Um Tipo Diferente de Magia

1.

Gabriel por muito tempo evitou ensinar a Christopher o feitiço de teletransportação porque assumiu que o garoto faria mau uso deste quando estivesse irritado com ele, ou simplesmente entediado, dois humores que vinham com frequência ao rapaz. Ele estava certo já que a primeira coisa que o rapaz fez após aprender foi se transportar para o internato onde Millie estava, embora não por irritação com o seu mentor, ou até mesmo tédio como seria esperado, mas simplesmente porque sentia vontade de vê-la. Depois desse dia teletransportações até o internato se tornaram frequentes.

2.

Na primeira vez que Christopher pediu que Millie se casasse com ele, ela disse não. Foi logo após Gabriel perder a sua última vida e ele ter se tornado oficialmente o novo Chrestomanci, então ela disse não.

3.

Millie acabou não gostando tanto do internato quanto achou que gostaria, as alunas eram esnobes, as professoras eram um tanto entediantes e as aventuras apareciam com bem menos frequência do que ela tinha sonhado que apareceriam enquanto lia os livros da Millie original. Ela até que aprendeu bastante (não havia muito mais o que fazer ali realmente), mas acabou decidindo que caso um dia tivesse uma filha não a mandaria para um local como aquele.

4.

Christopher costumava ser indiferente as estações do ano na sua infância, nos verões dessa época as vezes visitava sua prima Caroline e era divertido nadar no lago com os raios de sol iluminando todo o lugar, e nos invernos ia ver seu primo &&& e era divertido jogar bolas de neve na cara dele e vê-lo ficar irritado. As vezes nos verões ficava quente demais e o deixava cansado e sem vontade de fazer nada, e no inverno as vezes estava frio demais que ele não tinha nem vontade de sair da cama.

Mas após Millie se mudar para a série doze, o verão se tornou a sua estação do ano favorita porque era nessa época que Millie tirava férias do internato e ia passar os seus dias no castelo Chrestomanci com ele.

5.

Ela não se lembrava de seus pais, na verdade antes de vir a série doze não costumava sequer pensar neles, eles tiveram uma filha que foi escolhida para ser a deusa viva, isso era uma grande honra e tinha acabado por aí. Christopher se lembrava de seus pais, embora não muito porque em geral eles estavam ocupados demais para agirem como seus pais realmente. Quando os gêmeos nascem eles tomam a decisão de tentar vê-los todo dia e garantir que tenham boas lembranças deles pela vida toda.

6.

Christopher sempre se lembrava de chamá-la de Millie na frente dos outros, mas em seus pensamentos sempre ainda se referia a ela como a Deusa.

7.

Christopher demorou alguns anos para perceber que realmente amava Millie, mas quando percebeu tudo fez passou a fazer bem mais sentido, explicava porque a imaginar com outros garotos lhe dava tanta raiva e porque sempre sentia mais falta dela do que de todos os outros.

Obrigada por ler, reviews são sempre apreciadas.