Uma Fanfic SasuSaku

Classificação etária: T

Não contém spoilers

Gênero: Romance/Humor

Disclamer: O Naruto não é meu.

Autora: Ohwhatsherface

Tradutora: K hime

Sinopse: O maior fato de todos: Nunca tome licoes sobre relacionamento de dois idiotas que nao fazem ideia do que isso significa.


Como colocar o bolo no forno

Parte II

(Final)


26. Pular

Quando lhe chama para sair pela quinquagésima vez - Sakura contara todas elas - e ela se ve num momento onde sua guarda esta baixa e entao acaba dizendo "sim", Sasuke parece em êxtase, quase como se estivesse pronto para literalmente pular de alegria.

27. Tolo

Havia muitas, muitas coisas que Naruto era - um idiota, um desastrado, um falastrão - mas o que ele definitivamente não era - ao contrário do Uchiha (aos seus 13 anos), era um tolo cego e ignorante que não era capaz de ver algo bem em sua frente, APESAR das muitas vezes que tal fosse jogado (literalmente) em sua cara.

28. Batalha

O amor é um campo de batalha, Sasuke percebe tal quando Sakura tenta reforçar novamente suas defesas quando ele a chama para sair novamente; ela lhe diz que vai precisar mais que um momento de sorrisos e palavras doces e todo esse charme para dobra-la. Ele entao decidiu: precisava de uma estratégia.

29. Jóia

Ele passa por uma joalheira em seu caminho para o treino com Naruto e a imagem feliz de uma mulher chorando de alegria e um homem deslizando um anel em seu dedo o faz pensar se Sakura iria chorar da mesma forma quando ela finalmente o aceitasse.

30. Apenas

E ela sim - aceita, que é (apenas para um encontro), sete meses depois de todas as suas tentativas desajeitadas de tentar namora-la, em uma situação nada romântica ou fabulosa ou particularmente memorável - dizendo-o em um grito acidental - Voce me ama também, sua mulher louca! - e - Pelo amor de Deus, sera que me deixaria apenas passar o resto da minha vida ao seu lado?!

31. Sorriso

Às vezes a observa e não consegue evitar um sorriso aparecer no canto de seus lábios - sempre que pensa no passado e em todas as tentativas desajeitadas e patéticas de fazer essa mulher se apaixonar por si - mais uma vez -, mas os sorrisos presunçosos sempre se transformam em sorrisos verdadeiros - e secretos, e claro - quando pensa como aquelas atitudes loucas e patéticas definitivamente valeram a pena.

32. Tristeza

Sakura imagina se alguma das fangirls de Sasuke fariam algo tão drástico como uma tentativa de suicido ou de tentar machuca-la, o que seria muito, muito, muito, muito improvável - HA! - Ao dizer "sim" a mais nova proposta de casamento dele.

33. Estupidez

Às vezes, ao presenciar as tentativas de Naruto em cortejar Hinata e o jeito com ela simplesmente deixa o loiro idiota de lado, lembra-se dolorosamente do tempo difícil que teve com Sakura e sua maneira de rejeita-lo da mesma forma e então ele percebe quão estúpido fora na época em que ele havia sido aquele a afasta-la.

34. Serenata

- Cara, estou falando muito sério! - Naruto explode numa risada, ao "equipar" Sasuke com uma guitarra acústica e colocar uma rosa vermelha entre os lábios de seu melhor amigo, - Meninas adoram quando os caras cantam pra elas!

35. Sarcasmo

Foi preciso oito meses de um "cortejo meio desajeitado", um ano inútil - na opinião de Sasuke - de namoro, e mais um mês e meio de noivado para leva-los até este dia, e ainda assim, o pai de Sakura não parece muito afeiçoado a ele; então quando o Haruno mais velho pergunta a sua princesinha. - Sakura-hime, querida, você está absolutamente certa de que é ele, porque o papai pode livrar-se desse cara pra você, se quiser, - e nesse instante, ele sabe verdadeiramente que o homem realmente esta falando serio.

36. Sórdido

Sakura faz uma careta desgostosa para a geladeira em sua nova casa com Sasuke - fazendo uma careta feia para o excesso de tomatess, o queijo mofado e o leite que parecia bastante estragado - e pensou que talvez ela devesse fazer as compras daqui para frente.

37. Solilóquio

Depois de voltar de uma missão, inclina-se no batente da porta e a vê com a mão sobre a barriga inchada. Ela está sozinha e dizendo para a criança - Você vai ser forte, assim como seu pai. Embora espero que não seja tão irritante como ele, porque hun, é ele que sempre me chama disso…. então se você sair parecido com ele, essa característica talvez seja inevitável, não é ... hm ...

38. Permanência temporária

Em seu sétimo mês de gravidez, ela é forçada a ficar em repouso e Sakura não está nada feliz com isso; entao desconta toda sua raiva em Sasuke, forçando o shinobi, antes tao orgulhoso e digno, a preparar-lhe seus banhos de banheira, fazer seus waffles e massagear-lhe os pés.

