Festival De Fanfics One-shot KakaSaku - Novembro/Dezembro 2012

Classificação etária das fanfics: T

Não contém spoilers/ UA / 1 shot cada

Gênero: Humor/Romance

Disclaimer: O Naruto é propriedade de todos.

Autora: Therealesther

Tradutora: K. Hime

Dedicatória: Essa versão vai de presente para duas flores: S2KakashiS2 e Ari-chan. *meninas, compartilhamos essa mesmaaaa vontade de apertar o kakashi ;D APANHA*

Sinopse: Como todos já sabem, Kakashi é um cara bastante descontraído. Exceto quando o assunto é Haruno Sakura e outros caras invadindo seu espaço pessoal.


.

A Laidback Guy

Um cara descontraído

.


Hatake Kakashi era um cara extremamente descontraído.

Com seu cabelo emaranhado, atrasos crônicos e voz arrastada, ele tinha que ser um dos mais legais, mais relaxados shinobi que Konoha tinha para oferecer. Se confrontado com um criminoso ranking S ou uma feminista manifestante anti-pornografia, Kakashi conseguia manter um nível de calma imperturbável que poderia rivalizar até mesmo com objetos inanimados. Seu comportamento apático era conhecido em toda a vila e sua capacidade de lidar com qualquer situação com um sorriso mascarado no rosto era a caracteristica mais elogiada entre os shinobi, que secretamente desejavam ser tão descolados quanto o Ninja Copiador.

Então, quando esse mesmo shinobi derrotara (descera o pau) num jovem e arrogante chunin durante uma sessão de treinamento, o "fan-club" do shinobi mascarado (vulgo: comitê de anciãos) praticamente surtou e atribuiu tal feito a um momentaneo período de insanidade do ninja de cabelos prateados e o deixou aos cuidados de Shizune – para uma rápida avaliação psicológica.

A mulher de cabelos escuros sorriu-lhe quando ele lhe entregou a ficha de avaliação concluída.

- Obrigada, Kakashi-san, vou ver se está tudo em ordem. - Ela olhou em volta e se inclinou para perto do homem; uma cena praticamente conspiratória. - Pessoalmente, acho que aquele moleque mereceu a surra que deu nele. Ouvi dizer que ele ficava se gabando e caindo em cima quando treina com as kunoichi. Porque na semana passada, Sakura reclamou que ele … - A voz feminina sumiu e ela fitou o ninja copiador com os olhos arregalados.

Ele simplesmente lhe sorriu vagamente. - É mesmo? Eu não tinha idéia. Bem, tenha um bom dia Shizune-san. - Kakashi deu-lhe um tchauzinho reconfortante e saiu da sala.


Como dito anteriormente, Hatake Kakashi era um cara extremamente descontraído.

Exceto quando se tratava de Haruno Sakura e outros caras invadindo seu espaço pessoal. E isso incluia praticamente todos os seres da raça masculina. De criminosos ranking S ate' o velhote sem vergonha que vendia legumes para pacientes excessivamente familiares no hospital, dizendo aquela mesma desculpa esfarrapada de sempre "Um abraço de gratidão por salvar a minha vida." Ah tá, o caramba que é! Qualquer um que se atrevia a macular sua ex-aluna estaria fadado a perder um membro. No mínimo.

- Cão na seca*. - Genma murmurou ao chegar no refeitório jounin.

- Eu não sou não.

- Ah, então você a está namorando ?

- Não.

- Como eu disse, au, au. - O ninja mascador de Senbon se dirigiu à porta, inclinando a cabeça para o lado para evitar uma colher de chá que voara pelo ar em sua direção. Kakashi realmente não estava mirando nele.

Que isso.


- Kakashi-sensei?

- Hm?

- Gostaria de vir a minha casa para jantar amanhã à noite? Fiz curry demais e não consigo comer tudo sozinha.


Kakashi era um cara extremamente descontraído.

Ele também não gostava de curry e sabia que havia uma boa razão para que sua ex-aluna tenha se tornado uma kunoichi em vez de Cheff de cozinha.

Ele apareceu na porta da casa da moça com apenas meia hora de atraso, sentindo-se um pouco menos descontraído do que o habitual. Talvez tivesse algo a ver com o vestido vermelho que ela usava e o brilho em seus olhos verdes quando o cumprimentou à porta.

O curry não estava tão ruim, especialmente quando recebera um beijo tímido de Sakura em sua bochecha quando estava de saída.


Kakashi era um cara descontraído.

Ele era tão insuportavelmente legal que fazia o shinobi vestido de lycra verde-folha chorar de inveja. Ele era tão relaxado que a criminosos ranking-S e chuunin adolescentes arrogantes fatalmente o subestimavam. Ele era tão blasé e misterioso que as mulheres se desesperam a fim de compreendê-lo e no final, desistiam. Ele era tão calmo e sereno que poucos shinobi espalhavam boatos sobre si. Era tão casual que os anciãos da Vila o chamavam de irresponsável e inútil, assim como seu pai. E sorria tão vagamente, mesmo nas piores situações, que era capaz de esconder tudo o que sentia sob a máscara que trajava.

Mas, então, sua ex-aluna o desmascarou e beijou-lhe a bochecha, e não se horrorizou com a escuridão que havia por lá. Ela não parecia perceber que ele era extremamente descontraído e legal e relaxado, e blasé, e misterioso, calmo e sereno, casual e, portanto, completamente desqualificado para interagir em um nível significativo com seres humanos.

Ela não parecia pensar que seu sorriso era vago quando sorria para ela.


Hatake Kakashi era um cara extremamente descontraído.

Ele era legal, com sua máscara azul marinho e uma Hitai-ate inclinada.

Era calmo, apático e um distribuidor liberal de sorrisos vazios.

De modo que quando veio até a Hokage perguntar se seria conveniente que ele e sua aprendiz de cabelos róseos fugissem juntos pela próxima semana, se isso seria ariscado a ponto da insanidade e Tsunade os puniria com serviço comunitário, seguido de uma lua de mel de um mês no País da Onda.

. . .


Ahhhhh, cara, tipoooooooooooo,

pega e agarra, pula em cima, e abraca e aperta e APANHAAAAA


** As fics kakasaku dessa seleção foram autorizadas esse ano, ainda esse mês de novembro. And I want to thank you, Esther, for being so kind and let me do this "job" ;D