Discoveries

Capítulo único

Eu olhava aquelas revistas sem acreditar.

Eu quase não podia acreditar que era ele.

Por quê? Por que ele não havia me contado? Não confiava em mim?

Eu não podia negar que eu o entendia, afinal, ele é um herói, e não queria me colocar em perigo.

Mas todos esses anos, todo esse tempo em que eu achei que ele fazia de propósito.

Ele estava salvando o mundo, garantindo a segurança da população, garantindo a minha segurança.

E eu? Eu vivia reclamando dele, murmurando por ele não poder vir me ver sempre que eu queria.

Meus olhos se encheram de lágrimas. Eu abracei aquela revista com força, pensando o quanto eu era mesquinha.

Eu venerava o Barnaby, e dizia que Tiger só o atrapalhava… Eu estava reclamando do meu próprio pai! Quando ele só estava tentando ajudar a todos…

Mãe… O que eu fiz? Eu o tratava tão mal pela sua ausência, mas ele havia vindo tão desesperado me salvar naquele dia.

Por que eu não suspeitei que algo estava errado? Era assim que uma filha deveria agir? Era assim que a Senhora queria que eu agisse?

Mãe… Eu sinto tanto a sua falta… Eu teria sabido sobre o assunto antes se a Senhora estivesse aqui? Nós assistiríamos juntas a televisão, vendo-o arriscar sua vida pelas pessoas?

Eu não sei, e não tem como eu saber, porque a Senhora não está mais aqui, mas eu sei que há algo que posso fazer, e eu farei.

E foi com toda a certeza do mundo que eu arrumei minha mala e me preparei para ir, ir ao encontro dele.

Foi com a certeza de que eu precisava vê-lo de perto, conversar com ele, ter certeza de que tudo isso era verdade, que eu fugi de casa sem pensar duas vezes.

Oba-chan… Oji-san… Desculpe, mas eu preciso ir…