Uma fanfic Naruto - Um projeto 2013

Classificação etária da fic: T

Não contém spoilers/ UA / 12 cpts

Shipper: Sasuke & Sakura

Gênero: Romance/Humor

Disclaimer: O Naruto não é meu.

Autora: fascinatrix femina

Tradutora: K. Hime.

Do original Mission Impossible?

Sinopse: O time 7 precisava proteger sua 'carga' a qualquer custo. Mas e se tal 'carga' não conseguisse tirar suas mãos de uma certa kunoichi de cabelos róseos? Paciência, paciência, Naruto... Sasuke. Tenham paciência, meninos!


Missão ... Impossível?


- Ela pode ficar com raiva de mim.

Tsunade podia ver a carranca se formando sob a máscara do jounin. - Eu não disse que você tem que fazer isso. - E larqueou uma sobrancelha. - eu só … - Ela entrelaçou as mãos na frente do rosto. - ... Sugeri.

Houve um momento de silêncio antes que a loira recomeçasse a falar novamente. - A escolha é sua. Afinal, ela é sua aluna. - E olhou para ele com seu olhar de sempre, oh tão arrogante.

Kakashi não poderia evitar, mas inclinar ligeiramente a cabeça para o lado em confusão. - Por que sugerir então? É uma missão realmente perigosa? Tenho certeza que minha Sakura-chan pode lidar com isso. Ela está ficando muito forte … - Ele fez uma pausa quando uma lembrança bastante engraçada de Sakura e Naruto veio à mente. O soco que a moça lançou em Naruto foi tão forte que ele quase jurou a si mesmo que o pescoço de Naruto permaneceria para sempre desfigurado. - Sem mencionar que ela é uma moça muito inteligente. Além disso, duvido que os meninos deixariam qualquer coisa ruim acontecer a ela.

Ele ficou bastante surpreso quando ouviu-a suspirar. - Esse é o ponto. E não ... não é com a missão que você deve se preocupar.

Ele piscou. - Não é com a missão?

- Sua equipe pode certamente lidar com essa missão. - Tsunade inclinou a cabeça para baixo para estudar as unhas bem aparadas antes de olhar para ele novamente. Seu rosto sério. - Eu apenas não estou tão certa se eles podem lidar com o cara que devem proteger.

Isso chamou a atenção de Kakashi. Agora que as coisas ficaram... interessantes. - O que há de errado com o cara?

Ele não esperava a reação dela, então ficou bastante surpreso quando viu a expressão da quinta hokage azedar. Ela olhou tão carrancuda como se ele tivesse dito algo extremamente grosseiro ou repugnante.

Momentos depois, Tsunade finalmente se acalmou, para alívio de Kakashi. Aquele olhar de antes tinha raiva o suficiente para matá-lo! Será que a carga que tinham de transportar era realmente tão terrivel assim?

- Ele é ... um idiota. Um idiota muito cretino ...- Tsunade respirou soltando um rosnado baixo. Kakashi podia sentir o veneno em sua voz. Ele curiosamente estreitou os olhos quando ela murmurou algo sobre muito dinheiro, mãos sujas e ... seios?

Kakashi não se atreveu a falar o que lhe veio à mente. Ele não era estúpido o suficiente para mexer com uma Tsunade irada. Então, esperou pacientemente que ela continuasse a falar novamente.

Tsunade separou os lábios como se quisesse dizer algo mais, mas, estranhamente, parou e fechou a boca. Alguns segundos depois, soltou um suspiro profundo. - Paciência.

Novamente, ele piscou. - O quê?

Ela se virou para encara-lo. - Paciência é a chave ... Honestamente, se apenas as outras equipes estivessem disponíveis, eu não teria atribuido esta missão à sua. - Resmungou mais para si do que para ele. - É por isso, - E fez uma pausa e olhou para ele diretamente nos olhos. - Eu vou dizer de novo, se você não quer nenhum problema, é melhor deixar Sakura fora desta missão.

A julgar pelo tom que usara, tão ameçador, sobre deixar Sakura de fora, kakashi parou para pensar. E pensar sobre o que a mulher queria dizer sobre tal e como Sakura ficaria furiosa de ser posta de lado nessa missão e...

- Uhh … - Kakashi sempre se sentia desconfortável sempre que a godaime o olhava dessa forma. Ele coçou a parte de trás da cabeça, a fim de aliviar o clima. - Posso pelo menos saber a verdadeira razão pela qual você quer que ela fique de fora? - Ele perguntou. Essa pessoa pode ser um ... idiota, mas certamente não poderia ser tão ruim assim ...

