N/A : universo alternativo em que John nunca fez o acordo para salvar Dean e ele morreu e foi para o céu. Dedicado a Kika de Apus que me desafiou a escrever esse par.

Louder than sirens, louder than bells

Capítulo 1 – Céu

Dean já tinha passado por aquela memória varias vezes e ele sabia que a mulher lhe servindo torta e dizendo que o amava não era a sua mãe de verdade, isso não o incomoda mais tanto assim porque quando ela o abraça ele se sente protegido, amado. Tessa não havia especificado o que aconteceria depois que morresse mas ele já havia concluído que estava no céu.

Ele reconhece a próxima memória, essa ele também já tinha revivido varias vezes, é aquela em que seu irmão lhe da o amuleto que sempre carrega em volta de seu pescoço, aí ele vê a luz vindo em sua direção, por um momento ele espera que ela faça com que ele se sinta quente por dentro e confortável, é uma crença tão forte que ele demora segundos para reconhecer a sensação que aquela luz lhe causa como dor.

Fogo não apenas o encostanto mas o puxando e envolvendo, depois fumaça negra refazendo seus musculos, seu sangue, sua pele, o criando e doendo cada segundo.

Ele fecha os olhos por um segundo e acaba, ele nem tem tempo de se sentir aliviado porque sabia o que aquilo significava, ele não estava mais no céu, ele estava com frio, tinha pouquissimo ar a sua volta, ele estava dentro de um caixão, ele estava vivo, ele sabia disso porque doía.

Obrigada por ler, reviews são sempre apreciadas.