Disclaimer: Esta fanfic pertence à Lary Reedene os personagens são de Stephenie Meyer. Kessy Rods é a beta.


Capítulo 3 - Saindo Para Jantar e os Dias Seguintes

"Hoje eu preciso te abraçar
Sentir teu cheiro de roupa limpa
Pra esquecer os meus anseios e dormir em paz."Só Hoje - Jota Quest

POV Isabella Marie Swan

Depois de dias gripada e isolada da sociedade, Jake me levou para jantar fora. É o mínimo que ele poderia fazer pra gente passar um tempo decente juntos. Rose e Quil iriam conosco.

Os garotos já estavam nos esperando há quinze minutos, mas Rose mais namora o espelho do qualquer pessoa.

Quando finalmente entramos no carro, meu corpo me levou ao de Jake como se fosse um imã na busca do metal; procurei urgentemente por seus lábios que não saíram do lugar; sua frieza me cortou. Na mesma hora só pensei em duas opções, e pode ter certeza que torcia pela primeira.

1ª opção: Jacob não gostava de esperar e Rosalie não saía nunca, e ele só estava de TPM (Tratamento de Pinto Mole).

2ª opção: Jasper contou pra Leah que contou pro Jacob sobre o fato de eu quase ter beijado Edward Cullen e hoje eu vou levar um fora digno de Oscar.

Não sei por que, mas toda vez que penso nesse nome, Edward Cullen, sinto como se borboletas brincassem no meu estômago.

"Amor, o que está te aborrecendo? Se você não quiser ir, nós vamos pra casa." Falei toda compreensiva, mesmo sem compreender o motivo.

"Não, eu quero ir." Ele continuou longe.

"Bom, mas se você continuar com essa cara, eu é que não vou querer." Eu mudei meu tom de voz para um bem sério, e ele tentou forçar um sorriso.

"Se vocês vão ter uma DR bem agora, voltem pra casa." Olhei fixamente para o Quil com cara de 'cala a boca, idiota, não está se achando muito novo pra morrer não?'. Ele retribuiu com um sorrisinho e voltou a olhar pra frente, raspando de relance na coxa da Rose, patético.

Continuamos frios um com o outro, sentei do outro lado do carro e encostei minha cabeça no vidro. Minha mente começou a viajar e um arrepio passou pelas minhas costas ao lembrar dos lábios de Edward quase encostados nos meus. Aff, isso era hora de me lembrar daquele "moleque"? Mas aqueles olhos... vamos parando por aí Isabella Marie Swan! Pronto, além de ser dramática agora eu me repreendo em pensamento... Cadê o Vicodin?


Quando chegamos a Seattle não me contive em reclamar com tom irônico na voz.

"Restaurante japonês, Jacob?" Ele deu de ombros.

"É que a Rosalie gosta e o Quil sugeriu." O encarei enquanto entrávamos; aquilo estava passando dos limites, parecia até provocação. Ele sabe que eu não sou chegada à comida crua e estranha, se bem que um Temaki de Salmão eu até arriscava... Mas poxa, achei que ele fosse me levar em um restaurante italiano, meu preferido.

Voltamos para casa no mesmo ânimo em que saímos de Forks, passei o resto da noite novamente em claro e no dia seguinte, tinha certeza que a múmia estaria em frente ao espelho novamente.


No intervalo, Lauren, uma garota de outro ano que mal me dava bom dia, isso quando dava, apesar de sentarmos na mesma mesa de almoço, como se eu fizesse questão... Ela entrou e saiu anunciando pra quem quisesse ouvir.

"O Jakezinho lhe disse da festa que ele foi com os meninos no final de semana?"

FESTA?

"Sim, disse. Ele não esconde nada de mim." Apesar de saber onde aquela vadia queria chegar, chamando o meu namorado de Jakezinho e ainda me contando de uma festa da qual eu não tinha conhecimento, eu menti, não ia bancar a trouxa no meio dos meus amigos.

"Ah, e também sabe que o Jakezinho quase beijou a Jéssica Stanley?"

MAS TEREMOS CACHORRO QUENTE HOJE!

Respirei fundo. Se controla, sorria.

"Contou, temos um relacionamento muito sincero." Ela sorriu amarelo, jogou os cabelos para trás se virando pra olhar a bunda amassada no espelho do refeitório.

"Ah bom, o Embry dá toda força pros dois, sabe? Eles ficam muito bonitos juntos." A única coisa bonita perto da Jessica é doença venérea. Mas sou uma pessoa educada. Encarei ela no espelho.