39. Dividir

Demora um tempo para ela ter confiança o bastante para realmente deixá-lo segurar o bebê quando ele - ele - finalmente nasceu, todo rosadinho e gordinho e não-exatamente-tao-bonito-assim; Sakura teme pelo futuro de seu filho… E se Sasuke o deixasse cair de cabeça e o menino acabasse como ... bem, Naruto?!

40. Solitário

Quando Sasuke passa por aqueles seus dias 'esquisitos' do mes - "alguns dias de angústia" - Sakura acarinha rosto de seu filho recém-nascido e diz baixnho - Querido, é melhor você não se tornar um eremita anti-social como o seu pai ou a mamãe vai ficar muito, muito chateada.

41. Lugar nenhum

Sasuke finalmente se da conta de que nao há para onde fugir e aceita seu destino a primeira - e última - vez que deixa seu filho - por acidente - cair, quando o menino ainda tem 11 meses de idade e Sakura está do outro lado do quarto, fitando-o em choque e absolutamente morrendo de raiva enquanto pega o bebê e o sara as feridas, prometendo a seu querido marido uma vingança muito dolorosa.

42. Neutro

Naruto sabe que nao deve se envolver quando Sasuke e Sakura estão em meio a mais uma de suas irritantes brigas de casal. Ele simplesmente os deixa brigar e leva o pequeno Uchiha para um passeio. Porque prefere que seu afilhado nao seja traumatizado com a forma que seus pais… er… acham para fazer as pazes.

43. Nuance

Quando seu segundo filho nasce, cerca de três anos depois, Sasuke entra em pânico, porque o cabelo do menino é uma mescla de preto com umas madeixas de rosa escuro - e seu medo de que o menino venha a ter o cabelo totalmente rosa vem a tona, mas Sakura simplesmente acena displicente, dizendo-lhe para ele calar a boca porque estava tudo bem.

44. Perto

Sasuke nunca vai admitir, mas se sente pleno à noite quando está cercado por sua família, quando Sakura dorme abraçando-o em forma de conchinha, o filho mais velho aconchegado em seu peito e o recém-nascido no berço ao lado da cama.

45. Natural

Ver Sakura beijar o joelho do filho mais velho, que fora machucado depois de ter caído feio no chão e o menino está chorando alto agora, faz Sasuke quase sentir inveja das habilidades maternais dela; ele estranhamente se lembra de como sua mae lhe fizera o mesmo ha muito tempo.

46. Horizonte

Cinco anos após o nascimento de seu segundo filho, quando Sakura está grávida de seu terceiro - uma menina, desta vez - ela tem o hábito de sair em uma caminhada após o mal estar matinal, às cinco da manhã, sentando a beira do cais para fitar o horizonte. Vendo o nascer do sol e agradecendo a quem quer que fosse por ter-lhe dado uma família maravilhosa que agora tem.

47. Valente

Depois que a pequenina de cabelos cor de rosa nasce e o fita com olhos curiosos, Sasuke tira seus dois meninos do treinamento, afirmando - Vocês tem uma irmã agora. Se qualquer outro garoto chegar perto dela, vocês terao de ser fortes e se livrar dele, - ao que ambos assentiram obedientemente, respondendo - Sim, otou-san!

48. Virtuoso

Às vezes, quando chega em casa vindo de uma missão, Sasuke vai para o quarto das crianças - os meninos implorariam a mãe para ficar com consigo no quarto da irmãzinha - para zelar o sono de sua família. Sakura jura silenciosamente proteger a inocência de suas crianças enquanto assim o pudesse.

49. Vitória

Sasuke não interfere na autoridade de sakura quando ela tira a sobremesa de um dos meninos, em sua maneira de tentar ser rigorosa, resmungando um - Você pintou a montanha dos Kages e desenhou seios nela! - os meninos riram enquanto sua mãe, agora, esbravejava, - No rosto do Rokudaime-sama! - E entao, mais tarde, sua querida esposa iria "descontar" toda sua raiva nele, mais tarde, a noite ... no quarto.

50. Derrota

Perder para Sasuke no campo de batalha chamado "amor" é a única luta a qual Sakura nao ve nenhum problema em admitir derrota, sempre que o vê mudando o tom de voz para 'brincar de boneca' com a filha; sorrindo orgulhoso para o mais novo quando vai bem na academia e vendo a alegria em seus olhos quando o mais velho domina um novo jutsu. Ah, ela nunca foi tão feliz.

. . .


N/T:

Ah, galera, vamos combinar:

Isso foi muitooo kawaii, ne ;D

.

Bem flores, durante as próximas semanas estaremos "dando fim" na SasuSaku "OBHandHH".

(também estou adiantando uma serie de materiais "Naruto" pra gente ler durante o periodo das aulas ;)

.

Bom, bonecas, agora vou-me.

Amanha teremos o final de ACBnejisaku,

Bjitos,

Hime.