguém já deve ter convidado ele, seria muito bobo da minha parte imaginar que ele iria sozinho a um baile na escola.

quem? ~ B.

Tanya e Jéssica. apesar de que vi Jéssica falando com outra menina sobre ir com Mike, seu primo. então não sei se é sério. ~ E.

Jéssica sonha em ficar com o Mike, mas ele não dá corda p/ ela. mas vc pensou em aceitar algum? ~ B.

não. sem qrer ofender suas amigas, Bella, mas nenhuma das duas faz o meu tipo. ~ E.

sério? pensei que Tanya era do tipo universal, já que praticamente qse todos os garotos da escola já ficaram com ela. haha. ~ B.

eu ja imaginava xP e é exatamente por isso q ela não faz o meu tipo. ~ E.

Me peguei digitando qual era o tipo dele, mas apaguei. Eu tinha namorado e não deveria perguntar coisas como essa. Então preferi ir por outro caminho.

então convide alguma garota q tenha lhe chamado atenção. ~ B.

não posso. ~ E.

pq? ~ B.

ela não está disponível. ~ E.

Meu rosto corou ao ler isso. Ele poderia estar falando de mim? Tudo bem, era prepotente da minha parte pensar isso, mas uma parte de mim quis que fosse, o que era bem errado. Assim evitei perguntar quem era a garota.

hmm.. q pena. então vai, mesmo q não tenha ninguém. ~ B.

sim, é uma pena... vou pensar no seu caso ;) tenho q ir, amanhã nos falamos. ~ E.

até amanhã. boa noite! ~ B.

boa noite, Bella. ~ E.

Fiquei ali alguns minutos sorrindo como uma boba e suspirando pro vento. Até Mike aparecer e notar como eu estava.

- Hum, você está toda alegrinha, o que foi? - ele perguntou, indo até a geladeira e pegando uma lata de Dr. Pepper.

- Nada, estava apenas pensando em algumas coisas. Já que você está aqui, vou pedir, por favor, não fique implicando com Riley falando sobre o Edward. O garoto acabou de chegar na cidade, não quero Riley caçando confusão com isso, sério.

- Tudo bem, mas gosto de tirar a paz do seu namoradinho. E esse Edward seria um namorado bem melhor do que Riley, ele parece ser um cara bem legal e não fica se gabando por nada que tem.

- Sério, o que deu em todo mundo hein? Será que ninguém respeita mais o meu namoro?

- Só queremos o melhor para você, primiminha, mas vou ficar quieto - ele sentou ao meu lado e olhei no relógio. Faltava 5 minutos para tirar o quichê do forno. - Queria te perguntar uma coisa.

- O que?

- Bem, eu vi uma garota hoje na escola, ela é nova. Mas não sei se você a conheceu.

- Que garota? - virei para ele um pouco surpresa. Sei que Mike gostava de se divertir por aí, mas ele nunca me perguntou sobre uma garota.

- Uma loira, mais ou menos da sua altura.

- Loira tem a Jane e a Chelsea. Como que estava o cabelo dela, liso ou cacheado?

- Liso, e bem longo, até a metade das costas - ele disse, com um brilho no olhar. Arqueei a sobrancelha para ele, sorrindo.

- É a Jane. Ela está na minha aula de biologia, de dança e possivelmente estará na equipe de líderes de torcida.

- Oh. Teria como você me apresentar a ela, ou levá-la para almoçar com a gente? - sorri para ele, e assenti.

- Claro, mas se eu levar ela para almoçar, certifique-se de sentar bem longe da Jéssica ou ela vai assustar a Jane. Você sabe como ela é, e com certeza não vai segurar a língua. Ou se quiser, posso apresentar vocês antes do almoço e vocês sentam sozinhos. Ela é legal, quer dizer, pelo pouco que vi e falei com ela.

- Obrigado, Bella - ele sorriu e eu o cutuquei.

- Fico feliz por você se interessar por uma garota que não seja para diversão. E eu espero que não seja, Jane vai sempre estar por aqui e não quero clima ruim.

- Não esquenta, prima. Jane me pareceu diferente, não sei se explicar, mas gostei da garota só de olhar para ela. Muito clichê da minha parte - eu ri, levantando para tirar o quichê do forno.

- Eu não acho. É sinal que ela realmente te chamou atenção.

- Isso com certeza.

- Quer jantar aqui, ou quer ir para a sala de jantar? - perguntei colocando o quichê em cima do balcão.

- Aqui mesmo, eu pego os pratos e talheres.

Sentamos para comer o melhor quichê de batata que existia, e depois comemos torta alemã que Mike tinha comprado para nós. Quando terminamos, colocamos tudo no lava-louças e eu fui para o quarto, pois estava bem cansada do dia. Dormi feliz sabendo que amanhã teria outra aula com Edward e também por meu primo finalmente demonstrar interesse real em alguma garota.


N/B: Ai, ai... o Edward mal chegou e o Riley já está todo afetado. Sabia que ele ia ficar louco de ciúmes por causa da foto, mas a parte do refeitório foi o cúmulo! Até eu fiquei irritada pela Bella. Não vejo a hora desse chato sair de cena. Sou muito team Mike. Ele diva legal! Hahahahahaha. Awn os lindos começaram a trocar mensagens. Adoro rsrs Deixem reviews falando o que acharam do capítulo! Beijo, beijos, Friida.


Riley já ficou todo perturbado, ele sentiu a concorrência! A Bella não é do tipo que curte isso de pra mostrar ela é minha ou isso é só com o Riley? HAHAHA Mike é demais aqui, ele realmente sabe como tirar o pior do Riley... E quem gostou das mensagens entre eles? xD

Obrigada pelas reviews, nem acredito que tanta gente comentou, levando em consideração que a fic estava parada.

No capítulo passado eu esqueci de avisar sobre Preview. Quem quiser preview (e não tiver conta) deixe seu e-mail substituindo os simbolos por nomes, da seguinte forma: daddys(underline)fanfic(arroba)blablabla(ponto)com

Comentem! Volto em breve

Beijos

xx