O Estudante de Intercâmbio

Disclaimer: Essa fanfic pertence a Lady Gwynedd que me autorizou a tradução, Twilight e seus personagem pertencem a Stephenie Meyer, e a mim somente a tradução.
Sinopse:
Ele é simplesmente um estudante de intercâmbio à procura de uma xícara decente de chá e Bella fornece isso. Ela acha que ele é completamente perfeito. Quando ele se encontra em um problema, ela se oferece para ajudá-lo; no entanto logo ambos terão muito com o que lidar. Será que o amor verdadeiro vai prevalecer?


Capítulo 10 – Os Vários Usos dos Anéis

(Traduzido por LeiliPattz)

A semana após o Boxing Day*, que como Edward muitas vezes me lembrou foi o dia em que ele quase deu ao Mike Newton um gancho de direita, passou em uma névoa. Eu amava a minha nova vida, embora fosse pretensão. Meu marido falso, mas real, Edward, se mostrou cada vez mais perfeito para mim. Eu queria aproveitar o que tinha e decidi não ficar abrindo buracos na minha bolha feliz.

*Boxing Day: É o dia depois do Natal.

E eu estava feliz. Edward estava amável e atencioso. Ele agiu como se me estimasse. Eu continuei a descobrir mais razões para amá-lo e desfrutar de sua companhia. Nós adorávamos conversar sobre literatura e cinema. Ele me explicou algumas das coisas que estava estudando. Ele realmente tocou o seu violão novo, até os dedos sangrarem. E um dia ele me levou para a União de Estudantes e o ouvi tocar piano. Era o paraíso.

E, claro, havia as noites passadas em seus braços. Eu não me arrependo nenhuma vez por nós termos consumado o nosso casamento como se fosse à coisa real. Cada momento passado nessa intimidade especial só amarrou meu coração para mais perto dele, o que ele fez comigo – o que ele me ensinou a fazer com ele – as coisas que ele disse em suspiros sussurrados. E a sensação confortável de admirar o que eu sentia depois, deitada em cima de seu peito ouvindo seu coração bater lento a partir do rápido compasso induzido pelo amor. Ele sempre acariciava suavemente meu lado ou o meu cabelo até eu cair no sono. Ele arruinou-me para a vida de solteira e eu só tinha certeza de uma coisa sobre a nossa relação: Edward amava fazer amor comigo.

Nós vimos o Ano Novo com champanhe ruim, chapéus de festa, cornetas de papel e um beijo de enrolar os dedos. Eu acho que nenhum de nós iria ficar solitário este ano. Devido aos nossos constrangimentos orçamentais, no entanto, não poderíamos sair para um clube, mas a festa para dois que tivemos foi adorável. Com o início do Ano Novo veio também o conhecimento de que a faculdade logo voltaria, e Edward estava muito mais perto da formatura e o fim do que quer que fosse que tínhamos. Eu decidi não pensar nisso.

Nós ainda tivemos mais obstáculos imediatos a serem superados. Meu maior obstáculo seria Alice. Quando Alice partiu para o Texas com Jasper no início da pausa de Natal, eu não estava nem mesmo namorando. Quando ela voltou, eu estava casada por duas semanas. Ela vai se lançar nisso. Eu poderia ter ligado, mas havia muitas razões para não fazer. Primeiro, eu não queria que ela se preocupasse comigo, quando ela deveria estar se divertindo. Segundo, não havia nada que ela pudesse fazer. E terceira, eu era uma covarde.

Ela me ligou no dia após o Ano Novo para me dizer que ela e Jasper estariam chegando na cidade naquela noite e ela queria me ver imediatamente. Eu lhe disse que iria trabalhar até às dez horas, e talvez seria melhor se nos encontrássemos na manhã seguinte. Eu percebi que poderia levá-la sozinha e dizer-lhe o que tinha feito. Talvez eu deva vestir a armadura?

Naquela noite, eu estava sentada em uma cabine na lanchonete fazendo meu trabalho no final do meu turno. Eu esperava que Edward aparecesse a qualquer momento para me levar para casa. Eu ouvi um grito e olhei para cima e lá estava Alice correndo para mim, com os braços esticados e um sorriso enorme no rosto. Jasper estava andando em um ritmo mais moderado atrás dela. Ele parecia relaxado e feliz. Alice pulou em mim, espalhando minha pilha de guardanapos, "BELLA!"

"Alice!" Engoli em seco, "Eu não estava esperando ver você até amanhã."

"Eu simplesmente não podia esperar para ver você, Bella. Eu estava pensando que você poderia passar a noite comigo e nós poderíamos ter uma festa do pijama. Isso não é uma grande ideia? Jasper disse que pode até trançar seu cabelo!"

Eu ri do protesto de Jasper, subitamente inarticulado, "Pobre Jasper. Isto é o que você ganha quando deixa seu cabelo crescer."

