Cap 14 - I have a boyfriend

Sentei no banco da frente e bufei.
- O que foi? - falei olhando pra pista de braços cruzados, como uma criança malcriada.
- Ally não quer dizer nada. - ele foi logo dizendo, nervoso, gaguejando, de primeira não entendi o que ele falou, demorou um pouco até eu juntar as palavras dele.
- você beija todas então? - ele deu uma derrapada no carro e parou em um determinado lugar da cidade q eu não reconheci, estava um pouco escuro e a rua estava deserta.
- não, Noelle, escute. - olhei pros lados e não vi ninguém na rua, ninguém.
- você quer me sequestrar? - ignorei e interrompi a frase dele.
- Quer prestar atenção? - ele virou meu rosto me obrigando a olhar pra ele. - então, eu sei que eu não devia ter beijado ela mas você viu, Carlos viu, ela me beijou, não eu. - dei um gargalhada ironica enorme.
- aaaaaaaa ta, sempre essa historia, vocês são todos iguais todos vocês que iludem até não poder mais depois se agarra com qualquer vadia. - percebi q estava alterada e em determinadas palavras eu explodia e acabava gritando com ele. Quando acabei a frase, me arrependi de ter-la dito, ele olhou pra mim mordeu o lábio e olhou pra baixo. Merda. Ele estava fofo de novo, ele olhou de novo pra mim.
- Me desculpe. Eu não queria te magoar, muito menos que pensasse que eu sou assim.
- não, não Logan, me desculpe. - eu puxei ele e dei um abraço. O que? Porque estou me desculpando? Ele que é o mau menino não é? Ele acariciou meus cabelos.
- Ally não significa nada.
- Você ja disse isso.
- Porque é verdade.
- E você diz pra ela "Noelle não significa nada"? - talvez eu esteja paranoica. - Ah Logan... - Ele me interrompeu, e me beijou calorosamente, dei ordens pro meu corpo empurra-lo mas não consegui fazer isso, meu corpo o queria mais que tudo.
- Com você é diferente, você é especial pra mim, não saia da minha vida por favor - ele falou em intervalos entre os beijos. Ele colocou as duas mãos na minha cintura e me puxou, dei um pulo e passei pro banco de trás ~pra ele n me agarrar de novo~
- Porque você sempre faz isso?
- Faço o que?
- Isso. Me faz sentir especial, depois sei lá... - ele riu e também foi pro banco de trás.
- O que você quer que eu faça? É isso que as pessoas fazer quando se amam, elas se beijam não é? - "se amam" isso inclui ele também, quer dizer que ele me ama, mesmo sem ele dizer "eu te amo" ditamente. Sorri pra ele.
- É, isso mesmo. - beijei ele de novo.
- Noelle - ele disse quebrando o beijo. - você seria a minha namorada? - fiquei chocada com o pedido, mas acidente com a cabeça em concordancia, dei o maior sorriso que ja tinha dado e pulei no colo dele. Ele foi abaixando meu short, e dessa vez eu deixei...

Eu acordei nos braços dele, a luz do sol parecia queimar meus olhos e meu pescoço doia.
- Eu dormi no carro? EU DORMI NO CARRO! - mexi em Logan pra que ele acordasse - Logan! Logan! Acorda! Que horas são? Que horas são? Oh meu Deus. Logan, meu celular!
Ele não se importou nem um pouco com meu desespero, ele passou a mão nos olhos e bocejou.
- Ei ei, calma o que foi? - ele disse sonolento.
- O que foi? Nós passamos a noite aqui.
- E daí? - sim, e daí? Não havia motivo de tanto desespero, mas continuei a busca pelo meu celular, ignorando a fala dele e olhando pela janela, pra ver se tinha algum movimento, havia sim algumas pessoas passando por ali, mas creio que não tenha nos visto, o vidro do carro do Logan não era claro, e camuflava bem. Até que enfim achei meu celular, eram 9:35, cedo ainda.
- Ah, ainda é cedo. Estou faminta. - ele sorriu e sussurrou no meu ouvido:
- Noite passada... Foi... incrivel! - o sussurro fez cócegas, mas não só por isso dei um risinho. Meu celular vibrou, era uma mensagem de Lisa.

"Ei! Onde você está?"
"Longa história, estou indo pra casa, eu te conto quando chegar"
"Amis, o que é isso?" - essa mensagem vinha acompanhada com uma foto, arregalei os olhos.
"Lisa, onde você conseguiu isso?"
"Está na internet junto com a manchete 'será o novo amor de Kendall?' "
Na internet? To ferrada, aquele gordo pançudo postou as minhas fotos com Kendall na internet e se Logan souber? Ah, ele vai saber de qualquer jeito, e eu não fiz nada.
- Quem é?
- Lisa.
- O que ela quer?
- Érr... você pode me levar pra casa?
- O que? Mas já? - Ele colocou a mão na minha coxa e beijou meu pescoço.
- Passei a noite aqui, o que mais você quer?
- Você. - ele me beijou, retribui o beijo, mas quando percebi que ele queria mais que isso empurrei ele.
- Não, me leve pra casa seu sequestrador tarado. - ele riu e ligou o carro.
- E então? Você fez um teste pra um filme?
- Sim, é baseado em um livro.
- E você foi bem?
- Eu não sei acho que sim, ele disseram que iam me avisar hoje a noite.

