Mulheres de Verdade Têm Curvas

Esta fanfic pertence a TrueFan20 e os personagens são de Stephenie Meyer. A nós só cabe a tradução para o português.

Capítulo 32 – Convidar

Tradução: Ingrid Andrade

BPOV

Edward e eu tínhamos tomado banho (separadamente) e nos vestimos após a segunda rodada. Eu estava sentada ao lado da cama ligando para o escritório principal para expressar a saída.

"Ok, obrigada," Eu digo enquanto coloco o telefone de volta no suporte.

"Quem era?" Edward pergunta enquanto ele sai de uma nuvem de vapor flutuando do banheiro. Ele tem uma toalha enrolada na cintura e esfrega outra pelo seu cabelo para secá-lo. Perco o controle da minha capacidade de falar, Deus, ele está bem. Isso me faz querer pular em cima dele de novo, mas se eu o fizer nunca vamos sair daqui e Charlie terá que arrebentar a porta para nos tirar daqui, e essa é uma experiência que eu definitivamente posso viver sem.

"Umm," Balanço o nevoeiro da minha cabeça. "Recepção. Apenas acabei de avisar a nossa saída."

"Oh, bom." Ele diz enquanto lança a toalha de cabelo para o lado. "Nesse caso, que tal eu me vestir e depois vamos para o café da manhã?"

"Soa bom," Aceno. "Você quer que eu mande uma mensagem para Alice e Rose e convide os outros?"

"Claro," Ele dá passos mais largos. "Soa ótimo." Ele deixa um beijo nos meus lábios e passeia de volta para o banheiro para se trocar em suas roupas. Sorrio sonhadora depois dele, me recompondo rapidamente e procurando meu telefone.

Vinte minutos depois estávamos parando no estacionamento do café local. Estou cantando no topo dos meus pulmões uma música no rádio. "Vamos percorrer todo o caminho esta noite! Sem regras, apenas amor! Nós podemos dançar, até morrer! Você e eu seremos jovens para sempre! Você! Me faz! Sentir como se estivesse vivendo um sonho adolescente, do jeito que me excita! Não posso dormir, vamos fugir e nunca mais olhar para trás, nunca mais olhar para trás! Meu coração para quando você olha para mim! Apenas um toque, agora eu acredito baby! Isto é real, então pegue a chance e nunca mais olhe para trás, nunca mais olhe para trás*"

*A música é Teenage Dream da Katy Perry. Link da música (retire os espaços): www. youtube watch? v=98WtmW –lfeE

Edward ri enquanto estaciona e vira a ignição. "Você canta melhor do que Katy Perry canta Katy Perry."

"Quantas vezes você disse Katy Perry? Porque acho que você quebrou um recorde." Eu provoco.

"Oh, silêncio," Ele me xinga. "Vamos pegar um pouco de comida, estou morrendo de fome!"

"Parece bom para mim." Abro a porta e saio. Chegamos na frente do carro ao mesmo tempo e rapidamente nos alcançamos para pegar a mão um do outro.

"Espio com meu pequeno olho que temos quatro amigos quietos com uma infinidade de perguntas." Eu digo ao lado de Edward. Ele me olha interrogativamente enquanto segura a porta aberta para mim.

Entro e ando em linha reta até onde eu tinha visto Jazz, Alice, Rose e Emmett sentados na cabine de canto da janela de ferradura. Quando estamos perto eles rompem em aplausos. Emmett solta um assobio de dois dedos e então começa a gritar "Attaboy*!" no topo de seus pulmões. Um rubor se espalha pelo meu rosto enquanto mordo meu lábio e fixo os olhos nos meus sapatos.

*Attaboy é uma palavra condensada da frase "Esse é o cara", que quer dizer que ele tem feito um bom trabalho em algo.

Edward agarra minha mão na sua, eu o olho e ele me dá um sorriso tranquilizador e uma piscadela e uma confiança súbita me enche. Levanto meu queixo e os encaro plenamente. Deslizo ao lado de Alice e Edward desliza ao meu lado.

"Ok, ok." Ele empurra as mãos em um movimento para cima e para baixo, que significa que o grupo se acalme. "Isso é o suficiente." Ele se inclina para trás e envolve o braço em volta do meu ombro.

"Então derrame," Rose se inclina sobre a mesa com interesse. Meus olhos ficam largos, ela seriamente acha que vou lhe dar detalhes com Edward, Emmett e Jasper sentados bem aqui?

