Chegando ao meu andar, mal olho para os mentores e vou direto para o meu quarto, tomar um bem merecido banho. Bem, não foi exatamente o que eu queria, apertei um botão errado e a água ficou gelada,me deixando mais tensa do que antes.

Quando saí, vesti um vestido qualquer e jantei rápido,sem falar logo,pela exaustão e tive sonhos horríveis, onde eu perdia todos com que eu me importava —minha mãe, Bem, Jeany, os gêmeos ,Coline e Zoran, o Sr. Bertoline e até Caius e Meridan estavam sendo atacados por bestantes e eu não podia ajuda-los.

Acordei com tudo calmo e escuro, parecia ainda ser noite, mas estava com medo de voltar a dormir pra ser sincera, então fui rever minhas anotações sobre as plantas medicinais e resolvi fazer uma lista do que eu queria fazer no próximo dia:

.Escalada (realmente preciso melhorar)

...Camuflagem

.Treinar mais um pouco com lanças (investir nessa habilidade há sempre lanças na arena e não é tão difícil fazer uma).

.Plantas comestíveis

.Propor uma aliança para Marissa e Declan

.EVITAR CONFUSÃO COM OS CARREIRISTAS

Lista pronta, eu fiquei pensando na minha mãe. Meus pensamentos sempre acabam voltando pra tudo agora parece distante e impossível de conseguir de minha mãe apesar de forte,vai sofrer muito quando eu disse quando eu morrer.Não significa que eu desisti de tentar,apenas que eu reconheço que minha capacidade de ficar viva á muito quando eu vi aqueles carreiristas treinando,como eles nunca erram o alvo,como parecem saudáveis e bonitos,e como sabem intimidar fez parte de mim querer desistir e chorar,e fugir .Mas outra parte gritou : Vá lá e se esforce mais ! Corra mais, lute mais, aprenda mais!Vença! Volte pra casa!

Tenho que ouvir a segunda voz, embora a primeira grite mais alto.

Meu coração bate tão rápido e tão cheio de dor que não consigo evitar derramar algumas lágrimas. Estou com com saudades de casa,por pior que as cosias em Panem sejam.E Caius está me ignorando de novo. No jantar ele só se dirigiu a mim pra pedir que eu passasse a pimenta pra ele. E por que diabos eu me importo com que ele faz ou deixa de fazer?

Preciso falar com algué maioria dos casos eu chamaria Jeany , ela daria o conselho perfeito e trançaria meu cabelo com suas mãos macias e eu me sentiria aqui ? Não tenho ninguém.

— Eu vou acabar ficando louca antes da arena!—falei e me surpreendi como minha voz soou tremula.

—Preciso sair daqui!—Falei empurrando meus cobertores e me jogando na direção do corredor

Quando chego à sala encontro Hadassa sentada anotando sabe-se lá o que num bloco de papel colorido.

Não consigo evitar um suspiro e digo

—Até o papel daqui é exageradamente colorido!—minha voz soou exausta.

Hass não desviou o olhar do bloco,mas respondeu ainda de cabeça baixa:

—Deixe-me adivinhar o que pesadelos com a arena,acordou e de repente o quarto pareceu muito abafado,e você sentiu como se fosse enlouquecer.

—Eu achei que a minha porta estava fechada

—É mais comum do que você pensa—diz ela dando de ombros

—É por isso que esta escrevendo ás duas da madrugada?

—Estou rabiscando algumas coisas para a entrevista de que muito vai depender de quanto ele tirar em sua seção particular.E você Pátara? Já tem ideia do que pode fazer?

—Mais ou menos —respondo meio Aiko é meu mentor,e ela está ajudando Caius.—Ainda tem coisas que quero aprender daqui até lá.

—Aposto que Aiko está planejando algo grande pra você.

Eu não entendi o que ela quis dizer com grande pra mim? Quando?Na entrevista? Na arena? Resolvi apenas confiar no meu mentor lindo e louco.

—Você sabe, ele também foi meu mentor.—eu não sabia mais assenti com a cabeça—Aquele cara é louco,mas sabe arrumar irá gostar de você.

—Tranquilizador —murmurei

Ela sorriu e finalmente olhou pra mim.

—Vá dormir garota Banks e aproveite o treinamento.

Virei-me e voltei pro meu quarto sem vontade a temperatura do quarto apertando alguns botões e coloquei um cobertor grosso no chão , como fazemos em casa em dias de calor ou quando acampamos no telhado do celeiro ,coloquei apenas um travesseiro para minha cabeça e abracei outro. Foi assim que adormeci e acordei no outro dia com os gritos de Núria para me preparei para mais um dia "cheio de aventuras".

Os dias assim passaram, eu treinando com minha nova companheira de aliança Marissa , já que Declan não aceitou nosso convite, embora nós tenhamos insistido . Também propus uma aliança para a garota do oito ,que descobri que se chama Pandora,mas nossa conversa foi mais ou menos assim:

—Eu reparei que você é muito boa com dardos .Nossa equipe não é de toda ruim, quer se juntar á nós? Suas habilidades seriam muito bem vindas.

Ela Parou de atirar facas,se virou,me encarou e perguntou:

—E o que eu ganho com isso?

Não soube o que responder então apensas disse

—Pode ao menos pensar a respeito?

—Vou pensar quando você me convencer que entrar nessa aliança não é perda de tempo.

E simplesmente se virou e acertou o alvo na cabeç a sensação que eu realmente não tinha muito a oferecer então voltei a treinar escalada.

Quando o dia da sessão particular com os gamemakers chegou eu estava confiante do meu plano.