Meu celular vibrou de novo dessa vez era uma ligação, de Carlos.
"Hey Noelle"
"Hey Carlos"
"O que você vai fazer hoje?"
"Eu não sei, ficar em casa"
"hoje é o meu dia de folga, Podemos assistir filmes o que acha?" - Carlos era tipo o meu melhor amigo dos quatro, quando ficava entediada ligava pra ele e ficavamos horas conversando besteira no celular.
"Você quer dizer cinema?"
"É, tem um bom filme do Will Smith passando, sei que você gosta dele"
"Oh, Will Smith seria bom, mas estou a fim de ficar em casa, tive uma noite meio... conturbada. que tal você pegar uns filmes e passar lá em casa?"
"tudo bem, até mais"
- O que ele queria?
- Ir la em casa
- O que ele vai fazer na sua casa?
- Ver uns filmes e engordar.
- Eu posso ver filmes e engordar com você.
- Não seja ciumento. - dei um tapa no braço dele.
- Você é minha namorada agora, tenho que cuidar de você. - foi a melhor coisa que ja me disseram, pela primeira vez eu senti que alguém, além de meu pai e Lisa, se importa comigo.

Ficamos em silencio o resto do trajeto até o meu prédio, Logan me deu um beijo de despedida e então eu saí do carro, cumprimentei o porteiro com um bom humor extraordinário e subi sorridente e saltitante. Quando abri a porta berrei por Lisa, ela berrou de volta da cozinha.
- E ai? Quais as novidades? Onde passou a noite? - ela disse devorando uma colher de cereal
- Com Logan. - ela quase colocou os cereais pra fora da boca de tanta surpresa.
- E vocês...?
- Ahaam, Ahaam.
- OH MEU DEUS! - ela soltou a colher e derramou tudo na mesa.
- O que foi? - James surgiu na cozinha assustado. Dava pra ver claramente que ele passou a noite aqui. - Ouvi gritos. - virei pra Lisa e dei um olhar mortal pra ela. Ela deu um sorrisinho tipo "ops, voce me pegou"
- Sério? - eu disse, apontando pra James ainda olhando pra ela.
- Ah, Oi Noelle, já chegou? - James corou.
- Oi James, aproveitou a noite? - eu disse rindo - vou dormir um pouco.
- Amis, já que você vai dormir, eu vou sair com James.

- Ótimo, não quero ninguém perturbando meu sono.
Depois disso Lisa saiu e puxou James junto, enfim em paz! Recolhi todo o cereal derramado que a palhaça da Lisa me deixou pra limpar e comi literalmente o resto da caixa, estava faminta, tomei um banho, coloquei um pijama e antes de dormir não resisti à uma entradinha no twitter, assim que entrei vi que o numero de seguidores tinha aumentado drasticamente, 100.752, tem algo errado... Demorei um tempo para descobrir do porque disso, até que vi uma mention de Logan. Sim, ele ja tinha twitado que "ontem foi um ótimo dia ao lado da minha namorada" choquei com a notícia, foi então que eu associei, um simples tweet me custou 100,752 seguidores. 100,752 pessoas querendo saber da minha vida pelo fato de Logan ser meu namorado, rushers ciumentas, haters, tudo isso está pra surgir e são só 10h da manhã mais rushers irão ver esse tweet e virão me dar uma stalkeada.

E a manchete de novo amor de Kendall só me custou xingamentos, a parecer que eu estaria namorando os dois, isso tudo me deu uma dor de cabeça enorme fechei o notebook e pulei na cama para poder esquecer de tudo e finalmente relaxar.
A escandalosa campainha me fez acordar, tive a impressão de que só fechei os olhos por 2 segundos, Lisa deve ter esquecido algo, ainda fiquei deitada esperando a pessoa desistir ver que não tem ninguém em casa e sumir me deixando hibernar em paz, mas se for mesmo Lisa ela saberá que estou. Decidi me levantar e ir cambaleando até a porta.
- Will Smith, Johnny Depp, só trouxe o que você gosta. Nossa, você estava dormindo?
- Oi Carlos. Sim estava, por que veio tão cedo?
- Me desculpe te acordar mas eu disse que vinha e são 18h não é hora de ninguém estar dormindo. - me espantei com a hora.
- 18h?
- Sim, desde que horas você se deitou?
- 10h, devo ter apagado mesmo.
- Uau, você não dormiu a noite?

- Mais ou menos, entre. Ei, porque você não dorme aqui? Já são 18h e eu não quero ver um filme só.

- Pode ser, qual você quer ver primeiro?

- Não sei... - Meu telefone começou a tocar e Carlos começou a dançar o meu toque loucamente.

- Você trocou o toque. - ele disse dançando.

- Ahaam, not.. nothing even... matters é... melhor - falei morrendo de rir da dança escrota dele. - Ei... para de... empinar... essa sua big bunda pra mim

- Big bunda? - ele parou de dançar olhou pra propria bunda e riu.

- Ahaam, ahaam, para de dançar e me deixa atender.

Ponto de vista: Carlos

"Alô?"

- Quem é Noelle? Ei, vamos escutar uma música.

- Peraí Carlos.

"Sim sou eu"

"Ah, claro"

"Sério?, Muito obrigada"

- Quem é Noelle? - Ela estava com um sorriso enorme no rosto, ela olhou pra mim e deu um grito mudo.

"Tudo bem, tudo bem"

- AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA - ela desligou o telefone começou a gritar, pulando e me abraçando.

- O que foi?

- Eu consegui o papel, eu consegui o papel!

- Ah, para aquele teste que você me forçou a te levar la? Agora que você vai ser famosa já pode pagar a gasolina do meu carro.

- Ai como você é chato.

TOC, TOC, TOC! - alguém bateu com violência na porta, eu e ela nos olhamos.

- Você está esperando alguém?

- Não.

TOC, TOC, TOC!

- Você não vai atender? - ela pareceu um pouco assustada.

- Vou.

TOC, TOC, TOC!

- Noelle abre a porta agora! - a voz por trás da porta gritou.

...