Heh.

Até parece...


- Está ficando tarde! Onde diabos foi o Kakashi-sensei?

Sakura, já irritada com as reclamações de Naruto, virou-se para encarar o loiro e fazê-lo calar a boca. - Naruto, você sabe como Kakashi-sensei é! Pare de lamentar-se agora! - Embora tivesse dito isso, ela também estava ficando muito irritada com o atraso constante de seu professor preguiçoso.

Bem, quem não ficaria? Aqui estavam eles, em pé no meio do campo com o sol quente abrasador sobre suas peles, tostando-os como batatas fritas! E já estavam assim pelas últimas três horas! Só Deus sabe que espécie assunto aquele sensei estava tratando e...

- Cara! Este calor está me deixando louco! Apenas ... onde diabos está o Kakashi-sensei!

Sakura suspirou. Naruto ignorou suas repreensões mais uma vez. E deve ser por causa do calor insuportável que seu cranio estava começado a derrter. Não adianta tentar fazer o Naruto se acalmar, não é? Ela pensou ao reprimir um pequeno sorriso quando Naruto tentou puxar as extremidades de seu cabelo loiro espetado em frustração.

- Dá um tempo, dobe.

Os olhos de Sakura imediatamente voltaram-se para a voz que o repreendera. Sasuke, com os braços cruzados, estava sentado convenientemente no topo de uma das pedras. Sakura não podia deixar de olhar para ele com admiração. Ele não parecia sequer incomodado pelo calor ou pelo atraso de seu sensei preguiçoso! Ele ainda mantinha aquela expressao fria e inexpressiva, como se não tivesse ligando pra nada ao redor.

A kunoichi de cabelo rosa corou ao vê-lo. Sasuke-kun é tão ...

- Cale-se, Sasuke! - O grito de Naruto parou a trilha de pensamentos de Sakura. - Pare de fingir que você é legal. - Cuspiu com raiva a última palavra. - Aposto que você está tão frustrado como eu!

O gênio Uchiha deu a Naruto um de seus olhares mais fuminantes. - Pelo menos eu não estou choramingando como um idiota como você.

Sakura deu de ombros e continuou a assistir seus dois companheiros de equipe tentando matar um ao outro. Ela suspirou. Aqui vamos nós outra vez. Outro surto de brigas inúteis de Naruto e Sasuke.

E era tudo culpa do seu sensei! Por que não podia apenas tentar não se atrasar ao menos uma vez?

- Eu não sou um idiota!

- Não, você é um dobe.

- Maldito seja, Sasuke-teme!

- Tsk. Tsk. Parece Tsunade-sama estava certa sobre vocês.

Todos se voltaram para um Kakashi sorridente, que, como sempre, apareceu do nada com o seu livro fiel (e pervertido) a tiracolo. Assim que chegou, fez um gesto com a mão para parar de Naruto e Sakura de gritar com ele com o habitual Você está atrasado!

Naruto bufou. - Como se os seus últimos atrasos não tivessem sido de propósito!

Kakashi ignorou e continuou com seu discurso. - Eu estava tentando ver se a minha equipe tem uma quantidade de paciência decente. A julgar pelo que vi mais cedo ...- Ele olhou para tanto Naruto e Sasuke. - ... Mas, novamente, vocês não são pacientes o bastante para começar.

Sakura viu a carranca de Sasuke crescer para seu professor. - A culpa é do dobe. - Ele apontou para Naruto. - Ele é muito barulhento.

- O quê? Por que você … - Naruto estava prestes a estrangular Sasuke com as próprias mãos quando Kakashi pegou sua camisa e puxou-o para longe.

- Sensei, por que você está testando nossa paciência? - Sakura finalmente perguntou enquanto observava Kakashi tentando conter Naruto. Ela ficou curiosa quando o professor soltou um suspiro profundo.

- Sakura ... Eu não posso deixar você ir nesta missão. - De repente, soltou de uma vez.

Naruto parou de se debater e ficou boquiaberto com Kakashi, surpreso. - Sakura-chan não está vindo por quê? - Perguntou quase desesperadamente. - Eu não quero ficar sozinho com aquele Teme!

Sakura ficou chocada. Centenas de razões possíveis passaram dentro de sua mente ... e uma razão em particular lhe chamou a atenção.

A missão era muito perigosa e ela não seria capaz de lidar com isso.

Em outras palavras ... Inner Sakura rosnou: Você é fraca, portanto, um fardo.