"Olha, não estou nem aí pro Embry. Quem está com o Jake sou eu e não ele, a não ser que ele resolveu mudar de time e está afim do Jacob?! Seria esse o caso?" Eu bem que não duvido nada. Idiota, desgraçado e mais umas palavrinhas proibidas, palavrinhas que me deixaram com vontade de ir até o Jacob e dizer todas, até as que eu ainda nem conheço, nos mais diversificados idiomas e ainda capar o Parmalat* (produtor de leite dele). Me segurei e nem relei no celular, melhor desligar essa merda. Mas antes que eu pudesse ele me mandou uma mensagem que apaguei antes mesmo de ler. Eu sei, sou uma completa idiota, como posso ter raiva e mágoa se eu havia feito a mesma coisa?

*Eu deveria usar uma marca de leite americano, mas ai ia perder o sentido da piada.

Mas eu tentei lhe contar não é? E ele por acaso sequer pensou em me dizer?

Ai Isabella como você é idiota, pelo menos agora eu acho que sei por que ele está agindo tão friamente. Sua burra, não arrume desculpas pros erros dele.
Mas eu sei como a culpa tem o poder de lhe enlouquecer de forma lenta e dolorosa.

Vai idiota, perdoa ele.

Ai preciso de parar de pensar, esse negócio de pensar nos prós e contras... sim, vai me deixar louca.


Dois dias depois

Entrei no e-mail depois de chegar do colégio e lá estava um do Jake, bem no começo, abri e me deparei com uma mensagem e o trecho de uma música estranha de um tal de Jota Quest, uma banda brasileira que ele me apresentou. Ele adora música estrangeira, eu aprendi a gostar de música brasileira com ele, mas não entendo nada, então...

Coloquei a letra no Google Tradutor. Ficou uma merda, qual o problema com músicas em inglês?

Não achei forma melhor de me desculpar já que você não atende aos meus telefonemas, então espero que essa letra fale por mim. É daquela banda que você disse que gostou sabe? J Quest.

'Hoje eu preciso te encontrar de qualquer jeito
Nem que seja só pra te levar pra casa
Depois de um dia normal
Olhar teus olhos de promessas fáceis
E te beijar a boca de um jeito que te faça rir

Hoje eu preciso te abraçar
Sentir teu cheiro de roupa limpa
Pra esquecer os meus anseios e dormir em paz

Hoje eu preciso ouvir qualquer palavra tua
Qualquer frase exagerada que me faça sentir alegria
Em estar vivo

Hoje eu preciso tomar um café, ouvindo você suspirar
Me dizendo que eu sou causador da tua insônia
Que eu faço tudo errado sempre

Hoje preciso de você
Com qualquer humor, com qualquer sorriso
Hoje só tua presença
Vai me deixar feliz
Só hoje

Amor... não só hoje, mas para sempre, te amo.

Tá, eu disse que gostei pra ele parar de me mostrar bandas estranhas, mas as lágrimas vieram escorrendo pelo meu rosto quando li o final do e-mail.

Mas desta vez eram de felicidade, amor, paixão e não mais da raiva, que havia ido embora após aquelas palavras. Eu não iria deixar mais ninguém interferir em nosso relacionamento. Quando eu fiquei mais calma, e já podia proferir palavras, corri pro telefone e passei a tarde pendurada conversando com meu amor. Ele me pediu desculpas novamente, mas não me contou nada. Eu, querendo evitar expor meu lado da situação, preferi por uma pedra em cima daquela história. Quando enfim desliguei, fui tomar um banho pra ver meu lindo e gostoso namorado.


N/A: Owww é bem estranho estar reescrevendo isso, 98% das coisas escritas nos últimos 3 capítulos (salvo por detalhes para se encaixar no estilo fanfic) aconteceram de verdade. Nem tudo da fic será verídico, mas o começo sim. Na época que escrevi pela primeira vez isso ainda era um tanto recente na minha mente, mas hoje vendo como mudou e como isso fez parte do meu "eu" imaturo é muito estranho, sério, nem reconheço mais isso, parece que foi com outra pessoa, uma personagem mesmo.

É isso, é meio pessoal, mas eu queria expor este detalhezinho da história.

Espero que estejam gostando *se esconde*

Beijos Lary Reeden

N/B: Essa Bella imatura às vezes me dá raiva e às vezes me dá vontade de rir. lol EU SIMPLESMENTE AMO ESSA MÚSICA *-* *suspira* Não sou fã do Jota Quest nem nada, mas amo essa música, simples.

E aí, vocês acham que essa história de esconder os quase-beijos vai dar problema? Eu to com um pressentimento que sim, mas vamos ver o que a Lary vai aprontar com esses dois. hahaha

Deixem reviews!

Bjs,

Kessy Rods