Dez coisas que odeio em Sasuke Uchiha

by: viribiri

translate: Roy-chan


Dez. Nove. Oito. Sete. Seis. Cinco. Já não posso respirar. – Que merda é isso? – pergunta, olhando-me e com aquela folha de papel em mãos Dez coisas que odeio em Sasuke Uchiha lê em voz alta e quero... morrer. AU. S&S


.

Eu quero estar apaixonada – porque me sinto bem.

Eu quero te odiar porque me incendeia.

Já não quero te amar tem começado a doer, mas, ainda assim, me sinto bem.

.


.

Dez: Seus olhos

Suspirei tratando de me enfocar no que devia fazer. Para ser sincera, não tinha a mais puta idéia, mas tinha algo a ver com números e eles nunca haviam sido muito amigos meus, por assim dizer. Jamais, na realidade.

Pequei meu telefone celular, consciente de que perderia tempo valioso e de que terminaria pedindo que alguém, por caridade, deixasse que eu copiasse seu trabalho.

Comecei a revisar pastas e fotografias que tinham vários meses guardados ali. Não o pude o evitar, e terminei olhando a ele. Possuía muitas fotos dele, comigo ou só, mas, as que mais desfrutava eram as que eu saía junto a ele.

Com minha cabeça perdida entre muitas besteiras, sobretudo, em um filme que havia visto recentemente, me repeti que Sasuke Uchiha não merecia que o amasse tanto. E mais, o odiava.

– Seu cabelo é curioso – me disse – e seus olhos, quem tem olhos assim? Nem tem o que dizer de seus... – sorri como uma estúpida olhando aos olhos do garoto da fotografia.

Peguei uma caneta e um papel, sentindo-me absurdamente estúpida – ainda mais – e anotei «Dez coisas que odeio em Sasuke Uchiha» como encabeçado na folha, que permanecia sem nenhuma mancha de tinta, salvo pelo título.

Comecei pelo dez, uma absurda conta regressiva, caso se em algum momento decidisse voltar atrás. Jamais havia mantido uma conversa longa com ele, nada civilizada, assim que imaginei que poderia dizer na cara o muito que o "odiava". Todo mundo o sonha, não é assim? Conseguir dizer «te amo», «te odeio» sem covardia. Pois bem, eu o ensaiaria.


«10. Seus olhos»

Sasuke. Não acredito que tenha alguma idéia do muito, mais do muito, que odeio seus olhos. Sim, o faço, ainda que pareça pouco possível. E quer saber o por quê? Não o acredito, mas ainda assim te digo: me aborrecem sempre que os miro... bom, cada vez que, por erro me olhas. Mariposas se esvoaçam em meu estômago e sinto que poderia morrer. São tão escuros, profundos e hipnotizantes. Os detesto com toda a minha alma! Se ainda tenho alma. Fazem-me te amar, te adorar tanto... sobretudo, quando me olha com arrogância. Seu belo par de olhos negro s. Minha perdição pessoal. Absurdamente, espero que me olhe, ainda que os odeie... pretendo queimar-me viva, arder nesse fogo que sinto... cada vez que por erro que olhas.

.

Se deixares de respirar, eu também o faço, é que estou me asfixiando, mas você nem se dá conta.

.


Ohayo! Voltei mais cedo trazendo comigo uma coleção de drabbles/one-shots da lindissíma viribiri, que lindamente me permitiu traduzi-las.

E aí, o que acharam? Serão ao todo 11 capítulos divertidíssimos!

Aguardo suas reviews, e lembrem-se... quanto mais reviews, mais rápidos serão postados os capítulos.

Beijos, Roy-chan.

.

Reviews?

.