- Por que não posso ir? - Ela tentou não parecer desapontada e irritada. Ela tinha treinado tanto pelos últimos meses! E jurou com que, se seu sensei dissesse-lhe que era porque ela é fraca, ela provaria a ele que não é fraca aqui e agora!

- Não tenha a idéia errada, Sakura. - Kakashi balançou a cabeça. - A missão é muito ... uhh ..

- Perigosa? É isso? É essa a razão porque você não pode me deixar ir? - Ela não conseguia manter a raiva em sua voz. - Vou bater no Naruto se você quiser! - Ela olhou mortalmente para o garoto que começou esgueirar-se por trás das costas de Kakashi.

Naruto imediatamente protestou. - Hey, hey! O que eu fiz?

Kakashi riu bem-humorado. - Não, não. A missão é moleza. Vocês três só irão escoltar alguém.

- Espere. - Sasuke interrompeu. - Então, você não vem?

- Sim ... e não posso mais ir com vocês.- Kakashi coçou a parte de trás da cabeça. - Nós, Jounins temos missões para atender, sabe.. - Ele se virou para olhar para Sakura novamente. - Sakura, mesmo se você for mais paciente que esses dois, eu ainda não acho que seja uma boa idéia você vir. É para seu próprio bem.

- Mas por quê? - Sakura franziu o cenho. - Seja qual for o motivo, não pode ser sério o suficiente para deixar os dois sozinhos! Honestamente falando, eu não acho que eles vão cooperar um com o outro!

- Como diabos eu vou! De jeito nenhum eu vou ficar por aqui com aquele Teme metido! - Naruto franziu a testa e olhou para Sasuke, que continuou a ignorá-lo.

- Vamos lá, Kakashi-sensei! O que aconteceu com o trabalho em equipe? - Sakura insistiu dando um puxão no braço de Kakashi.

- Isso é diferente ...

- Eu vou, quer você goste ou não! - Sakura ainda persistia.

Kakashi olhou para a garota de cabelo rosa em sua frente. - Bem ... se você insiste. - Ele cedeu e deu de ombros. Como poderia dizer não ao olhar suplicante de Sakura? - Só não fique muito perto de sua carga, ok, Sakura? - Seu tom era sério. - Tsunade-sama vai me matar por isso … - Resmungou principalmente para si próprio, mas Sakura ouviu alto e claro.

- O que quer dizer para não chegar muito perto ...? - Ela perguntou, mas antes que seu sensei pudesse responder sua pergunta, a tal carga chegou e imediatamente o interrompeu.

Seus olhos se arregalaram em choque.

- Saudações a todos.

Sua voz era suave e inegavelmente sedutora. Sakura piscou para a visão daquele corpo bem definido e suas roupas caras. Ela se virou para olhar para o rosto masculino e suspirou. Ele possuia traços femininos ... e se não fosse por sua voz grave e a maneira como se portava, Sakura o teria confundido com uma menina. Seus longos cabelos castanhos bem amarrados num rabo balançava junto com a brisa suave. Sua entrada repentina criou uma cena bastante encantadora.

- Uhh ... então... - Kakashi quebrou a atmosfera estranha e ficou ao lado do jovem. - Este é ...

- Permita-me apresentar-me. - O cara cortou Kakashi de novo. Ele abriu um grande sorriso e revelou as linhas perfeitas de dentes brancos.

Sakura imediatamente se sentiu desconfortável. Por algum motivo estranho ... ela não gosta do jeito que aquele cara olhava para ela.

Antes que se desse conta do que estava acontecendo, sentiu alguém puxar-lhe a mão. Ela olhou para baixo e quase gritou em surpresa quando sentiu o jovem pressionar seus lábios na parte traseira de sua mão. - Meu nome é Henta, minha querida, posso saber qual é o ...

- Maldito! - Naruto golpeou-o na parte de trás da cabeça. Henta caiu de cara no chão e ficou imediatamente inconsciente.

Kakashi suspirou. Ele sabia que isso ia acontecer. Ele se virou para olhar para o menino de cabelos escuros e observou que seus punhos estavam fechados firmemente. Seu olho direito estava mexendo num movimento estranho.

Kakashi só poderia imaginar com uma carranca feia o que estava prestes a acontecer nessa nova missão. Ainda lhe parecia que deixar Sakura participar disso era uma péssima ideia.

E quanto a Sakura, ela estava pensando sobre a mesma coisa nesse momento.


N/T: Galera, curtiram?

A fic é um projeto de 2013. Ponham no alerta ;D