For the Summer

Título Traduzido: Pelo Verão

Autora: camoozle

Tradutoras: Irene Maceió, Ju Martinhão, Laysa Melo, Larissa Catanhede, Leili Pattz e Maiara Turatti

Beta: Ju Martinhão

Sinopse: Todos os anos, Bella espera pelos 'Cheques de Pagamento' se instalarem em sua tranquila cidade do rio, e todos os anos Edward é dela, apenas pelo verão. Todos humanos.


Disclaimer: Essa história pertence à camoozle, que nos autorizou a traduzir, e os personagens pertencem a Stephenie Meyer.

This story belong to camoozle, who allowed me to translate, and the characters belongs to Stephenie Meyer.


Prólogo

Tradução: Irene Maceió


~ Bella ~

Eu sento com as minhas costas pressionadas contra o peito dele. Com seus braços presos ao redor da minha cintura e seus dedos entrelaçados com os meus, eu inclino minha cabeça para trás na curva da sua clavícula. A doca de madeira em que estamos sentados está fria e uma brisa ligeira desliza pelo meu cabelo e escoa o seu caminho para as costuras do leve casaco branco que protege o meu corpo. Eu estremeço enquanto olho para cima para as manchas de cor acendendo o céu noturno, o barulho das explosões chacoalha a ponte abaixo de nós e enche o ar com o cheiro de pólvora queimada. A cor queimando reflete na água e o show abaixo é quase tão deslumbrante quanto as explosões e chuva de cores na larga escuridão acima de nós.

Eu solto minhas mãos para alcançar em minha bolsa e retiro minha câmera, ajustando a abertura para a vibração do céu afogueado, e aponto a lente para o horizonte, tentando captar o efeito dos fogos de artifício na superfície ondulante, o clique, clique, clique da câmera esbarrando em cada quadro.

"Olhe para isso, olhe para a água. Não é incrível? Veja como parece com vidro, a cor refletindo o movimento. Parece que está dançando." Eu digo, e ele respira no pedacinho de pele exposta entre o meu cachecol e meu suéter.

"Você sempre foi assim, sabe? Perceptiva, observadora, atenta. A maneira como você vê as coisas, coisas que eu não notaria nem em um milhão de anos, você as vê e as torna visíveis para os outros. Isso, minha querida, é o que eu acho que é incrível." Sua voz é baixa, tão suave e doce como chocolate líquido, e eu sorrio sozinha com a sua lembrança.

"Você não tem ideia de quantas vezes eu imaginei este exato momento." Ele sussurra em meu ouvido, o calor da sua respiração um alívio do frio gelado e isso faz arrepios dançarem em toda a minha pele. Eu giro meu pescoço para que eu possa ver seu rosto, a cor explodindo no céu fazendo seus olhos brilharem em tons de vermelho e verde e dourado.

"Oh, eu acho que tenho uma ideia." Eu respondo, sorrindo para ele e me movendo para chegar mais perto. Seus braços apertam em volta de mim e eu o sinto suspirar, o nevoeiro exalando da sua boca enquanto o calor da sua respiração mistura com o ar frio da noite. "Eu simplesmente não posso acreditar que nos levou 17 anos para chegar a este momento".

"Nada mais de 'talvez no próximo ano' para nós." Ele murmura suavemente. Seus lábios pressionam no meu templo e ele os deixa permanecer na minha pele, respirando e mantendo a nossa conexão, uma conexão forjada perto de duas décadas atrás em um tempo muito diferente e um lugar muito diferente.

Dezessete verões. Eu passei os últimos 17 anos da minha vida tentando encontrar um equilíbrio entre amá-lo e odiá-lo, pertencendo a ele e ressentindo-me dele por isso, esperando ansiosamente que ele chegasse e chorando porque eu sabia que ele teria que ir embora e, ainda assim, em seus braços, eu nunca me senti tão completa. Levamos 17 anos para perceber o que eu sabia no meu coração quando eu tinha 11 anos.

Ele sempre foi meu só pelo verão. Eu nunca me deixei acreditar que ele poderia ser meu para sempre.


Nota da Ju:

Bem, nova fic na área... e a boa notícia é que essa fic está TODA traduzida. É a melhor fic do mundo!

Só recentemente a autora permitiu a tradução, mas traduzimos, betamos e deixamos a fic toda prontinha pra postar, agora só depende de vc's!

O próximo capítulo será postado amanhã, então a meta é de 100 reviews para isso acontecer...

Mexam seus dedinhos!

Ju