Words with Friends


Título Traduzido: Palavras com Amigos

Autora: Nolebucgrl

Tradutoras: Irene, Ju M., Carol Capelari, Naiana e Monica

Beta: Ju Martinhão

Sinopse: Bella Swan tem uma paixão significativa pelo grande astro, Edward Cullen. Eles têm uma obsessão pelo mesmo jogo. Eles podem se conectar através de "Palavras com Amigos" e se tornarem mais do que isso? O tempo dirá! Classificação M para os possíveis lemons e linguagem.


Disclaimer: Essa história pertence à Nolebucgrl, que me autorizou a traduzir, e os personagens pertencem a Stephenie Meyer.

This story belong to Nolebucgrl, who allowed me to translate, and the characters belongs to Stephenie Meyer.


Capítulo 1 – Fama

"Apresse-se! Está quase na hora!" Minha melhor amiga e companheira de quarto, Alice, gritou da sala de estar. Olhei para o relógio e saltei para fora da minha cama e corri para a sala. Alice e Rose já estavam enroladas no sofá, então eu afundei na cadeira reclinável e sentei-me para a frente ansiosamente.

"Logo após o comercial." Rose me disse. Alice, vestindo seu pijama rosa favorito da Victoria's Secret, estava praticamente vibrando com empolgação. Rose tentou parecer entediada, mas eu a vi batendo os dedos em seu joelho.

O ridículo comercial de fraldas acabou e todas nós nos sentamos para a frente quando David Letterman anunciou, "O primeiro convidado desta noite é o grande astro de cinema da Trilogia Steele e ele está aqui hoje à noite para falar sobre o seu novo filme, Coração Selvagem. Senhoras e senhores, Edward Cullen!" A multidão aplaudiu e lá estava ele, parecendo devastadoramente lindo em um jeans preto e camisa verde escura que realçava seus olhos. Seu cabelo estava em seu estado selvagem normal, parecendo como se ele tivesse acabado de transar na sala verde, o que não estava fora do reino da possibilidade, já que ele era a estrela mais quente de Hollywood no momento.

Ele sorriu aquele sorriso torto registrado que era uma espécie de meio sorriso, o tipo de sorriso que um cara dava a você quando ele sabia que você queria estar de pernas abertas e nua embaixo dele o mais rápido possível. Meu coração batia forte em meu peito pela simples visão dele. Ele era lindo demais para ser real.

"Bella se foi." Rose anunciou, estalando seus dedos na frente dos meus olhos. Eu golpeei a mão dela impacientemente e concentrei no homem glorioso diante de mim. Ele tinha apenas 25 anos, mas já atuou em cinco filmes de grande sucesso; os três filmes de ação Steele, e duas comédias românticas. Coração Selvagem foi o seu primeiro drama romântico e eu não podia esperar para vê-lo mostrando suas costeletas na atuação. Havia um grande burburinho em torno deste filme, tanto por causa da atuação dele e porque ele tinha se envolvido romanticamente com a sua co-estrela, Irina Ivanov, uma importação russa com cabelo preto alisado, olhos azuis gelo e maçãs do rosto que poderiam cortar vidro. Eles eram um casal deslumbrante, mas tinham terminado abruptamente logo após o filme sair. Graças a Deus, ela parecia uma cadela total e o rumor foi que ela o traiu. Como alguém poderia ser estúpida o suficiente para trair Edward Cullen estava além de mim. Eu nunca olharia para outro homem novamente se ele fosse meu.

"Neste filme, você faz um peão de rodeio que fica gravemente ferido e tem de se submeter à terapia, correto?" Dave perguntou.

Edward acenou com a cabeça. "Matt Walker é um famoso peão de rodeio e ele não acha que tem alguma coisa pelo que viver quando sofre uma paralisia após um arremesso ruim do seu cavalo durante uma competição. Sua enfermeira, Sarah Millings, luta com ele e luta por ele e eles se apaixonam ao longo do caminho. Foi um papel muito desafiador, canalizando essa impotência".

"E sua ex-namorada, Irina Ivanov, interpreta Sarah?"

Edward fez uma pausa para tomar um gole da sua água. Pareceria para a maioria das pessoas que ele estava apenas tomando sua bebida, mas eu poderia dizer que ele estava irritado. Havia um clarão de raiva naqueles olhos verdes que era difícil de ver a menos que você estivesse procurando por ele.

"Sim, ela faz um bom trabalho nesse papel. Era requerido ser durona, mas também simpática, e ter que se equilibrar na linha entre mimá-lo e desafiá-lo. Irina foi muito boa".

"É difícil ver vocês dois juntos na tela grande?"

Edward balançou a cabeça. "É como qualquer outro papel. Você lembra do personagem, mas você não é mais ele. Estou me preparando para filmar o próximo filme Steele, então eu já estou novamente encarnando Steven Steele".

"E nós não podemos esperar por isso." Letterman virou-se para o público. "Nós já voltamos com Edward Cullen depois dos comerciais".

"Babaca." Eu murmurei quando os comerciais apareceram.

"Edward? Eu achei que ele foi muito bem!" Alice o defendeu calorosamente. Sua paixão por ele era quase tão forte quanto a minha, embora eu não achasse que ela pensasse nele de forma tão embaraçosa como eu frequentemente pensava.

"Não Edward! Ele foi perfeito, como sempre. Letterman. Perguntando a ele sobre Irina assim".

"Puta." Rose entoou ao mesmo tempo em que Alice disse, "Boceta".