"Ele adora isso! Não o deixe enganar você. Então, quando você sair do trabalho, vamos parar por seu apartamento e pegar suas coisas."

"Ah. Uh... bem, Alice, eu temo que não possa fazer isso."

"O que você quer dizer? Eu não vi você em três semanas. Claro que pode."

"Não, Alice. Eu tenho outros planos."

"Às dez horas?" ela disse incrédula.

"Sim. Eu tenho uma notícia para vocês."

Alice sentou-se na cabine de frente para mim e eu comecei a endireitar a pilha de guardanapos na esperança de conseguir inspiração neles.

"Bem, Bella, qual é a sua notícia?"

"Você se lembra daquele cara que vinha aqui para o chá todos os dias e nós almoçamos juntos na escola durante a semana?"

"É. Edward alguma coisa."

"Sim, Edward Cullen." Só então o sino anunciou a chegada de Edward e eu sorri para ele ficando em pé e fui para trazê-lo até a cabine.

"Alice, Edward e eu nos casamos no dia 18 de dezembro."

Alice arregalou os olhos por um momento e gritou: "O quê?" Eu diria que ela estava chocada.

"Shhhh, Alice. Edward e eu nos casamos." Peguei a mão dele "Alice e Jasper, este é meu marido, Edward Cullen."

Jasper, que também estava chocado, ainda se lembrava de seus modos e levantou-se para apertar a mão de Edward. Alice apenas ficou sentada na cabine, com o rosto congelado, e sua boca aberta enquanto olhava para nós dois.

"Alice?" Eu perguntei timidamente.

"Bella, como você pôde fazer isso?"

Sentei-me em frente a ela, "Eu sei que foi repentino, mas eu tenho – Edward e eu temos uma coisa importante acontecendo entre nós por muito tempo. Nós passamos muito tempo juntos no mês passado e, de repente casar apenas parecia a coisa certa a fazer. Foi uma decisão maravilhosa e estou muito feliz."

"Mas Bella, eu deveria ser a sua dama de honra. Você prometeu," Alice gemeu.

Ufa. Isso era tudo o que ela estava preocupada. "Alice, nós só nos casamos na frente de um juiz de paz, não tinha convidados."

Edward se juntou nesse ponto "Bella e eu vamos ter um casamento na igreja, um dia, Alice. Tenho certeza de Bella gostaria que você estivesse lá para isso."

Deus, Edward às vezes dizia as coisas mais surpreendentes. Ele sempre estava me pegando de surpresa. Percebi, ao mesmo tempo que tinha passado das 10 e eu precisava bater o ponto. "Desculpe-me um minuto, eu preciso pegar as minhas coisas."

Eu apressadamente bati o ponto, Angela me deu um abraço reconfortante. "Isso não parece tão ruim, não é?"

"Ainda não, Ang. Ela ainda está em estado de choque."

"Bem, ela não pode deixar de ver o quanto o seu homem te ama. Isso deve acalmá-la."

Sim, certo. Alice era muito boa em ler as pessoas. Eu esperava que as habilidades de atuação de Edward a convencessem. Peguei minha mochila e casaco de volta e fui para frente do restaurante. Edward sentou-se na frente tanto de Jasper e Alice e estava falando com eles. Quando me aproximei, ouvi-o dizer: "...eu estava pensando há semanas uma forma de perguntar a ela, mas ela parecia tão contida dentro de si mesma, como se não estivesse olhando para as conexões, eu não queria estragar o que nós tínhamos, mas de repente, ela me perguntou. Eu senti que era o homem mais sortudo do planeta. "

Eu deslizei na cabine ao lado dele quando ele se inclinou para trás e colocou o braço em volta de mim. Eu deslizei para mais perto dele, não para mostrar, mas porque parecia natural para mim. Eu ouvi o suspiro de Alice. "Esse é o seu anel Bella?"

Minha mão esquerda estava descansando em cima da mesa e eu balancei a cabeça e estendi a mão para ela, "Sim. É da família de Edward."

"É lindo, Bella."

Olhei para meu anel incrível, "Eu amo muito isso." Eu senti Edward se mover para mais perto de mim, a parte externa da sua coxa pressionando contra a minha. Eu não podia olhar para ele. O que eu estava dizendo a Alice era verdade. Eu amava isso. Eu o amava porque Edward me deu e queria que eu usasse. Olhei por cima do meu anel para Alice e eu podia ver que ela estava observando Edward de perto.

"Você não teve uma cerimônia de anel duplo?" Alice perguntou.

"Na verdade," Edward disse, "Nós nos casamos tão impulsivamente, não houve tempo para eu pegar o anel enviado da Inglaterra, então nós 'não' tivemos uma cerimônia com anel."

"Ah. Bem Bella, você tem que corrigir isso. Vamos amanhã comprar um anel para Edward."