"Não sobre isso, sobre a coisa da Tanya." Rose esclarece. Eu relaxo imediatamente e solto um suspiro que eu estive segurando.

"Bem," Começo. "Ela veio e estava toda nauseamente doce, então ela perguntou como estava indo minha noite. Eu sabia que era uma incitação, então lhe disse que estava ótima e que Edward era um ótimo namorado, como sempre. Então ela era toda, 'Tão bom quanto Drake?'?" Eu uso o sotaque de menina do vale.

"Aquela vadia." Alice silva debaixo do braço de Jasper.

"Ela fica melhor," Lhe atirei um olhar penetrante. "Então é claro que eu estava confusa, em seguida ela esclareceu. Aparentemente tentar roubar meu namorado não é mais o suficiente para ela, a vadia intrometida pegou meu arquivo da escola, olhou meus registros de transferência e viu que fui intimidada na minha escola antiga. Então o que ela faz? Ela finge ser a mãe dela e telefona para minha velha escola para pedir informações sobre isso."

"O QUE?" Cada rosto único, até mesmo Edward, estão emplastrados com indignação.

"Sim, então ela descobre sobre Drake, mas não acho que ela sabe até mesmo meia merda que ela acha que fez. Ela apenas sabe que Drake era o líder de um grupo. Seu raciocínio era que ela só ligou os pontos, achando que eu tinha um histórico de seduzir um certo tipo de cara. Então agora ela tem na sua cabeça que eu seduzi Drake e consegui que viesse até mim e estou seduzindo Edward e ela vai ser a única a fazer da minha vida um inferno."

"POR FAVOR, diga-me que você disse alguma coisa." Rose lamenta.

"Eu disse a ela para se foder, que ela não tinha ideia do que aconteceu e algo sobre ser uma vadia ciumenta e para rastejar para o buraco de pia no inferno que ela veio." Dou de ombros.

"Caramba," Emmett elogia.

"Touché," Jasper me dá um movimento de chapéu inclinado.

"Bom, mas o que ela fez tinha que ser de três tipos de ilegalidade, pelo menos. Você deve denunciá-la."

"Eu não sei," Gemi. "Eu quero, mas ao mesmo tempo ela poderia entrar em um monte de sérios problemas."

"Então," Edward chiou ao meu lado. "Ela está tão desesperada para conseguir alguma coisa contra você que vai cometer um erro, mais cedo ou mais tarde. Você precisa alertá-la sobre isso, deixá-la saber que você não vai pegar as besteiras dela." Olho para ele de forma pateticamente desesperada, tenho certeza. Nunca pensei que Tanya iria recorrer tão sem sentido a fim de manter essa ameaça em cima de mim, mas ele tem um ponto. Ela precisa ser parada.

"Ok," Suspiro. "Eu não quero dizer a Charlie, embora. Não quero que meu pai saiba o motivo real por eu ter me mudado para cá. Ele pode permanecer abençoadamente ignorante como minha mãe foi. A quem eu devo contar?"

"A diretora?" Rose oferece o assunto com naturalidade.

"Oh sim, porque a mãe de Tanya iria acreditar que Tanya está fazendo pesquisas pelos arquivos privados e posando como ela a fim de encontrar sujeira em mim." Reviro meus olhos. "Eu podia vê-la tomando o lado de Tanya do que o meu."

"Bem," Alice deu de ombros. "Acho que ela não faria isso, e além disso, que outra escolha você tem?"

"Bom ponto..." Murmuro assim que a garçonete chega para pegar nossos pedidos.

"Então como é que vamos fazer isso?" Emmett pergunta enquanto a garçonete se afasta.

"Nós não fazemos nada." Eu indico. "Eu não preciso que vocês se lancem sobre o ônibus por mim. A carne de Tanya está comigo, eu vou pensar em alguma coisa."

"Bella-" Jasper começou.

"Não!" Levanto minhas mãos. "Eu vou simplesmente enviar um e-mail para a diretora dizendo que recebi um telefonema da minha antiga escola e que estão devolvendo o inquérito que eles receberam da diretora da minha nova escola. Quando ela perceber que era ela, bem, então espero que descubra isso."

"Isso poderia funcionar, mas o que você deve fazer é apenas dizer a Sra. Denali cara de touro que você está cansada de Tanya fodendo com você." Emmett chiou.

