Céu Dividido

O céu de John é o mesmo de Mary. Isso servia como prova de que eles ainda eram almas gêmeas, que ela ainda o amava. Mary decidiu que isso não mudava nada.

As vezes ela se vê nas memórias dele escondida, a perfeita esposa suburbana, a vitima. Para seus pais ela havia sido a perfeita filha caçadora, a heroína. Nenhuma dessas definições estava realmente certa, nenhum daqueles que mais amara durante a vida a conhecera realmente.

Essas ocasiões são a exceção, em geral tudo que ela faz é fugir dele, fugir para que não se descontrole e o puna. Vai de memória para memória o mais rápido que pode, se esconde nas sombras e se faz invisível para ele, ela está no lugar há mais tempo, ela sabe como este funciona. Ela ainda o amava mas não o queria ao seu lado, não conseguia perdoá-lo. John tinha morrido para salvar seus filhos, mas antes disso havia falhado em dar aos meninos uma vida.

Obrigada por ler, reviews são sempre apreciadas.