Prólogo

Comentários da Autora: Foi super fácil escrever esse prólogo... mas eu não tinha idéia de que se tornaria o prólogo dessa fic.. Bom, espero que gostem... ela se passa no capítulo que o Eriol vai embora.. bem na hora em que a Tomoyo olha pra carteira que ele antes ocupava...

Ele não iria mais voltar. Aquilo mexeu demais com ela... Sentiu que as lágrimas queriam cair, mas se controlou. Não... ela sabia que ele teria que voltar... devia haver algo que pudesse trazê-lo de volta. Mas por que pensava daquela forma? Por que doía tanto? Ah não! Não podia ser... Ou podia? Começara a amá-lo e não havia se dado conta. De acordo com a situação... Era óbvio... Ela o amava com todo seu ser. E sempre pensava que havia de amar outra pessoa, mas e agora... o que fazer? Não poderia evitar sua partida. Então teria de sofrer calada... Vendo todos os seus amigos sendo felizes e ela absolutamente só... apenas esperando que ele voltasse... Mas isso seria ridículo! "Mesmo que ele volte não vai ser por sua causa", ela pensou por fim. Olhou mais uma vez para aquela carteira vazia atras da sua própria... e jurou que nunca ninguém tomaria aquele lugar.... Ela, Daidouji Tomoyo, esperaria por ele... mesmo que ele não voltasse. Mas eles eram iguais... Ela e Hiiragizawa Eriol. Eram iguais e isso já a fazia feliz. Ela seria feliz.... sabia disso... Enfim... sorriu....