A Natureza dos Dragões

Tyrion tinha certeza que dali a séculos todos ainda saberiam o nome de Daenerys Targaryen. Talvez até mesmo de seus outros títulos, Filha da tormenta, Mãe dos dragões, Khaleesi dos Dothraki, Aegon o conquistador com peitos ele pensou rindo consigo mesmo já que ele tinha motivos para acreditar que Rainha de Westeros logo seria mais um dos títulos para a lista, talvez até se esquecessem dos feitos de Aegon quando comparados aos feitos dela.

Ela era como se as histórias que ele passara a sua vida toda lendo se tornassem realidade na sua frente na forma daquela garota. Ela era jovem e bela, mais bela do que Cersei ele as vezes se pegava pensando. E ela queria ser gentil, mas ele já estava viajando com ela há um certo tempo, e tinha visto não apenas orgulho em seus olhos ao ver seus inimigos sendo queimados ao seu comando por seus dragões, mas um pouco de prazer também nisso. Jaime tinha lhe contado uma vez da obsessão de Aerys com fogo, com ver pessoas queimando, e Tyrion nesses momentos não conseguia deixar de ver um pouco do rei louco nela também. Mas ela queria ser boa, e gentil e isso devia contar para alguma coisa.

Os dragões dela gostavam dele, Tyrion não entendia exatamente o porque, mas se sentia grato por isso já que isso havia facilitado que uma certa simpatia para com ele surgisse nela, no entanto nunca lhe ocorreu talvez fosse o contrario, que talvez os dragões gostassem dele porque ela por algum motivo louco simpatizava com ele.

De qualquer maneira ele já havia decidido continuar indo com ela até o fim. Ao lado dela ele tinha certeza que conseguiria vingança. E ao lado dela, as vezes ele esperava que no futuro ele fosse lembrado como mais do que o duende pervertido da casa Lannister, talvez como o homem que ajudou a trazer a verdadeira rainha de Westeros de volta ao trono de ferro.

Obrigada por ler, reviews são sempre apreciadas.