Certas Semelhanças

Turlough lembrava o Doutor um pouco do Mestre as vezes. Não de quem ele era atualmente mas de quem ele costumava ser, o rapaz que ele havia conhecido em Gallifrey, o rapaz que ele costumava amar.

O quanto ele parecia se animar com o caos, e como por trás de frases educadas havia sempre algum plano maior, sempre pensando em alguma maneira de fazer com que a situação funcionasse a seu favor. Seus olhos eram azuis como os da primeira regeneração do Mestre havia sido, mas o que mais surpreendia era seu olhar onde malicia estava sempre presente, mas não maldade.

E também o jeito que o empurrava contra o console da TARDIS ao beijá-lo e desabotoando desesperadamente os botões de seu paletó também era bem familiar.

Obrigada por ler, reviews são sempre apreciadas.