Inverno

Depois de um tempo Jon conseguia admitir, pelo menos para si mesmo, que se dependesse dele seria Stannis Baratheon que estaria no trono de ferro quando aquela guerra acabasse. Ele sabia que o sentimento era partilhado por alguns de seus irmãos da patrulha devido a ele ter sido o único dos reis a responder ao chamado da muralha. E isso pesava é claro no julgamento de Jon, mas essa opinião só começou a se formar após conversar com ele, o que era um tanto irônico já que conversar com Stannis tinha uma tendência a deixá-lo bem desconfortável.

Nessas conversas o Rei sempre fazia com que Jon se sentisse como um garoto tolo e inocente, embora tentasse ao máximo esconder esse fato, mas as vezes ele tinha duvidas se conseguia fazer isso, os olhos azuis escuros, duros e penetrantes do Rei davam a impressão que ele podia ver a sua alma e não estava nem um pouco impressionado com esta visão. Frio e prático. Um homem feito para o Inverno.

Antes de saber das noticias sobre o Casamento Vermelho ele costumava pensar em Robb como o rei de Westeros, ele torcia para a sua vitória mas ainda assim a imagem lhe parecia estranha. Robb foi um bom irmão, e uma boa pessoa, mas ele não era um rei, ele era uma criança do verão e esse foi o seu fim.

E mesmo que Jon não pudesse se chamar oficialmente de Stark ele sabia com cada vez mais certeza que este estava chegando, e com Stannis parecia que talvez eles tivessem alguma chance de sobrevivê-lo.

Obrigada por ler, reviews são sempre apreciadas.