Eu pisquei. Alice sempre teve coragem, mas ela estava exagerando "Alice, isso é algo que eu quero fazer por mim mesma."

"Mas quando, Bella? Você não pode enviar Edward de volta para a faculdade não reclamado!"

Eu pisquei novamente e Edward começou a rir, "Não reclamado?" Eu perguntei.

"Oh meu Deus, Bella! Você tem que manter as loucas longe dele."

"Loucas?" Eu estava confusa.

A voz de Alice caiu para um sussurro, "As mulheres más, Bella. Você precisa manter as mulheres más longe de Edward. O anel vai fazer isso."

"Se elas são mulheres más, eu duvido que um anel vá detê-las", eu disse. Mas eu estava pensando sobre uma muito bonita loira morango louca que se esgueirou para nós um dia quando estávamos almoçando no prédio de Engenharia. Hmmm. Talvez Alice tenha um ponto.

Eu olhei para Edward, que estava sorrindo para mim, mas ele não disse nada. Eu lembrei o que ele disse quando me deu o anel, "...quero que todos os seus pretendentes saibam que você está de outra forma ocupada." Eu acho que Alice e Edward pensam da mesma forma.

"Vamos ver sobre isso", eu disse. Eu me perguntei se Edward iria usar o meu anel.

Angela se aproximou e perguntou: "Como vocês estão sentados aqui, vocês querem um refrigerante ou algo assim?"

Alice respondeu, "Eu acho que todos nós poderíamos aceitar algo para beber. Coca Diet para mim."

Nós todos concordamos que refrigerantes seria ótimo. Fiquei surpresa que Edward não pediu seu costumeiro chá. Então lembrei-me, que ele não gostava do chá de ninguém, além do meu. Angela foi pegar as bebidas.

"Então, Bella, quando as coisas ficaram sérias para vocês?"

"Eles estavam sempre indo nessa direção para mim. Você se lembra, Alice. Eu costumava falar sobre Edward o tempo todo." Eu senti Edward começar a esfregar círculos no meu ombro. Isso foi curioso, ele só fazia isso como um prelúdio para fazer amor.

"Mas eu sabia que eu estava falando sério quando Edward começou a falar em voltar para a Inglaterra, quando terminasse aqui e percebi que isso iria me esmagar. Eu não quero que ele vá, pelo menos não sem mim." Todas as afirmações eram verdadeiras. Edward apertou mais a perna contra mim, e eu acidentalmente deixei cair a minha mão em seu colo. Uhm. Pequeno Edward estava fazendo sua presença conhecida. Eu discretamente olhei para o rosto de Edward.

Ele estava sorrindo para mim. Sorrindo! Eu coloquei minha mão para trás em cima da mesa. Edward precisava esfriar. Nós estávamos em público pelo amor de Deus com a minha melhor amiga em frente a nós.

"Como foi o seu casamento?"

"Ele foi tranquilo, apenas nós, o Juiz e sua esposa."

"O que você vestiu, Bella?" Essa era a minha Alice, sempre interessada em grande estilo.

"Uhm... o que eu estava vestindo?" Agora que ela me perguntou, eu não conseguia me lembrar.

Eu estava tentando imaginar a foto de nós dois no dia quando Edward falou: "Ela usava um vestido azul escuro, de mangas compridas. Seu cabelo estava solto e ela usava uma pequena cruz de ouro como um colar. Parecia um anjo."

Mais uma vez, Edward me surpreendeu, mas então, ele tem uma memória melhor do que a minha.

"Temos algumas fotos no apartamento. Talvez vocês possam ir amanhã para jantar e eu vou lhe mostrar". Eu não queria que eles fossem hoje à noite. Eu não acho que Edward queria que eles fossem, também.

"Isso soa bem, Bella, obrigada."

Jasper reprimiu um bocejo e eu fui rápida para dizer: "Está ficando tarde e eu sei que vocês dois tiveram um longo dia. Ligue-me amanhã Alice – depois das nove, por favor, e vamos nos organizar para a noite de amanhã."

Nós todos nos levantamos e nos despedimos. Edward e eu ficamos acenando enquanto Alice e Jasper andavam pela rua na direção oposta de onde estávamos indo. Estávamos cerca de metade do caminho para casa, quando Edward parou, colocou os braços em volta de mim e me puxou contra ele para um beijo profundo. Seus beijos eram sempre elétricos, mas este tinha um crescente sentimento de urgência nele. Ele deixou cada molécula de meu corpo em chamas.

"Edward," eu ofeguei quando nossos lábios finalmente se separaram, "O que foi isso?"

"Eu só quero tanto você, eu não podia esperar até chegar em casa para te beijar." Ele virou e agarrou a minha mão e caminhou rapidamente pela rua.