"Eu concordo." Edward levanta dois dedos em concordância.

"Se isso não adiantar, talvez. Mas por favor, por favor, não se envolva." Olho para Edward severamente. Ele acena com a cabeça ligeiramente e desvia os olhos. Eu não quero repreendê-lo na frente de todos então eu deixo pra lá.

"Em outra nota," Alice rapidamente desvia a conversa. "Como foi a noite de vocês ontem?" Alice nos olhou consciente e desconfiada.

Edward engasgou com o copo de água que ele havia acabado de tomar e eu coro e desvio os olhos para as mãos no meu colo.

A mesa se irrompe em gargalhadas. "Vamos lá, agora," Rose adiciona. "Vocês não podem manter isso de nós por muito tempo. Nós vamos conseguir saber, eventualmente."

Edward leva sua mão na minha e a leva até a boca e deixa um beijo reconfortante.

"Foi incrível," Ele diz sem tirar os olhos dos meus. "Perfeita, na verdade."

"Awww," Emmett arrulha. "Como foi para você Bella? É claro que foi ótimo para ele, sempre é para o cara." Quebro meu contato visual com Edward e me viro para Emmett.

"Foi exatamente como Edward disse que foi, perfeita." Alice e Rose fazem uma pequena dança da vitória e Jazz e Emmett reviram os olhos um para o outro. Nós quebramos nosso olhar quando a garçonete chega com a nossa comida.

"Bella!" Eu congelo ao som da voz do meu pai. "Como?" Olho para cima do meu prato para ver meu pai entrando pela porta da frente.

"Oh, oi pai." Eu entro na onda. Ele assume isso como sua deixa para vir e faz seu caminho até a nossa mesa.

"Hey crianças, como vão?"

"Por que você não pergunta a Edward e Bella?" Emmett grunhi suavemente.

"O quê?" Charlie se inclina para mais perto de Emmett para que ele possa ouvi-lo melhor.

Rosalie dá umas cotoveladas nas costelas de Emmett e em seguida o responde. "Oh, nada Chefe Swan, nós estávamos falando sobre a dança na noite passada e como foi divertido."

"Oh, bom! Fico feliz que vocês tenham se divertido crianças, uh Bella, posso falar com você por um minuto?"

"Claro pai," Eu respondo. Edward aperta a minha mão em conforto e então me deixa para o meu pai.

Charlie me leva para fora e até o seu carro. "Então, seu avô me ligou ontem."

Oh merda.

"Ele quer vir para o jantar esta semana. Eu lhe disse que iria falar com você sobre isso e retornava para ele. Então, você estaria confortável com isso?"

"Pai," Eu suspiro. "Ele é o seu pai e não quero que nenhum relacionamento que você pode estar tentando manter vá para o ralo por alguns comentários fora de mão que ele faz sobre mim."

"Isso não responde a minha pergunta."

"Tudo bem. Ele é incorrigível e difícil, mas também é o meu avô e odeio perder qualquer relacionamento que se pode ter se ele decidir controlar-se. No entanto, posso perguntar uma coisa?"

"Atire," Ele assente.

"Estaria tudo bem se nessa noite Edward se juntar a nós para o jantar?"

"Hmm," Charlie alisa o bigode enquanto pensa sobre isso. "Acho que isso é permitido. Eu tenho vontade de ter um jantar com vocês dois por algum tempo e seria definitivamente bom ter Edward ali para aliviar algum tipo de tensão depois do último jantar com o seu avô."

"Bom, então vou falar com Edward para saber qual dia funciona melhor para ele."

"Ok," Charlie concorda. "Eu te amo garota, vá terminar o café da manhã com os seus amigos, estou me encontrando com Jimmy aqui, então não vou interrompê-la." Jimmy era outro delegado e um dos amigos de Charlie, jovem, mas bom em seu trabalho.

"Obrigada pai, te amo também." Com isso voltei e peguei meu lugar na cabine ao lado de Edward.

"Está tudo bem?" Os olhos de Edward estão em mim e diz em voz baixa para não interromper o resto, que agora estão discutindo toda a coisa da Tanya.

"Sim, Charlie que saber se você gostaria de vir para o jantar de família na minha casa. Antes que você diga qualquer coisa embora, deixe-me avisar que meu avô estará lá, e ele é ótimo em fazer as pessoas se sentirem desconfortáveis e tensas."

