Sinopse

Hope Vega é uma moça do distrito 3 que foi aos Jogos Vorazes com um objetivo: vingar a sua irmã. Seu alvo é Kent Wayne, vitorioso e mentor do seu distrito. Mas conviver com esse charmoso mentor pode trazer vários problemas para ela, que se acaba envolvendo numa trama perigosa e cheia de sensualidade.

Notas da história

Essa história se passa no Universo da série Jogos Vorazes (antes dos acontecimentos dos livros). Quase todos os personagens são minhas criações, mas a maioria dos lugares e a dinâmica dos Jogos não. Não pretendo colocar Spoilers dos livros ou do filme. Mas criei essa história para pessoas que conhecem esse universo, assim, como aviso aos leitores, é interessante ter lido pelo menos um dos livros ou ter assistido o filme. Isso não é extremamente necessário, mas não pretendo colocar explicações muito didáticas ou descrições mais detalhadas sobre aspectos da história que foi mostrado na série Jogos Vorazes.

Farei citações de poemas e músicas que não são meus, e colocarei quem são os seus autores.

(Cap. 1) Este é o Prólogo

Notas do capítulo

Essa é a minha segunda estória no universos de Jogos Vorazes, a minha primeira foi : . /historia/217861/O_Filho_Do_Vitorioso_Jogos_Vorazes, que já está foi concluída. Ambas as histórias se passam em uma edição anterior aos jogos dos livros. Mas essa estória é bem diferente, além de situações e personagens diversos, ela terá um teor mais erótico não sendo recomendada para menores de 18 anos. Espero que gostem, e comentem.

Este é o Prólogo

"...

Ver passar os espectros

de vidas que se apagam,

ver o homem despido

em Pégaso sem asas.

Ver a vida e a morte,

a síntese do mundo,

que em espaços profundos

se miram e se abraçam.

..."

Federico Lorca

Eu sou Hope Vega. Estou na frente da porta do quarto que ele ocupa. Seguro a faca firme em minha mão. È um momento decisivo. Em breve farei o que queria quando vim aos jogos. Em breve! Muito breve!Conseguirei atingir o objetivo que me guiou nos últimos anos. Lembro de Mercy, minha irmã, minha melhor amiga. Seus abraços, seu carinho, sua cumplicidade. Ele irá pagar ... por ela.

Kent Wayne, meu mentor nos jogos vorazes, um vitorioso do distrito 3. Ele não perde por esperar. Eu irei me vingar por Mercy. Eu planejo essa vingança há anos. Tem sido o meu único objetivo de vida, tem sido a minha vida! Sinto a raiva em meu corpo. Um ódio me domina, uma expectativa, uma excitação. Estou muito perto dele. Perto de Kent Wayne. O momento que tanto imaginei havia chegado.

Giro a maçaneta da porta, e entro no quarto com cuidado. Vejo-o sentado em uma cadeira. Ele está curvado para baixo, ajeita algo nos seus pés. Não vejo o seu rosto, mas sei que é ele. O cabelo negro, os fios não são lisos, nem encaracolados, não são compridos nem curtos demais, é um pouco maior do que o tamanho normal, mas nada em exagero. Eu podia matá-lo daquele jeito, mas não atiro a minha faca. Quero que ele morra me olhando, quero que ele saiba de onde veio a faca e quem o matou.

Ele movimenta o corpo para cima e vejo o seu rosto. Enxergo os seus olhos verdes esmeralda, sua característica registrada, sua marca de sensualidade. Sim, ele é muito sensual, sua pele branca, sua barba a fazer,sua roupa negra, e seu jeito sério e misterioso. Tudo isso trouxera um status, uma fama de sensualidade, fofocas e pude constatar que eram verdadeiras, a sua presença realmente era forte. Ele era bonito, mas não extremamente belo, seu rosto possuía alguns traços grosseiros. Mas em compensação ele esbanjava charme.

Ele olhava em meus olhos, deveria estar surpreso pela minha presença. Mas não foi isso que notei em seu rosto. Ele tinha uma expressão calma e objetiva como se me esperasse. Não adiantava se portar daquele jeito. Eu teria a minha vingança. Minha vingança! Levantei a faca e a joguei nele.

Notas finais do capítulo

Então o que acharam? Esse prólogo não é o inicio então nos próximos capítulos, pretendo narrar acontecimentos anteriores a esse. Espero que tenham gostado.