Eu sorri, mas em seguida, senti uma dor familiar em meu abdômen. "Oh, Edward. Você se lembra, perto do primeiro dia do mês?"

Ele abrandou, "Oh". Ele pensou um pouco, "Você está com dor?"

"Não é muito forte."

"Não se preocupe Bella, eu vou cuidar de você." Ele era realmente um homem maravilhoso.

Tomei um banho quente quando chegamos em casa e depois arrastei para a cama com Edward. Ele me segurou perto enquanto acariciava meu cabelo e lado.

"Edward, eu notei que estava ansioso no lanchonete. O que aconteceu lá?"

Ele engoliu uma risada, "Eu não tinha ouvido antes o seu lado de nosso namoro, se você pode chamar assim. Fiquei intrigado ao saber que você estava atraída por mim desde o início. E você estava usando esse sexy uniforme cor de rosa. Aposto que você não percebeu que estava brincando com o botão de cima de seu vestido quando se sentou e conversou conosco."

"Não, eu acho que é apenas um hábito que eu tenho."

"Bem, eu notei que Jasper também o fez."

"Jasper! Ele não se importa."

"Ele nunca vai agir sobre isso, mas ele vai olhar. Qualquer homem faria. Você é uma mulher bonita, Bella. E jogou com uma das minhas fantasias favoritas." Ele me puxou para mais perto e suspirou. "Eu preciso parar de pensar sobre isso."

"Eu tenho uma pergunta para você, Edward." Debrucei-me no meu cotovelo para que eu pudesse olhar para o seu rosto.

Ele olhou para mim, "O que é?"

"Se eu tiver um para você, você usaria o meu anel? Você pode ser honesto. Eu não vou ficar ofendida."

"A sua primeira inclinação é pensar que eu não vou querer usá-lo? Por que isso?"

"Bem, usar parece apenas tão definitivo."

"No entanto, você estava usando meu anel por duas semanas. Isso parece definitivo para você?"

"Mais ou menos – bem, é uma declaração, um pouco. Isso afirma algo que eu quero que as pessoas saibam, que eu sou casada com você.".

"Bem, então. Eu quero fazer a mesma afirmação. Traga o anel."

"Eu tenho o anel de Charlie na minha cômoda, Edward, mas eu não quero você usando."

"Por que não?"

"Bem, veja. Meus pais não tiveram o romance que seus avós tiveram. Eles tinham um relacionamento muito duro e acho que a única razão pela qual eles ficaram juntos foi por mim. Eu não gostaria de jogar azar em nós. Acho que eu ver o anel do meu pai em seu dedo, isso não me faria feliz. Me deixaria triste. "

"Essa é uma razão boa o suficiente, Bella."

"Então, eu vou ter que correr atrás de uma grande quantidade de mulheres loucas para afastá-las de você Edward?"

"Ah. Alice fez parecer que havia mulheres penduradas em cima de mim o tempo todo, mas esse não é o caso. Nunca foi. Mas eu ainda gostaria de usar seu anel, mesmo que não houvesse nenhum."

Abracei-o e suspirei. Ele era perfeito, não era? Eu precisava mantê-lo, mas como?

Hmmm. "Você sabe, Edward..." Enfiei-me de volta para seu lado "Eu posso estar fora da comissão, mas você não está e parecia um pouco empolgado esta noite. Posso fazer você se sentir melhor?"

Eu o ouvi engolir, antes que ele falasse, com uma voz áspera: "Você não tem que fazer isso Bella."

"Mas eu quero", eu sussurrei. "Posso tentar uma coisa?"

"Sim. Qualquer coisa que você quiser." Ele parecia um pouco tenso.

"Eu quero usar minha imaginação, mas se o que eu fizer não funcionar para você, mostre-me o que fazer. Certo?"

"Certo." Eu podia ouvir seu coração batendo em seu peito. Se apenas insinuar o que eu estava planejando era o suficiente para obter esta resposta, talvez não seria muito difícil de convencê-lo a permanecer a longo prazo. Ou isso era considerado trapaça?

Eu aprendi naquela noite que é realmente surpreendente o que um pouco de imaginação, um par de mãos dispostos, lábios e língua podem realizar.

E eu sei que isso o fez muito malditamente feliz.


Pensei que a Alice iria surtar mais, mas até que não foi tanto. E eu concordo sobre o anel, tem que usar mesmo xD A Bella sempre deixa sua mente ir para o pensamento de que ele vai deixá-la, hunf duvido que ele sequer pense nisso. E esse final, Bella toda ousada rsrs

Fiquei muito feliz com o fato de que o número de reviews aumentou consideravelmente, vocês comentaram bastante, e isso me anima.

Espero que tenham gostado do capítulo e que comentem novamente!

Leiam a nova tradução da Gui: Um Conto de Fadas Moderno: www(ponto)fanfiction(ponto)net/s/8910642/1/

Beijos

xx