"Eu adoraria ir." Ele sorri. "Quando é?"

"Eu não sei, disse a Charlie que lhe dava um retorno com o dia que funciona melhor para você."

"Bem, qualquer noite depois das seis funciona ou nos finais de semana."

"O que acha de domingo?" Pergunto, "Dessa forma você pode vir e passar o dia me ajudando a arrumar e cozinhar."

"Soa ótimo!" Ele responde e não posso evitar, mas graças a Deus ele vai estar lá. Pelo menos com ele ao meu lado os comentários inevitáveis do vovô não vão se afogar no tão profundo. Afinal, Edward me ama por todos os meus recursos.

EPOV

Esta manhã tinha sido, incrível. Não havia outra maneira de descrevê-la. Bella tinha me acordado malditamente cedo, mas definitivamente valeu a pena e o olhar no seu rosto no orgasmo era requintado. Ela estava tão perdida no momento, toda a sua auto-dúvida se foi, todo o medo, todo o diálogo interior constante que eu tinha crescido acostumado a ver estampado em seu rosto se dissipou. Não pude evitar de sentir-me orgulhoso.

Nós nos juntamos com a turma para o café da manhã, e como se ele tivesse o radar 'Bella e Edward estão ficando íntimos', Charlie chega entra e a rouba. Eu estava suando frio esperando ela voltar, estava esperando que Charlie não soubesse o que aconteceu na noite passada... e nesta manhã, mas eu não podia ter certeza. Alguns minutos agonizantes mais tarde ela voltou e me convidou para jantar com a sua família. Ela parecia com um pouco de medo de eu ir para o jantar, mas eu queria de qualquer forma.

Bella e eu ficamos na porta da casa dela, é hora de deixá-la e deixar que as melhores doze horas da minha vida se tornem uma memória em vez de uma experiência no momento.

"Obrigada Edward," Ela suspira enquanto empurra o corpo contra o meu, enfiando a cabeça debaixo do meu queixo.

"Obrigado você minha Swan," Eu reitero. "A noite passada foi tudo o que eu queria que fosse por causa de você."

"Bom," Ela se afasta e olha para mim. "Mas não quero que isso acabe. Sinto que uma vez que lhe deixar sair daqui então tudo vai mudar."

"Nada vai mudar. Eu amo você, a noite passada apenas ajudou a fortalecer e solidificar isso." Ela assente quase imperceptivelmente em concordância. "Agora, eu vou para casa, ver meus pais e te ligo mais tarde ok?"

"Ok," Ela sussurra enquanto se afasta mais. "Edward?"

"Sim?" Pergunto.

"Tem certeza de que quer vir para o jantar? Se você não está bem com isso, só quero que você não se sinta como se estivesse obrigado."

"Não Bella," Eu discordo, porque realmente queria ficar em uma página melhor com Charlie e não tenho tido a chance de conhecer seu avô. "Eu quero ir, quero que a sua família me conheça."

"Ok," Ela assente com a cabeça.

"Então eu vou falar com você mais tarde?" Pergunto.

"Absolutamente," Seu rosto irrompe em um grande sorriso. "Te amo."

"Eu também te amo," Me inclino e deixo um beijo suave em seus lábios perfeitos.

"Tchau," Ela sussurra enquanto vai para dentro.

Vou de encontro ao meu carro e volto para casa. Eu não ando trinta jardas antes do meu telefone estar vibrando.

"Alô?" Respondo sem olhar para ver quem é.

"Hey cara, o que está acontecendo?" É Jake.

"Oh, hey! Nada, só deixei Bella na casa dela." Não há resposta do outro lado.

"Jake?"

"Você está fodidamente brincando comigo?" Ele parece surpreso.

"O que?"

"Você dormiu com ela?" Oh merda.

"Umm..." Eu não sei como fazer isso. Devo mentir e apenas dizer a ele que encontrei ela no café da manhã? Ele iria descobrir de qualquer maneira, tenho certeza. Jake é infame para descobrir esse tipo de coisa. Ele tem um radar de sexo que de longe insulta Charlie.

"Não se incomode até mesmo de me dizer não. Já posso dizer que pela forma como fez uma pausa que você dormiu. Como você conseguiu acabar com isso?"

