De um jeito ou de outro, as coisas mudam. Elas acabam, ou simplesmente mudam.

Porém, as consequências do que um dia foi feito, ou dito, não.

Violet jamais o perdoaria. O deixaria esperando por bastante tempo. Não trocaria uma palavra, olhares, nada. Aquele era o fim.

"Quão belas são as palavras escritas num momento de dor, Violet ?"

Violet deu um pulo da cadeira.

"Já falei para não fazer isso..." Tate se aproximou da garota.

"NUNCA MAIS"

Violet fechou os olhos. Estava pronta para aquilo. Como sempre estivera, como sempre deveria estar.

"Vai embora".

Ela não poderia ficar muito tempo listando as vantagens de morar lá. Bom não era.

Ruim, talvez. Mas tinha seus momentos.

Principalmente quando se tem a eternidade para tê-los.