Capítulo Dezessete - 13.06.2016, Nova York

Dan,

Sim o Nate é um ótimo padrinho, as vezes ele vai comigo e com a Dorota buscar o Henry na pré-escola e nós andamos pelo Central Park ou vamos ao Met por algumas horas antes de retornarmos ao trabalho, é bem agradável, as vezes aquelas pessoas que param para falar com o Henry porque ele é francamente adorável nos cumprimentam quanto a educação e doçura do nosso filho, nós geralmente não os corrigimos. Não se preocupe eu não estou novamente apaixonada por Nate Archibald, isso acabou antes mesmo dos meus dezessete anos, mas é divertido fingir que nós somos casados por algumas horas por semana.

Provavelmente é melhor assim mesmo. Ler o seu livro foi o que me fez querer falar com você de novo, porque eu senti que você podia ver e entender o coração da garota que eu era de um jeito que ninguém nunca tinha visto, mas o problema é que você tornou possível que qualquer um disposto a comprar e ler o livro pudesse fazer isso também. Embora eu tenha certeza que no futuro ao ler os seus próximos livros eu sempre vou procurar entre as linhas dos seus textos esses pequenos reflexos que você citou.

Então como vai a pequena Jenny Humphrey ?

,Sua amiga Blair Waldorf

Obrigada por ler, reviews são sempre apreciadas.