Deixo escapar um bufo exasperado. "De verdade Jake? Você está me perguntando sobre a minha vida sexual com a garota que é como sua irmã?"

"Merda, sim cara. Tenho que saber se você a faz feliz."

"Bem, ela está feliz, muito feliz. Ela me convidou para jantar com o pai e avô dela."

"Oh, você está fodido."

"Por que você diz isso?" Perguntei curiosamente, realmente espero que eu não que tenha que chutar a bunda do meu amigo.

"Charles Swan é um dos mais teimosos, bundões, idiotas insensíveis que já conheci. Eu o encontrei uma vez e espero nunca mais fazer isso. Ele não faz nada, mas reclama e minimiza os outros."

Este é um interessante e novo desenvolvimento. Se for esse o caso eu definitivamente não quero que Bella seja submetida a esse tipo de besteira, não com todo o progresso que ela fez com a sua auto confiança.

"Obrigado pelo aviso cara, mas eu posso lidar com isso."

"Claro, claro." Jake dispara de volta. "De qualquer forma, liguei para perguntar se você estaria livre para sair hoje? Estou entediado e pensei que poderia chutar sua bunda em algum Madden*."

*Madden NLFé uma série dejogos eletrônicosdefutebol americanodesenvolvida pelaElectronic Artspara aEA Sports. Seu nome é uma referência ao antigo jogador e técnico vencedor doSuper Bowl, John Madden. Após sua aposentadoria como técnico, Madden vinha trabalhando como comentarista dos jogos defutebol americano, tendo passado pelas quatro maiores redes americanas, aABC,CBS,FOXe até o fim de sua carreira, em abril de2009, pelaNBC.

"Eu não estou em casa agora, deixe eu falar com a minha mãe ou pai e retorno pra você."

"Parece bom, mande uma mensagem de texto quando souber."

"Será o que vou fazer," Respondo e desligo o telefone assim que estou puxando para a garagem. Estaciono o carro e corro para casa.

"MÃE!" Eu grito assim que chego em casa.

"Jesus, estou bem aqui, não precisa gritar!" Ela diz da sala de estar. Ela remove seus óculos de leitura e coloca seu livro para baixo quando entro na sala.

"Oi mãe." Eu cumprimento. "Seria legal se Jake viesse por um tempo? Nós apenas estaremos aqui e jogando Xbox 360."

"Bem, ok, mas duas coisas. Primeiro, como foi a dança?"

"Oh, foi bom," Corro minha mão pelo cabelo e desvio os olhos. Eu juro por Deus, mães (como abelhas e tubarões) podem sentir o cheiro do medo.

"Apenas bom?" Ela sorri.

"Foi muito divertido. Bella estava linda, como sempre, e nós tivemos muita diversão com todos." Respondo com um pouco de incômodo no meu tom.

"Ok," Ela coloca suas mãos para cima em sinal de rendição. "Tudo bem. Agora, antes de Jake vir, quero que você faça algumas coisas acerca da casa. Primeiro quero que você arrume seu quarto, classifique a roupa suja e esvazie a lixeira da cozinha."

"Ok, obrigado mãe." Vou subir as escadas.

"Edward..." Ela me para.

"Hun?"

"Venha aqui e dê um beijo na sua mãe." Reviro os olhos em provocação e então caminho até ela. Lhe dou um beijo na bochecha e ela dá aquele sorriso adorável, o que eu usava para lhe dar quando era pequeno e fazia algo errado e queria sair daquilo.

"Te amo filho," Ela diz.

"Também te amo mãe!" Chamo sobre meus ombros enquanto subo a escada em dois degraus de cada vez.

Levo quinze minutos para concluir a limpeza do meu quarto e ordeno minhas roupas sujas. Desço a escada e vou para a cozinha para tirar o lixo. Quando estou andando pela garagem, onde é a lixeira, ouço o inconfundível gemido do VW Rabbit de Jacob. Fico parado lá, com as mãos no bolso enquanto ele estaciona e sai de trás do volante.

"Hey E!" Ele me cumprimenta enquanto bate a porta. A porta abre de novo e ele amaldiçoa. Ele puxa a manopla, bate a porta, em seguida solta a manopla. Isso funciona e ele se vira para mim.

"Coisa maldita," Ele murmura.

"O que você vai fazer?" Dou de ombros de uma forma 'isso-realmente-não-importa-de-qualquer-maneira'.

