Pain

By: Roy-chan

.


.

O sol já se foi, agora só nos resta às memórias daquela luz.

.


.

Quando eu estico a minha mão,

Eu sinto você,

Mas você está longe, está nas minhas lembranças.

.


.

A fina garoa primaveril iniciara-se ao final daquela tarde. Suaves gotas d'água desenhavam alegres sob todo o céu, arrancando um pequeno sorrir dos lábios trêmulos e tristonhos da figura frágil que era castigada pela chuva sem pudor.

Continuava a vagar solitária, pouco se importando com o tempo gélido e sombrio que tomara conta da pequenez cidade. Vagava sem destino. Não havia razão alguma para continuar. Sorriu ao lembrar-se.

"_ Se você não tem razão para estar vivo, é o mesmo que estar morto. Na-Naruto-kun...seu ... seu sorriso é a minha razão para viver!

_ Hinata..."

Silêncio.

Um longo suspirar escutou-se.

Seguido de uma fungada.

"_Quando eu vejo seu sorriso, sinto-me forte, como se pudesse fazer qualquer coisa - mesmo que eu valho alguma coisa."

Sua razão para viver. Um sorriso. Seu motivo para crescer e tornar-se forte; útil. E agora... apenas uma lembrança distante.

Escorou suas costas na árvore atrás de si, deixando seu peso cair lentamente enquanto as lágrimas preenchiam seus orbes.

"Naruto-kun".

Uma dor aguda e conhecida a atingiu, dilacerando em total descaso seu miocárdio.

"_ E-Eu costumava chorar sempre e desistir... Fiz muitas escolhas erradas... Mas você... Você me ajudou a encontrar o caminho certo... Eu sempre segui você... Eu queria caminhar ao seu lado o tempo todo... Eu só queria estar com você... Você me mudou! Seu sorriso é o que me salvou! É por isso que eu não tenho medo de morrer protegendo-o! Porque... Eu te amo..."

Buscou controlar as insistentes lágrimas que traçavam um tortuoso caminho sob as bochechas coradas da jovem. Lentamente, sua respiração voltou a se normalizar, enquanto sua visão antes turva estabilizou-se.

Rodeou os braços finos em torno de seu corpo, a procura de consolo em um abraço solitário. Pôs-se a mirar a paisagem ao redor, a fim de livrar-se de toda a dor contida em seu olhar.

A paisagem pitoresca jazia de seus encantos; o sol ardente ao alto, as montanhas de rochas agrestes revoltas a cidade, o assobiar suave dos pássaros. Deteu-se ao fixar seu olhar aos cogumelos azuis que jaziam ao seu lado. Inconscientemente, lembrou-se. Lembrou-se da brilhante dupla de safiras azuis celestes que seu amado possuía.

"Na-Naruto-kun!"

"_Você comete erros... mas... por causa dos erros... você tem a força para enfrentá-los... por isso eu acho que você é realmente forte."

Sua visão nublara-se novamente, fazendo-a respirar fundo. Por que tudo a levava direto á ele?

Suspirou.

TUM TUM

Esperança.

TUM TUM

Medo.

TUM TUM

Desejo...

TUM TUM

... pulsante.

TUM TUM

Dor.

Sentia-se solitária. Fria. Vazia. Corroída. E então... nada.

"Eu acredito em você"

A figura loira sorriu. Um sorriso. Sua razão. Sua existência.

Lembrou-se.

Lembrou-se do quão constrangida sentia-se próxima ao loiro hiperativo. O jeito de "Eu vou dominar o mundo!" com que a levava a admirá-lo ainda mais; sua espontaneidade; mesmo os disparates que fluíam livremente pelos lábios; tudo – absolutamente tudo – a fazia lembrar-se dele.

"Naruto-kun!"

Por fim, rendeu-se a lástima que já a corroia desde sua partida; o martírio que passara a viver desde o momento em que seu sol apagou-se permanentemente; desde que não pode encontrar sua razão para viver. Seu sorriso. E então... o amor que antes lhe enchia o peito, transformou-se em sua destruição.

"Não importa o quão grande seja a dor, continue seguindo em frente. Prometa-me!"

Sorriu.

"E-eu...prometo"

Recordou-se de sua eterna promessa; de sua dívida com aquele que um dia lhe salvou.

.

Eu percebi a dor gritante

Bem alto no meu cérebro

Mas eu estou indo em frente com essa cicatriz

.

"Eu nunca volto atrás na minha palavra... Esse é o meu jeito!"


.

O sol já se foi, agora só nos resta às memórias daquela luz.

.


Hn... o que acharam?

Esta é uma Drabble escrita, pela minha pessoa, para um concurso que houve há algum tempo. Eu a editei e reeditei, e esse é o resultado final. Não sou escritora, isso foi uma tentativa, mas enfim... quis postá-la e ver o que achavam dela.

A escrevi inspirada na letra da música "Sign" do FLOW, que foi a abertura da 7ª temporada do Naruto Shippuden e também em "A Little Pain" do anime Nana e, para os que perceberam, existem alguns spoilers do mangá Naruto, e...

... POR FAVOR, NÃO ME MATEM! Sei que matei o Naruto aqui, mas era preciso! T.T

Fico por aqui!

Beijos, Roy-chan c:

.

Lembrem-se: reviews são sorrisos.

Você sorriria pra mim?

C:

.