"Exatamente. É uma merda que ele tenha de ser questionado sobre ela o tempo todo. Eles já terminaram há seis meses." Deixava-me com raiva por ele, o que eu sabia que era estúpido, mas me fazia sentir bem defendê-lo. Pelo menos alguém o fazia. Sua ex estava sendo vista nas capas de revistas com um cara diferente a cada semana, enquanto Edward era mostrado sozinho ou com amigos. Ele não estava namorando, ou, se ele estava, estava sendo muito discreto. Eu esperava que ele não estivesse namorando. Quero dizer, eu queria que ele fosse feliz, mas eu gostava de fingir que ele era solteiro e que eu tinha uma chance, tão minúscula como poderia ser.

O intervalo comercial terminou e Edward disse a Dave sobre uma recente viagem para Chicago. "Eu deixei cair meu celular no lago Michigan quando uma onda derrubou o barco em que eu estava. Graças a Deus existe uma Apple Store ao virar a esquina da casa dos meus pais".

"Ahh, então você é um usuário do iPhone, hein?"

Edward sorriu. "Isso realmente não importa para mim, mas eu sou muito viciado no aplicativo 'Palavras com Amigos'. Eu não consigo passar um dia sem jogar." Sentei-me um pouco mais ereta e olhei para Alice e Rose. Alice foi rápida, correndo para o seu quarto e pegando seu iPhone antes de voltar para o sofá.

"Eu vou jogar Palavras com Amigos com Edward Cullen!" Ela anunciou. Na TV, um trecho do filme de Edward estava passando. Ele estava discutindo com Irina sobre a terapia, parecendo massivamente quente, mesmo em um vestido feio de hospital.

"Você não sabe o apelido dele no jogo." Alice estava teclando no telefone e ignorando Rose.

"StevenSteele funciona! Acabei de enviar um pedido!" Alice abraçou seu telefone contra o seu peito e olhou com os olhos estrelados.

"Você realmente acha que ele usaria o nome do seu personagem em seu telefone?" Eu perguntei, olhando para ela incredulamente.

"Bem, o que mais ele usaria?" Alice perguntou, desligando a TV agora que a parte de Edward no programa tinha acabado.

Eu abri minha boca para dizer a ela exatamente o que ele usaria, mas depois a fechei. Por que dar a pista para ela? Por que eu mesma não tentaria brincar com ele? Hmmm, jogar com Edward Cullen, essa era a ideia. Dei de ombros, em vez disso.

"Espere e verá! Ele vai responder!" Alice anunciou, levantando-se para caminhar de volta para o seu quarto.

Rose bufou. "Claro, pequena. Edward Cullen selecionará aleatoriamente você entre as toneladas de pessoas que acabaram de pedir para jogar com ele".

"Nunca se sabe!" Ela cantou enquanto dançava de volta para o seu quarto. Eu desdobrei-me da cadeira, disse boa noite para Rose e voltei para o meu próprio quarto. Eu tinha uma aula de literatura às oito da manhã e era hora de dormir um pouco.

Subi na cama e estendi a mão para apagar meu abajur. Meu próprio iPhone estava na mesa de cabeceira, carregando. Eu o peguei e liguei, abrindo o aplicativo Palavras com Amigos. BlueBel22 tinha cinco jogos abertos, mas eu os ignorei e cliquei no símbolo verde no canto da tela. Puxei Nome de Usuário e digitei Esqueleto. Edward tinha falado em várias entrevistas sobre o seu amor pelo desenho animado do He-Man quando era criança e como aquele cara ruim, Esqueleto, o divertia. Tinha apenas uma boa chance de ser ele como qualquer outra, certo? Bem, talvez eu precisasse de algo mais. Seu número favorito era 17; ele disse isso em sua primeira entrevista à Entertainment Weekly.

Esqueleto17 voltou como um nome ativo e eu comecei um novo jogo. Eu ri quando vi as minhas cartas. PENA? Eu não jogaria a palavra pena contra Edward Cullen. Juba? Eh. Fama... essa era boa. Havia um significado lá, como eu queria muito saber o nome dele, se Esqueleto17 fosse Edward Cullen. Eu joguei isso pelos meus míseros 8 pontos e fechei o aplicativo antes de desligar meu telefone.

Eu tinha que ir para a cama para que eu não fosse um zumbi na aula amanhã. Talvez eu acordasse com uma resposta de Edward. Uma garota pode sonhar.


Nota da Irene: Surpresa! Que quinta feira mais linda! Esse post está sendo feito em homenagem a nossa parceira maravilhosa, Lary Reeden. Que tem nos ajudado muito e que está fazendo aniversário hoje. Você é demais lindona!

Espero que gostem de nossas novas fics (sim, serão 2, essa POV Bella e a POV Ed que não seguirá a mesma sequencia de postagem, será bônus) Então sim, essa fic está me enlouquecendo, várias leitoras me indicaram e eu a li quase toda. As duas estão finalizadas. O POV Ed será postado separado com o nome "Words with strangers" (Palavras com Estranhos). Mas a autora fez os capítulos dele resumindo vários capítulos dos da Bella, então só começaremos o POV Ed depois do terceiro capítulo da Bella. Parece confuso, mas é simples.

Outra coisa: Para diferenciar os textos de Bella e do Esqueleto17, colocaremos os dele em Negrito e Itálico e os dela em 'Itálico'. Certo?

Curtam e nos deixem recadinhos fofinhos. Adoramos todos! Beijos