"O primeiro carro é suposto para ser como esse, certo?" Ele sorri.

"Fale por você. Meu bebê está em condições fantásticas."

"Bem, isso é o que você tem quando seu pai compra carros de médicos ricos que apenas o usam levemente por um ano antes de quererem um melhor." Ele bate no meu braço e eu rio. Os únicos carros novos que tínhamos eram o Nissan da minha mãe e o Mercedes de Carlisle. Era realmente a única coisa que ele se entregava, era aquele carro. Ele disse a Alice, Emmett e eu que se não cuidássemos dos nossos carros ou não fossemos responsáveis com eles, que eram um privilégio que poderia ser revogado.

"Está com fome?" Perguntei a Jacob quando entramos na dispensa.

"Não, estou meio que com sede embora. Tem alguma coisa para beber?"

"Claro," aceno. "Temos água, leite, suco de laranja, Coca-Cola diet, Mountain Dew*..."

*Mountain Dewou "Orvalho da montanha" é umrefrigerantenão-alcoólico, de característica cor verde-limão (diferenciando de outras bebidas), fabricada pelaPepsinosEstados Unidos. Foto (retire os espaços): firm- guide wp-content/ uploads/ 2012/ 08/ Mountain- Dew. Jpg

"Me dê um Dew." Ele responde enquanto entramos na cozinha.

"Dois Dews chegando." Eu digo enquanto puxo a geladeira aberta e pego um par de latas verdes.

"Onde estão todos?" Jacob pergunta.

"Mamãe está na outra sala-"

"Olá Jacob!" Ela chama pelo meu comentário.

"Olá Sra. Cullen!" Jake responde de volta e depois ri.

"Alice e Rose estão fazendo alguma coisa de líderes de torcida e Emmett e Jazz disseram algo sobre ir jogar paintball." Dou de ombros.

"Legal, legal." Ele acena. "O último que descer tem que ser o segundo jogador!" Ele vai em direção ao porão e não consigo me precaver.

"Arrume tudo, eu vou descer!" Eu chamo depois dele. Escavo meu telefone para fora do bolso de trás e checo minhas mensagens. Nada. Pressiono a discagem rápida e o trago para o meu ouvido.

"Alô?" Ela responde suavemente.

"Hey você," Respondo.

"Hey você mesmo," Ela responde no seu lado da nossa saudação tradicional.

"Só queria ligar para dizer que te amo e que estou feliz sobre ter um jantar com você e seu pai e seu avô no próximo domingo."

"Aww, isso é doce," Ela arrulha. "Eu te amo também e você não tem ideia do quanto estou aliviada que você virá."

"Bom, bem, Jake está aqui. Nós vamos jogar um pouco de Xbox, então eu te ligo mais tarde. Ou você pode me mandar mensagem de texto sempre."

"Ok," Ela responde. "Divirta-se, não chute a bunda dele muito forte. Vou falar com você mais tarde."

"Tudo bem, tchau." Eu respondo e espero por sua resposta antes de desligar.

"Tchau Edward." Ela desliga e suspiro enquanto aperto o botão FIM.

"Edward?" Minha mãe chama da sala de estar.

"Huh?" Respondo enquanto viro o canto.

"Acabei de ouvir que por acaso você está indo jantar no chefe Swan no domingo?"

"Sim, eu disse a Bella que iria. Seu avô é aparentemente difícil de suportar."

"Bem, você não pode ir nesse dia."

"O que? Por que não?" Pergunto um pouco alto.

"Você se esqueceu de que esse é o dia do jantar de aniversário do seu pai?"

"Oh merda!" Eu me bato na minha cabeça. Como eu esqueci disso? Ele estava fazendo 40 anos, estávamos planejando seu jantar por semanas. O que diabos eu vou fazer? Bella precisa de mim, mas se eu não ir para o jantar de família eu teria que enfrentar a ira de Esme e Alice.


N/B: Uh-oh, Edward está com problemas de agenda, rsrs. Espero que ele resolva isso com a Bella sem nenhum desconforto, não é?

Bem, comentem bastante e até o próximo!

Kessy Rods

N/T: Bem vocês betaram a beta e até passaram, obrigado a quem comentou no 30.

Irei viajar na sexta dia 8 só volto, dia 14, e nesse meio tempo vou ficar sem internet... MAS... se baterem a meta a Kessy posta pra mim :)